Primeira reunião

Depois de participar da reunião coletiva (todos os ministros) com o presidente da República, no Palácio do Planalto, quarta-feira passada, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão terá seu primeiro despacho com Lula.

A reunião está programada para as 14h de amanhã no gabinete presidencial. Segundo fui informado, Lobão detalhará ao presidente o andamento das ações da sua Pasta e levará ao conhecimento de Lula novas metas que poderão ser introduzidas ainda este ano no calendário do MME.

Duas delas: a reabertura de duas usinas nucleares e o cumprimento da meta do programa Luz Para Todos em todo o país, notadamente no Nordeste. Só no Maranhão, por exemplo, o programa não atingiu a média nacional que foi de 90%.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

A Tarde em Teresina

O Jornal A tarde, de nossa propriedade, começou a circular desde ontem nas bancas de Teresina. E fez sucesso, segundo informa o responsável pela distribuição na capital do Estado do Piauí.

Simultaneamente iniciamos a distribuição na vizinha cidade de Timon, com ótima aceitação.

Em poucos dias, seremos o segundo jornal do Maranhão a circular diariamente em Brasília.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Despesa do lixo

A Prefeitura de São Luís gasta R$ 3,5 milhões mensais com a limpeza da cidade. A princípio a cifra espanta, mas se levarmos em consideração que a capital tem quase um milhão de habitantes, a conta não sai salgada para os bolsos dos contribuintes.

Por pessoa pagamos para as empresa responsáveis pelo recolhimento do lixo (ou resíduo sólido como queiram alguns) Limpfort, Limpel e Coliseu aproximadamente R$ 4. Somando os números por residência e estabelecimento comercial, cada qual paga por mês perto de R$ 9. Ou seja: menos de 3% do salário mínimo vigente.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Novos jornais

Anunciam para o começo de março a estréia de mais dois jornais diários em São Luís. Teremos, então, 14 matutinos. Nada mal.

Novos empregos para profissionais (jornalistas, publicitários, secretárias, contínuos, motoristas e gráficos) serão abertos. Sem falar que o público leitor terá mais opções de notícias.

No Rio de Janeiro (aí não vai nenhuma comparação), 22 jornais circulam diariamente no Estado e todos podem ser lidos pela internet. Além disso, mais oito circulam fora do alcance virtual.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ameaça de greve

No Rio de Janeiro policiais militares e do Corpo de Bombeiros fizeram hoje pela manhã passeata em protesto contra o que consideram baixos salários.

Coronel carioca quer que seu soldo seja equivalente a um salário de delegado, algo em torno de R$ 9 mil.

No Maranhão, o salário de um coronel fechado não ultrapassa a R$ 6 mil. Um soldado (praça) recebe aproximadamente R$ 900.

Em Brasília (maior salário do país), segundo constatei quando estive semana passada na capital federal, inicia-se um movimento dos militares para igualar os soldos aos que percebem delegados e agentes civis. Um delegado ganha R$ 9 mil, e um agente R$ 3,5 mil.

Um soldado de Brasília recebe R$ 2,5 mil mês.

O ideal mesmo é que os salários fossem unificados, até porque as policias são as mesmas, exercem tarefas semelhantes e se expõe do mesmo modo a todo tipo de crimes.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brincadeira

A Secretaria de Saúde do Estado despachou para duas cidades maranhenses, Estreito e Pastos Bons, dez pessoas, entre médicos, enfermeiras e motorista com única finalidade: capturar o mosquito que picou e levou a óbito dois macacos.

Fontes do Ministério de Saúde garantem que os dois macacos morreram de febre amarela. Então, ao invés de procurar nas matas qual o mosquito assassino, seria melhor levar estoque de vacina contra a doença.

Assustados

Dois matutinos da cidade andam vendo chifre em cabeça de jumento. Quem sabe imaginando que podem perder polpudos contratos caso o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, decida disputar o Governo do Estado em 2010.

Jackson na Difusora

A primeira entrevista dada por Jackson Lago para emissora de TV, após ser eleito governador foi nos estúdios da Difusora.

Após a entrevista, o novo governador foi convidado para participar de um café da manhã com alguns diretores da emissora, entre eles o proprietário Edinho Lobão.

Em meio aos sucos, biscoitos e bolos típicos, Jackson Lago revelou que só se sentiu tranqüilo quando teve a certeza de que não disputaria o governo contra o senador Lobão.

Todos deram gargalhadas, inclusive o governador.

Assédio

Disse ontem que o suplente de senador Edinho Lobão estava sendo assediado pelo PTB, PMDB e outros partidos menores.

Horas depois, em Brasília, o líder do PTB no Senado Federal Epitácio Cafeteira convidava, por telefone, o empresário para se filiar ao PTB. O líder do PMDB, Romero Jucá, disse agora pela manhã que as portas do seu partido estão abertas para Edison Lobão Filho, mas acredita que o futuro senador esteja inclinado a assinar a ficha de filiação em um partido nanico.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Corte

A Cervejaria Schincariol suspendeu o patrocínio que mantinha com a Associação do Ministério Público do Maranhão há mais de quatro anos. O grupo dava de graça todas as cervejas que a entidade vendia nas festas carnavalescas.

Depois que o MP passou a integrar a equipe que investiga as ações consideradas fraudulentas por duas empresas distribuidores da Schincariol, acabou a farra.

Convite

O suplente de senador Edison Lobão Filho, segundo fui informado hoje, acaba de receber convite do PTB nacional. O empresário estaria inclinado a assinar a ficha de filiação do PMDB, mas nada definido até agora.

Nice Lobão deixa o DEM

A senadora Nice Lobão anunciou hoje que deixará o Partido dos Democratas, sua primeira agremiação política, pelo qual lutou pela expansão no Maranhão desde quando o nome era PFL.

A cúpula do partido acatou a sugestão e prometeu que não irá criar problemas se ela e o filho Edinho Lobão manifestarem desejo de deixar a sigla.

Nice Lobão tem dois mandatos de deputada federal, sempre com progressivas votações. Nunca votou contra a orientação do partido na Câmara Federal. Aliás, sempre fez oposição ao governo Lula.

Agora, com o marido ministro e com um pé fora de DEM, muitos imaginam que sua posição mudará em relação ao governo federal. Qual nada. A parlamentar tem posição e dela não se arredará.

Pode Lula ter um ministro e sua esposa ter o direito de ter visão contrária ao governo dele. Claro. O ministro da Justiça, Tarso Genro, tem uma filha deputada federal pelo Rio Grande do Sul, abrigada no PSOL. Não basta dizer mais nada.

Divisão

O empresário João Claudino, dono do Grupo Paraíba, ficou somente com o Louvre Maganize e com o segmento Sucesso, na divisão entre os irmãos. Valdecir Claudino comanda os armazéns Paraíba em todo o Maranhão.

Candidato

O deputado federal Gastão Vieira (PMDB) meteu a cara. Diz que lutará para ser candidato à sucessão do prefeito Tadeu Palácio. Porém, a cúpula local do seu partido defende uma aliança com o DEM, tendo o deputado estadual Raimundo Cutrim na cabeça da chapa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Edinho entra no PMDB

Edinho Lobão e Roseana Sarney

A bancada do PMDB ganhará mais um senador. Trata-se do empresário e suplente Edison Lobão Filho, que deixará o DEM na quarta-feira e se filiará ao PMDB depois que assumir o mandato de senador, antes do carnaval.

Depois que chegou a São Luís ontem (estava em gozo de férias no Colorado, Estados Unidos), o empresário reuniu com o advogado Antônio Almeida e conseguiu levantar provas que mostram ser inocente em três questões: empresa Itumar, de quem nunca foi sócio, do uso da doméstica como laranja e da dívida da Bemar (R$ 5 milhões) que renegociou o empréstimo e vem pagando as parcelas religiosamente.

Depois de mostrar os documentos, o advogado disse que não tem a menor dúvida da inocência do seu cliente e que ele vai assumir o mandato sem o menor receio.

Com a entrada de Edinho no PMDB, o partido passará a ter dois representantes maranhenses no Senado federal: ele e a senadora Roseana Sarney (foto).

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Edinho não renuncia

A grande imprensa do Sul do país vem dando como favas contadas a renúncia do empresário Edison Lobão Filho para não ocupar o cargo de senador da República.

Até ontem no período da noite, Edinho Lobão ainda tentava fazer acordo com o seu partido, o DEM que prefere vê-lo distante dos quadros da agremiação partidária.

Amigo do empresário pediu para postar no blogue que não passa pela cabeça de Edinho Lobão a renúncia. “Essa palavra não consta do dicionário dele. Edinho prefere se sacrificar a ser covarde. Além do mais, quem não deve não teme”, informou o amigo comum do filho do ministro Lobão.

Agora pela manhã, Edinho Lobão reuniu com seu advogado Antônio Almeida e começaram a juntar documentos para provar sua inocência. Ele pretende protocolar os papéis na presidência do Senado federal antes do carnaval.

A documentação também está sendo aguardada pelo corregedor do Senado, Romeu Tuma.

As provas de Edinho

Em pelo menos dois casos o suplente de senador Edison Lobão Filho tem provas favoráveis. Segundo seu ex-sócio nos negócios da Bemar, distribuidora da cerveja Skin, Marco Antônio Costa, Edinho Lobão não sabia que a sua parte na sociedade tinha sido vendida para uma laranja, a doméstica Maria Lúcia Martins. Ele pretende depor na Corregedoria do Senado e assumir toda a responsabilidade.

Na segunda questão, o suplente tem em mãos documentos da negociação da dívida do empréstimo que estava em quase R$ 5 milhões, por conta de atrasos nas parcelas de pagamento. Antes mesmo de se desligar da Bemar, as prestações da renegociação da dívida vinham sendo cumpridas.

Restará apenas a denúncia do Ministério Público estadual de que o empresário e suplente de senador teria influenciado no setor de processamento de dados da Fazenda para burlar o fisco.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ausência

A deputada federal Nice Lobão (DEM) não compareceu ao ato de posse do seu marido, ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, por motivo de saúde. A parlamentar esteve fora do Brasil e ficou abalada com as notícias contra o filho Edison Lobão Filho. E ficou irada com a posição do seu partido, o DEM, que continua fazendo campanha aberta contra o suplente do pai e pedindo o seu afastamento do partido.

Não abre

Agência do Estado de São Paulo divulgou ontem à noite que o empresário Edison Lobão Filho iria renunciar ao mandato de senador que pode ocupar em função do pai assumir o cargo de ministro do MME.

Outra agência de notícias de São Paulo informa que o suplente só assumirá a vaga do pai depois que apresentar sua defesa. A quem acreditar?

O retorno de Edinho

O empresário e suplente de senador Edinho Lobão começou desde ontem, em São Luís, juntar provas do que considera sua inocência das acusações de que teria usado uma “laranja” para fugir dos débitos e de sonegação fiscal.
A fruta cítrica, ao que parece, não azedou as provas do filho do ministro Edison Lobão. Na quarta-feira, o ex-sócio do empresário declarou que Edinho Lobão é inocente no processo ou nas acusações.

Disse que o suplente de senador não tinha conhecimento de que a empregada doméstica, usada como laranja, foi a compradora das ações que Edinho tinha na Bemar, empresa de distribuição das cervejas Skin no Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.