Bons tempos estão vivendo milhares de servidores públicos quando o assunto é o pagamento da folha salarial. Várias prefeituras estão sempre pagando com antecipação dentro do mesmo mês, embora tenha até o cinco dias uteís do mês subsequente para quitar a folha. 

Antigamente, as transferências constitucionais eram parcas e preciso reunir todos os repasses para bancar as gordas folhas e quase 100% das prefeituras pagavam com atrasos. Algumas chegavam ao absurdo de passar meses em atraso, deixando os barnabés com fome e seus familiares.

Os atrasos constantes tiraram os créditos que os servidores tinham na mercearia ao lado e nas lojas do bairro ou do centro das cidades. Com isso, perdiam os funcionários, o comércio, atingindo a economia dos municípios.

Com planejamento e boa gestão focada na valorização dos servidores e folhas ajustadas, o atraso salarial é coisa do passado, deixando cada um sempre pagando suas contas em dias e aquecendo a economia local.

São fatos reais que se podem comprovar em diversas cidades, como Itapecuru-Mirim, que anunciou para amanhã, terça-feira (14), o pagamento das folhas deste setembro da Educação e Saúde e a partir do dia 16 (quinta-feira) retoma o pagamento do restante.

Acontece o adiantamento salarial também em Arari, Lago da Pedra, Igarape Grande, Barra do Corda, Santa Rita, Bacabeira, Vitória do Mearim, Pinheiro, Peritoró, São Luís, Bacabal, Belágua, Turilândia e Pedro do Rosário.

Porém, uma grande maioria, apesar de todas as condições favoráveis, insiste em reter o dinheiro, pagar outras dívidas, inclusive as de campanha eleitoral, e acabam deixando o servidor no fumo e tomando manga da boca de jumento.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.