O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), presidiu, na manhã desta terça-feira (24), a abertura da campanha “Alema em movimento no combate ao suicídio”. No evento, realizado no Plenário Gervásio Santos (Plenarinho), Othelino destacou a importância da campanha, frisando a iniciativa da Assembleia Legislativa de buscar o apoio de outras entidades e instituições.

“A nossa Assembleia encampa objetivamente, a partir deste momento, esta luta que visa, sobretudo, a prevenção de doenças emocionais. É importante dizer que estamos focados para dentro de casa, com um olhar atento inclusive para nossos próprios servidores, mas também buscamos chamar a atenção de toda a sociedade para estes graves problemas: a depressão e o suicídio”, disse Othelino.

O parlamentar acrescentou que a campanha “Alema em Movimento” será desenvolvida de forma institucional, envolvendo todos as diretorias e demais órgãos da Assembleia, com ações que deverão ser implementadas permanentemente.

“E vamos ampliar nosso raio de ação, buscando outras parcerias com esta nossa ação solidária e conjunta para o enfrentamento de mais este desafio que se coloca diante de nós”, acrescentou Othelino, que também fez questão de destacar o trabalho do deputado Fábio Macedo (PDT), autor da Lei 11.079, que instituiu o dia 13 de setembro como o Dia Estadual de Combate à Depressão.

Mal do século

Em seu discurso, Fábio Macedo enalteceu a iniciativa da Assembleia Legislativa de deflagrar a campanha de prevenção à depressão e ao suicídio, que, além da participação dos demais parlamentares, envolverá diretores e servidores da Casa.

“Não há como negar a importância desta campanha de combate ao suicídio e à depressão, que é silenciosa e considerada como o mal do século. Devemos ter um olhar para estes problemas, como forma de quebrar o silêncio e o preconceitos, para que as pessoas afetadas possam ter ajuda médica e tratamento adequado”, afirmou Fábio Macedo.

O diretor de Saúde e Medicina Ocupacional da Alema, Dionílio Costa Júnior, por sua vez, manifestou agradecimentos às instituições parceiras como o Hospital São Luís e o Hospital Nina Rodrigues, que se engajaram na campanha. O gestor explicou que a campanha será realizada com a participação de uma equipe multidisciplinar, formada por psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros, odontólogos e outros profissionais.

Também participaram da cerimônia de abertura da campanha os deputados Antônio Pereira (DEM), Helena Duailibe (Solidariedade) e Daniella Tema (DEM), e representantes da Secretaria de Estado da Saúde, do Ministério Público, do Hospital Nina Rodrigues, do Hospital São Luís e voluntários do Movimento em Defesa da Vida.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.