A greve dos garis que durou apenas o dia de ontem, segunda-feira (24), encerrou hoje em toda a capital. O associados ao Sindicato de Asseio e Conservação de São Luís deram mais uma trégua ao prefeito Eduardo Braide, que havia prometido resolver a pendência financeira em uma semana.

Trabalhadores cruzam os braços

No dia 6 deste, os garis cruzaram os braços também por um dia e suspenderam a paralisação acreditando nas palavras do prefeito. O acordo não foi cumprido. Novamente estão dando mais uma oportunidade.

Se até a próxima terça-feira, dia primeiro de fevereiro não for paga uma diferença de reajuste salarial de três meses, correspondente a R$ 300 por trabalhador, eles votam a cruzar os braços por tempo indeterminado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.