O sindicato dos professores de Jatobá fez um protesto reivindicando que seja pago o abono dos 70% do que sobro do FUNDEB, que deveriam ser divididos entre os docentes. Segundo o sindicato, foram feito diversos apelos ao prefeito da cidade, conhecido como Robertinho, e secretaria de Educação daquela cidade, para que houvesse uma reunião e tratarem do assunto. 

Prefeito e secretária de Educação tentam enganar os professores dizendo que não teve sobra. O Sindicato também contestou junto as autoridades gestoras do município a questão da diferença de salários da classe. Segundo os manifestantes, os professores alinhados ao prefeito ou que foram cabos eleitorais recebem dobrados seus salários, mesmo trabalhando a mesma quantidade de horas e tem a mesma formação.

Além de ofertar gratificações aos cabos eleitorais, existem professores que moram em São Luís na folha do município. Outra questão grave trata de auxiliar de serviços gerais  ocupando espaço de diretora de escola pelo simples fato de toda a família ter apoiado o prefeito.

Representantes do sindicato dizem que tem muitos funcionários contratados em cargos comissionados pagos pelo Fundeb, que somente cederam seu nome pra receber salario e nunca compareceram em seus postos de trabalho.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.