O empresário Lages (na foto abaixo com o filho deputado estadual Wendell Lages), uma das maiores fortunas da região do Itapecuru-Mirim, vem sendo acusado de promover queimadas em uma extensa área próxima do conjunto habitacional “Benedito Buzar”, causando sérios prejuízos à saúde dos moradores. Desde segunda-feira que a forte fumaça tomou conta das 500 casas sem que nenhuma medida punitiva fosse tomada contra o empresário. 

Dono de um império de negócios, como o principal hotel da cidade , posto de combustível, distribuidora de bebidas, o empresário é casado com a irmã do prefeito de Itapecuru, o médico Miguel Lauand. Todos os empreendimentos ficam nas proximidades da área que foi queimada. O Hotel Green Village hospedou hoje quatro deputados estaduais.

O local que fez o céu de Itapecuru ficar cinzento por causa da fumaça negra, abrigava milhares de pés de bacuri, coco babaçu e todas as árvores queimadas serviram para fazer carvão. Porém, o empresário deixou uma área de uns 300 metros próximo da BR 222, em frente ao conjunto habitacional, preservada para ocultar o ilícito da queimada das matas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.