Mansinho, cara de bobinho, mas ardiloso e feroz quando coloca seus planos para derrubar alguém ou atender interesses escusos. O deputado Wellington do Curso (PSDB) tramou para que os pré-candidatos do seu partido para federal e estadual não aceitem José Reinaldo Tavares como senador.

Do Curso atendente aos intere$$e$ do deputado federal Waldir Maranhão, que quer impedir Tavares e assim ser o segundo escolhido para disputar a vaga de senador pelo PSDB. O primeiro será Alexandre Almeida.

Percebendo a baixa na sua campanha de reeleição, notadamente na capital, o dono do Curso Wellington aliançou com Waldir Maranhão para obter apoio financeiro e eleitoral e promover a trama contra o ex-governador Tavares.

O parlamentar articulou assinaturas de mais de 30 candidatos impondo o nome de Maranhão e a retirada de José Reinaldo. A articulação ardilosa não agradou ao pré-candidato a deputado federal Eduardo Braide, que pretende olhar o ex-governador disputando uma vaga ao Senado.

Wellington decidiu peitar Braide e, ao que parece, vai sofrer a segunda derrota em dois anos para aquele que lhe tirou a vaga no segundo turno contra o prefeito Edivaldo Holanda. Portanto, o plano do dono do Curso visa atingir também Eduardo Braide para a vingança ser mais completa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.