A Delegacia da Polícia Federal de Imperatriz cumpriu, na quarta-feira (06/10), na cidade de Campestre/MA, um mandado de busca e apreensão na casa de um funcionário dos Correios suspeito de desviar diversos itens do fluxo postal da empresa pública.

Durante o cumprimento do mandado, foram encontradas na residência do investigado as mercadorias que estavam sendo monitoradas e que deveriam ser entregues aos destinatários no dia 05, além disso, os policiais federais encontraram no lixo diversas notas fiscais em nome de terceiros.

Segundo a investigação, o suspeito praticava o desvio de forma reiterada, o que incluiu a rota postal como uma das mais ofensoras do indicador de extravios do Estado do Maranhão. O suspeito foi preso em flagrante pelo crime do art. 312 do Código penal, cuja pena máxima é de 12 anos de prisão.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O candidato a governador do Estado do Maranhão, Weverton Rocha (PDT), participou hoje de uma sabatina ...
Leia Mais
O Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão ...
Leia Mais
Ex-prefeito da pequena e paupérrima São Pedro dos Crentes virou o maior milionário da cidade, ainda ...
Leia Mais
Atendendo pedido do Ministério Público do Maranhão, formulado em Ação Civil Pública, a Justiça anulou, em ...
Leia Mais
O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), e a vice-prefeita de Pinheiro, ...
Leia Mais
Quem precisou de transporte de passeio nesta segunda-feira em Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses, ficou sem alternativa ...
Leia Mais

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.