Os trabalhadores na limpeza pública de São Luís decidiram na madrugada desta segunda-feira (24) decretar greve por tempo indeterminado. Ocorre que o prefeito Eduardo Braide  mostrou mais uma vez que nunca esteve pronto para gerir os assuntos da cidade e de sua gente.

Lixo nas ruas de São Luís

Os garis reivindicam a diferença de um reajuste que nunca foi pago e no começo do ano eles entraram em greve de advertência por 24, o que acumulou lixo nas ruas, avenidas, praças e bairros.

Como Eduardo Braide se mantém irredutível e não tem jeito para tratar das questões que envolvem os trabalhadores, São Luís volta a virar a capital do lixo. A Câmara Municipal e seus vereadores deveriam intermediar o assunto com urgência. Afinal, é a saúde da população colocada em risco, como se já não bastassem as doenças gripais e da covid-19 que se espalham pela cidade.

Trabalhadores cruzam os braços
Foto Divulgação

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.