Terça-feira passada, (16), em um acidente entre um caminhão e uma Van morreu um casal de maranhenses na Argentina, entre as cidades de Polvaredas e Uspallata. Passados quatro dias, os corpos de Rosália Bordalo (foto) e o marido, Paulo Trajano, permanecem na cidade onde aconteceu o acidente. Ao que parece, tem negligência ou descaso do Consulado Brasileiro. Eles moravam em São Luís. Vejam abaixo o apelo da família: 

O casal estava em uma Van no momento do acidente, que fazia passeios turísticos na região de Mendonza e Rosália iria fazer aniversário no dia seguinte, 17.  O consulado brasileiro chegou até emitir uma nota, que não valeu de nada.

Confira nota e a imagem do acidente:

“O acidente mencionado, ocorrido na região de Mendoza, Argentina, vitimou 4 cidadãos brasileiros. O Consulado do Brasil em Mendoza acompanha o caso e presta o apoio necessário às famílias”.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.