Além das obras da Fonte das Pedras, a Fonte do Ribeirão também receberá serviços de manutenção; trabalho integra o conjunto de investimentos da gestão do prefeito Edivaldo para o Centro Histórico que se somam a outras obras com a da Rua Grande realizada pelo IPHAN em parceria com a Prefeitura

O prefeito Edivaldo Holanda Junior assinou, na tarde desta sexta-feira (9), a ordem de serviço para a reforma da Fonte das Pedras e serviços de manutenção na Fonte do Ribeirão. O trabalho integra o conjunto de investimentos em ações, serviços e obras realizados ao longo da gestão do prefeito Edivaldo para a revitalização da área central da cidade, a exemplo da reforma da Rua Grande, executada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em parceria com a Prefeitura de São Luís, que esta prevista para ser entregue ainda este mês. No pacote de investimentos, além da Fonte das Pedras e de logradouros já entregues, como a Praça Pedro II e o Complexo Deodoro, estão inseridas  novas obras em locais como a Praça João Lisboa, o Largo do Carmo e o espaço onde será criada a Praça das Mercês.

“Autorizando o início da reforma da Fonte das Pedras e a manutenção da Fonte do Ribeirão, endossamos o conjunto de obras para o Centro de São Luís. Estamos muito felizes com todo esse cenário de investimentos em nossa cidade, que merece toda essa atenção. São Luís tem vivido uma nova realidade e a população é quem mais se beneficia com as ações. Ver os resultados de um trabalho desenvolvido com compromisso e responsabilidade confirma que a gestão municipal tem acertado nas decisões. Garantimos que vamos continuar avançando em prol da cidade e em benefício da população”, destacou o prefeito Edivaldo durante a assinatura do documento que autoriza o início dos serviços.

Na Fontes das Pedras, tombada pelo Iphan em 1963, a Prefeitura de São Luís já realizou serviços de revitalização da iluminação pública, limpeza de galerias e limpeza da área. O espaço conta ainda com o trabalho realizado pela Guarda Municipal de São Luís, que tem cuidado da segurança na área. Com a obra, que complementa os serviços que vêm sendo realizados, a Fonte das Pedras será revitalizada com pintura, paisagismo, manutenção de canteiros, instalação de guarda-corpos de escadas e banheiros públicos. Já na Fonte do Ribeirão a Ordem de Serviço prevê a manutenção com pintura e recuperação das carrancas. Os serviços estão previstos para iniciarem já na próxima semana.

O trabalho de reforma da Fontes das Pedras e manutenção da Fonte do Ribeirão, será executado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), após projeto elaborado pela Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph) e aprovado pelo Iphan. “São dois importantes pontos turísticos de São Luís. Esse é um trabalho que vem somar com as ações que vêm sendo executadas na gestão do prefeito Edivaldo para a revitalização de toda a área central da cidade”, destacou o secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Mádison Leonardo Andrade.

Também participaram da reunião o subprefeito do Centro Histórico, Jeferson Viegas; o presidente do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), Fábio Henrique Carvalho; o presidente da Fumph, Aquiles Andrade; e o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Maranhão, Maurício Itapary, que destacou a importância dos serviços no contexto de novas obras que foram realizadas e ainda serão executadas por toda a cidade.

Entre as obras citadas pelo superintendente a serem realizadas está a reforma de espaços como a Praça João Lisboa, o Largo do Carmo e o logradouro onde será criada a nova Praça das Mercês. Os logradouros vão passar por ampla intervenção de requalificação urbana e vão somar ao conjunto de intervenções realizadas pelo Iphan, em parceria com a Prefeitura, como a reforma do Complexo Deodoro, da Praça Pedro II e da Rua Grande, prevista para ser entregue ainda este mês.

A obra de requalificação para a Rua Grande, que esta recebendo só últimos detalhes antes de ser entregue para a população o que deve acontecer ainda este mês, além de revitalizar a área, propôs um conjunto de soluções urbanísticas e arquitetônicas executadas para promover a acessibilidade. A proposta de revitalização da área integrou os princípios da acessibilidade universal ao desenho urbano. Dessa forma, com a execução do projeto, foram retirados os obstáculos, com redução dos desníveis de acesso aos imóveis para permitir a locomoção do pedestre sem restrições.

SÃO LUÍS EM OBRAS

Ainda como parte dos investimentos no Centro de São Luís estão as ações do programa São Luís em Obras, de iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo. São serviços de infraestrutura com macrodrenagem, pavimentação e construção de pontes, reforma e construção de mercados, requalificação de espaços públicos, entre muitas outras.

O pacote de obras amplia o trabalho que vem sendo realizado pela atual gestão municipal e que já apresenta resultados como a requalificação de espaços na área central da cidade, a urbanização de bairros e a melhoria da mobilidade urbana na capital maranhense.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.