Serviço de Inteligência da PM prende quadrilha de assaltantes

O Serviço de Inteligência da Polícia Militar conseguiu localizar e prender, na manhã de hoje, 25, uma quadrilha de assaltantes que vinham aterrrizando propritérios de lojas e de outros estabelecimentos comerciais na capital.

Ao todo foram presos sete pessoas, sendo um menor de idade, além de duas mulheres.

Integrantes da quadrilha presa

O bando é suspeito de cometer um assalto na tarde da última sexta-feira ao Varejão dos Calçados, localizado no bairro do Renascença, de onde levaram a quantia de R$ 3 mil reais, além de mais outros assaltos na cidade.

Integrantes da quadrilha presa

Foram presos Raimundo Nonato Teles Albuquerque Filho, 27 anos, Ricardo Sousa Filho, 30 anos, Alan da Silva Marques, 19 anos, Daniel Marreiro da Silva, 29 anos, Jamila Rocha da Silva, 19 anos, Adriana Silva, 18 anos, além de um menor de 17 anos de idade. Todos vinham sendo investigados desde o início do mês.

Os assaltos – Segundo informações da polícia, a quadrilha vinha praticando assaltos na capital desde o início do mês. No dia 6 de Julho eles teriam assaltado o escritório do Varejão dos Calçados de onde levaram a quantia de R$ 30 mil reais.

Na semana passada eles aterrorizaram e assaltaram novamente o Varejão dos Calçados no bairro do João Paulo levando a quantia de R$ 8 mil e o Armazém Paraíba do Centro da cidade, de onde levaram a quantia de R$ 5 mil reais.

Na sexta-feira passada assaltaram o Varejão dos Calçados, localizado no bairro do Renascença, levando R$ 3 mil reais, além de vários sapatos. A quadrilha também é suspeita de praticar assalto a Super Clínica, no bairro da Cohab, ocorrido na última quinta-feira.

“ As características todas condizem com as deles. Estamos aguardando funcionários para fazerem o reconhecimento. Além destes assaltos, são suspeitos de cometerem vários outros assaltos”, contou o policial.

A prisão – A polícia chegou até o bando depois do assalto ao Varejão dos Calçados, no bairro do Renascença, na sexta-feira. A placa da moto que estava estacionada próximo a loja foi anotada por uma pessoa que passava pelo local e percebeu um movimento estranho dentro da loja. Ele anotou a placa e repassou para a polícia.

Moto apreendia pela polícia

Com o número da placa em mãos, a polícia chegou até a residencia de Raimundo Nonato, na Vila Cutia, no bairro São Raimundo. De acordo com um dos funcionários do Varejão dos Calçados, ele (Raimundo Nonato) é ex gerente da loja.

“Pra nós foi uma surpresa muito grande. Ele já tinha sido gerente de três lojas do Varejão aqui em São Luís e uma vez em uma loja do Varejão em Imperatriz”, conta o funcionário Cleomar Costa.

Raimundo Nonato acabou informando aonde o restante do bando estava. Todos estavam morando a cerca de dois meses em um sítio localizado na Rua 5, Vila Epitácio Cafeteira, no Maiobão. Eles foram presos na manhã de ontem por volta das 6hrs30min.

“ Eles são todos da área do Sacavém e estavam homiziados neste sítio. O adrianinho é conhecido da polícia e depois do assalto foi reconhecido por foto.

Com esta informação e com a placa da moto em mãos ficou mais fácil de chegarmos até o bando e tirá-los de circulação”, ressaltou o policial.

Depois de detidos o bando foi encaminhado para o Plantão da Beira Mar e autuados por porte ilegal de armas, assalto a mão armada e formação de quadrilha. Em seguida foram encaminhados para o Centro de Triagem em Pedrinhas, onde ficarão à diposição da justiça.

Mercadoria apreendida pela polícia

Apreensão – Com a quadrilha foram apreendidos certa quantia em dinheiro, um revólver calibre 38 com cinco munições, oito celulares, vários cartões de créditos, dois capacetes e uma moto, além de caixas de sapatos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Gravações manipuladas no Maranhão

No entendimento do senador José Sarney, os trechos das gravações dos telefones do filho Fernando Sarney, vazados para a grande imprensa, foram selecionados aqui mesmo no Maranhão.

Sarney expliciutou que 30 gravações efetuadas pela Polícia Federal constavam de um inquérito que corre sob segredo de justiça. Aqui está o nó da questão.

O presidente do Senado Federal deixa claro que a PF não pode ser responsabilizada pelo vazamento das gravações e deixa entendido, nas entrelinhas, que a imprensa teve acesso ao material grampeado porque obteve facilidades na Justiça.

Daí é fácil concluir que o senador José Sarney ou seu filho Fernando Sarney estão com inimigos dentro da Justiça Federal do Maranhão. Seria, então, algum juiz querendo derrubar Sarney da presidência do Senado ou vingar-se de algum episódio que ainda não saiu da memória?

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sarney tem maioria no Conselho de ètica

O líder do PT no senado Federal, Aluísio Mercadante, distribuiu nota hoje em que pede novamente o asfastamento de José Sarney da presidência do Senado.

Mercadante faz coro a um grupo minoritário, liderado pelo falso moralista Artur Virgílio. Mercadante quer, se possível, que o Conselho de Ética do Senado faça uma reunião de emergência para tratar da questão.

Caso o Conselho de Ética promova a reunão e aceite as denúncias contra Sarney, ele será obrigado a se fastar do cargo por força de um projeto de resolução, aprovada em fevereiro de 2008, que afasta dos cargos de comando parlamentares investigados por quebra de decoro.

O Conselho de Ética tem 15 membros, mas 10 acreditam que Sarney vem sendo vítima de uma campanha feita pela imprensa para tirá-lo do cargo e desestabilizar o governo de Lula. O que aponta que as denúncias contra Sarney não serão recebidas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Reação dos balaios

Recebí inúmeros comentários ao blogue sobre o post “Os balaios resistem”. Citei um pequeno grupo de balaios obesos que estão grudados no cabide do serviço público. Alguns feitos morcegos no varal.

Boa parte dos comentários é impublicável porque grosseiros e chulos. São os balaios reagindo para não perder a boquinha. Publiquei, até agora, três comentários a respeito.

Hoje, pela manhã, recebí nova relação de balaios que persistem no serviço público, mesmo em novo governo. No Detran, o saco de balaios não é dos menores.

Lá continuam Ticiane Chuvas e Rosana Miranda, sendo esta última bastante ligada a uma agência de publicidade que comandada a conta do governo da balaiada.

Ah, antes que esqueça: um balaio pediu para uma amiga até pelo amor de Deus para que não tenha o nome citado. O homem anda escondido na secretaria mais forte do governo Roseana. Por Deus como não irei citá-lo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

E a campanha continua

Com ajuda da Polícia Federal, a campanha para derrubar José Sarney da presidência do Senado Federal não tem freio. Com a ajuda da grande imprensa, a campanha mira agora o empresário Fernando Sarney. Até conversas com o irmão deputado Sarney Filho foram interceptadas.

Sempre desconfiei que tem nariz de tucano e dedo do PT na campanha. Todas os grampos feitos nos telefones de Fernando Sarney estão sendo liberados pela Polícia Federal para a grande imprensa, apesar da proibição legal, até porque o inquérito corre em segredo de justiça.

Tem dedo do ministro petista da Justiça, Tarso Genro, desafeto aberto do senador José Sarney. Do contrário, nenhuma gravação telefônica chegaria às redações de jornais.

E pior ainda: as últimas conversas não têm nenhuma relação com o que estava sendo investigado. Por último, hoje na Folha de São Paulo, liberaram mais uma conversa entre Fernando Sarney e um anônimo.

O empresário diz que tem um centro de treinamento para jovens jogadores de futebol, na cidade de Imperatriz. Indagada, a CBF desconhece. Inclusive a venda de quatro dos jogadores, segundo Fernando Sarney teria dito na conversa telefônica.

Ora, de posse da informação, se quizesse fazer jornalismo sério, a Folha deveria deslocar um repórter até a cidade de Imperatriz para saber se é fato. Não o fez. Preferiu noticiar a conversa liberada pela Polícia Federal. Faz parte da campanha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ainda não

Fui ontem, no período da noite, ao bingo Cruzeiro, na rua das Cajazeiras, revê amigos e, quem sabe, tentar a sorte. O clima era de luto. A notícia havia se espalhado por todas as mesas: Luis Cardoso morreu. Bateu as botas.

Uns ficaram assustados com a minha presença. Outros não acreditaram que eu estaval no local. A maioria ficou feliz. Fiz duas ligações para saber quem era o Cardoso que falecera dois dias antes. Logo descobri tratar-se de Wilson Cardoso, empresário.

Ele foi dono das lojas Wilson, na rua Grande e, por acaso, frequentava o bingo. Wilson foi sócio de José Arteiro, presidente da Federação do Comércio do Estado do Maranhão. A sociedade não deu certo e foi esbarrar na justiça.

Ele, divorciado, nos últimos três anos residia no hotel São Marco, na rua da Saúde. Seu corpo foi encontrado dois dias após infarto fulminante.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Os balaios resistem

Passados mais de 90 dias do governo de Roseana Sarney, a administração estadual continua alimentando alguns balaios defensores ardentes do governo anterior e críticos azedos do atual.

Em alguns casos, ainda existe a necessidade de mantê-los porque são cargos técnicos e pessoas estão sendo preparadas para dominar o campo do balaio, como na Educação e Planejamento, por exemplo.

Mas em nada se justifica o governo administrar com adversários conhecidos. Alguns até aumentaram o poder de mando em secretarias ou órgãos.

Na Casa Civil permanece ditando as ordens Luciana Vasconcelos, que vem a ser parente do ex-todo poderoso Aziz Santos. Josemar Raposo, militante do PDT, e Luciana. Quem entra na secretaria comandada por João Abreu encontra a recepcionista balaia Margara.

Na de Meio Ambiente permanece Geovana Tavares, que é assessora jurídica e sobrinha do ex-governador José Reinaldo Tavares. Tem ainda Laurina, balaia de muito tempos.

Na Secretaria de Cidades continua Socorro Gama, tia da deputada Eliziane Gama. Tem ainda André Dualibe, sobrinho de Aziz Santos, além de Eliane, que é responsável pelo setor de Contratos e Convênios.

Na Infra Estrutura e Saúde estão sendo alimentados obesos balaios, agora protegidos pelos adversários de Jackson Lago.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Jornal Extra Sexy sofre repreensão

O Jornal Extra, aquele que diariamente exibe fotos de mulheres peladas em sua capa, não poderá mais brindar seus leitores que adoram fantasias sexuais.

Por determinação do Ministério Público, através da Promotoria da Infância e da Juventude, o jornal ficou proibido de publicar as fotos calientes e ousadas.

Quem aplaudiu a decisão foram as revistas do gênero masculino.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Menores bandidos protegidos

Prestei hoje depoimento no Ministério Público ao promotor de Justiça da Infância e da Juventude, Márcio Thadeu Silva Marques.

Fui notificado porque o Jornal A Tarde, na edição de 3 de agosto de 2008, exibiu fotos e colocou as iniciais de dois menores assaltantes, presos pela polícia. As fotos não exibiam os rostos dos delinquentes. 

Sou completamente favorável ao Estatuto da Criança e do Adolescente, que completou 18 anos. Mas discordo de alguns dos seus artigos.

O principal deles é o que protege o deliquente juvenil. Imagina que um menor de 16 anos é perigoso assaltante, contumaz estuprador, assassino, mora ao seu lado e você não sabe.

Quando pego em flagrante pela polícia, os jornais e as TVs não podem exibir sua foto, nem mencionar o nome do bandido. Ele continuará no anonimato e você alvo dos crimes praticados por menores protegidos por lei.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Dona Marly cai e fratura o braço

A esposa do senador José Sarney, dona Marly Sarney, sofreu hoje pela manhã um acidente em sua residência, no Calhau. A ex-primeira dama do Brasil tropeçou em uma tapete e caiu por cima do braço.

Dona Marly foi levada a uma hospital de São Luís após o acidente e será transportada agora no final da tarde para Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Será acompanhada pelo marido, o presidente do Senado Federal, José Sarney, pelos filhos Roseana e Fernando Sarney.

Família Sarney

Dona Marly teve outros dois acidentes, sendo que em um teve quatro fraturas na região do ombro e outro em que fraturou três costelas. A mãe da governadora, na foto com Roseana, Zequinha e o senador José Sarney, tem 77 anos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.