Roseana Sarney tem o couro duro e em se tratando de política no Maranhão não abre mão nem para um trem da Vale carregado de minérios. Falando arrastado, com muita lucidez, a filha do ex-presidente da República, José Sarney, quer recomeçar a carreira política do zero, assim como iniciou, deputada federal.

Ocorre, porém, que a ex-governadora do Maranhão encontra-se um tanto quanto ainda debilitada, sem a força que a fez poderosa, sem a máquina, sem o dindin fácil e nem mesmo com a medalha de A Grande.

Ganhar uma eleição em meio a tantas feras com cofres abarrotados e com quase todos os prefeitos e outros chefes políticos aliançados, não é fácil para quem imagina eleger-se deputada federal pelo MDB. Tia Rose, como ficou conhecida na Madre de Deus, terá que rebolar.

Caminhar pelas cidades disputando pau a pau os votos é uma tarefa difícil para que não possui mais instrumentos da ordem. Aguardar do Palácio uma carona dos Leões é uma ilusão e “minha madrinha” não sabe mais pescar peixes em aquários.

Por isso ainda não decidiu de que lado estará no barco. No momento deriva no alto mar e até vislumbra uma rede do PDT para salvá-lo dos tubarões. Aguardem!

Confira abaixo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.