Em Bacabal tem chamado a atenção a postura do novo prefeito Edvan Brandão ao pagar os fornecedores e deixar sem receber os salários os servidores, que não viram a cor do dinheiro do mês dezembro e nem o 13º.

[smartslider3 slider=65]

A decepção com o prefeito veio em dezembro com as demissões, incluindo cabos eleitorais, e o não recebimento de encargos trabalhistas. E aumentou agora com a falta de compromissos, como o de pagar ontem (quinta-feira, 10) o salário e nenhuma satisfação foi dada aos servidores efetivos e nem contratados.

A situação administrativa em Bacabal é de total desequilíbrio, notadamente quando trata-se do tratamento com os funcionários. Do lado de fora, o descaso com ruas e avenidas que mais se assemelham a uma tábua de pirulitos.

Para alguns vereadores da oposição, as dívidas contraídas pelo prefeito durante as campanha de 2018, a de deputados e a dele próprio para a reeleição, podem ser as causas principais do fracasso.

Depois de nomear e usar servidores como cabos eleitorais, prefeitura de Bacabal passa a tesoura na Saúde

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.