As terras de Jorge Vieira

O jornalista Décio Sá cita meu blog como fonte de informação de que o diretor de Comunicação Social da Assembléia Legislativa, jornalista Jorge Vieira, teria adquirido terras no município de São José de Ribamar ao valor de R$ 350 mil.

De fato o meu blog publicou que um jornalista havia comprado terras em Ribamar por R$ 350 mil, no cash. Não citei em momento algum o nome do jornalista Jorge Vieira.

E continuo afirmando que um jornalista adquiriu terras naquela cidade balneária ao valor de R$ 350 mil.

Tive acesso aos documentos em que o diretor de Comunicação da AL, Jorge Vieira, adquiriu terras e registrou em seu nome no Cartório de São José de Ribamar.

Vieira comprou, conforme os documentos, um lote de 20×35,5, no local denominado Recreio do Araçagy, ao valor de R$ 80 mil, sendo R$ 60 mil pagos por transferência bancária de uma agência do Banco do Brasil e outros R$ 20 mil como adiantamento.

Há quatro anos e três meses que Jorge Vieira ocupa o cargo de diretor na Assembléia Legislativa, com salários mensais de R%$ 13 mil, o que daria R$ 659 mil nos 51 meses no cargo.

Além disso, já comandou como profissional diversas campanhas majoritárias e recebeu o que lhe foi devido. Jorge Vieira exerce a profissão de jornalista há mais de 28 anos, com a maior parte do tempo dedicado ao Jornal Pequeno, que não atrasa salários.

Como há mais de 15 anos não tem atividade social e abomina a vida noturna, teve tempo suficiente para poupar e adquirir bens materiais com valores superiores ao terreno do Recreio do Araçagy.

Quanto a lotes de terras que estariam vendendo na cidade de Bom Jardim, a valores de R$ 180 mil, conforme publicado hoje no blog do jornalista Décio Sá, não procede.

Jorge Vieira colocou à venda uma chácara na estrada da Praia de Boa Viagem, no município de São José de Ribamar.

Fui o primeiro amigo a conhecer o local. Um lote que tem o fundo para o mar, adquirido por R$ 5 mil, há exatos 10 anos, do deputado Stênio Resende.

Levei Jorge Vieira ao Cartório de São José de Ribamar para registrar o imóvel que não tinha nenhuma benfeitoria. O pagamento foi feito ao deputado proprietário em dez cheques de R$ 500.

O jornalista, fora das atividades sociais, distante do velho e bom uisque, vivendo apenas para sua família (duas filhas e a esposa, jornalista Telma Borges), construiu em dez anos uma chácara, que hoje quer vender.

Não tenho autorização para defender Jorge Vieira, mas todos os jornalistas que cobrem a Assembléia Legislativa sentem no ar o odor da armação para derrubá-lo do cargo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Marcelo Tavares será governador

O presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Tavares terá realizado seu maior sonho: ser governador do Maranhão, caso o TSE decidida em definitivo cassar o mandato do governador Jackson Lago.

Assim que os embargos de declaração apresentados pelos advogados de Jackson Lago forem analisados e rejeitados pelo plenário do TSE,  o tribunal remete, via fax, ao TRE o pedido de diplomação da senadora Roseana Sarney ao cargo de governadora. Roseana apresentará no dia seguinte, pela manhã, seu pedido de renúncia ao Senado Federal.

Como o cargo de governador não pode ficar vago, o presidente da AL assume automaticamente no Palácio dos Leões. No período da tarde, Marcelo Tavares, lá por volta das 17h, terá que empossar Roseana Sarney.

Portanto, Tavares será governador por algumas horas. Poderá, inclusive, suplementar mais recursos para a Assembléia Legislativa, que anda no limite de seus gastos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Futuro comandante da PM

O coronel Ivaldo, que foi exonerado do Comando Metropolitano da PM, receberá nos próximos dias o apoio de lideranças política da região da Baixada para ser o comandante Geral da PM no governo de Roseana Sarney.

Ivaldo foi transferido para a cidade de Pinheiro por determinação política do comandante da PM, coronel Melo. Entre os oficiais de patente mais alta, Ivaldo é o mais cotado para ocupar o cargo de Melo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

O pulo da irmã Telma Pinheiro

A secretária de Infra-Estrutura e Cidades, Telma Pinheiro, fez chegar até as mãos de Roseana Sarney os projetos da sua Pasta já aprovados no plano federal.

Telma, embora faça parte do governo de Jackson Lago, sempre teve ligações com o grupo Sarney. Goza da amizade pessoal do deputado federal Sarney Filho e nunca fez críticas aos governos de Roseana.

Evidentemente que não será aproveitada na futura equipe de governo, mas pretende coloborar de fora, conforme teria ficado acertado.

Evangélica fiel aos princípios de sua igreja, a Assembléia de Deus, Telma Pinheiro espera do grupo Sarney que não atrapalhe seu retorno para a Assembléia Legislativa.

Ele tem bamburrado os cofres de prefeituras aliadas ao seu projeto e executado obras em municípios de sua atuação política. Acha que tem passaporte garantido para voltar a ser deputada estadual, com a ajuda dos Céus e o empurrão do dinheiro daqui da terra.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Max e Roseana

O deputado estadual Max Barros saiu mudo de São Luís para Brasília e voltou calado.

Esteve com a senadora Roseana , com quem conversou sobre as mudanças que serão introduzidas no governo, assim que Roseana ocupar o cargo de governadora.

Max Barros, antes de se deslocar para Brasília, comentou com o blog as mudanças. Não acredita que seja alterado muito coisa. “Deve, no começo, reduzir um pouco a estrutura”, acredita.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Desconfiado, Aderson Lago acha que Telma Pinheiro quer pular de barco

Foi tensa a discussão entre os secretários chefe da Casa Civil, Aderson Lago, e da Infra-Estrutura e Cidades, Telma Pinheiro, na área dos jardins do Palácio dos Leões.

Presenciaram o fato o secretário secretário de Planejamento, Aziz Santos, e o técnico Luis Raimundo Azevedo, ex-roseanista.  

Após a assinatura de convênios entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Imperatriz, quarta-feira, no Palácio dos Leões, os dois secretários se encontraram do lado de fora da área residencial.

Aderson Lago chamou a atenção de Telma Pinheiro para as reclamações dos deputados de que não estão tendo seus pleitos atendidos na secreária de Infra-Estrutura. A secretária fez pouco caso.

O chefe da Casa Civil foi mais incisivo e disse em alto tom que Telma Pinheiro estaria fazendo o jogo do grupo Sarney, ao deixar a base aliada descontente.

    – Se a senhora quer pular fora, que faça agora. Não aceitamos mais que a senhora não dê satisfação a ninguém e nem ao governo”, reagiu Aderson Lago.

Telma Pinheiro, apavorada, cuspiu o próprio braço por duas vezes e até os cabelos da secretária ficaram mais alvoraçados, em função do forte vento.

A secretária tentou argumentar, mas foi impedida pelo chefe da Casa Civil. “A senhora sequer atende aos telefonemas do governo e muito menos dos deputados aliados”, reclamou Aderson Lago.

O clima estava tenso e Telma Pinheiro entrou rapadidamente no seu carro e deixou o Palácio dos Leões. Até hoje, a secretária não teve coragem de reclamar ao governador o puxão de orelha dado por Aderson.

Há muito existe um clima de desconfiança dos aliados em relação ao comportamento de Telma Pinheiro. Ele estaria sendo acusado de atender pedidos de deputados da oposição em detrimento dos pleitos dos aliados.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prazo para embargos termina na segunda-feira

Alguns advogados especialistas em legislação eleitoral garantem que, a partir de amanhã, sexta-feira, começa o prazo de três dias para que a defesa de Jackson Lago Lago apresente os embargos de declaração junto ao TSE.

Eles entendem que são três dias corridos, contando com o sábado e domingo. Acho estranho, mas é o que defende a maioria. Por acaso o TSE vai receber no domingo os embargos?

Se verdadeira a afirmação, termina na segunda-feira o prazo para recebimento das alegações dos advogados de defesa do mandato do governador.      

Então, caberá ao ministro relator do processo, Eros Graus, analisar os embargos e emitir parecer. O TSE tem sessões na terça-feira e quinta-feira.

É provável que até lá o relatório do ministro Eros Grau não seja colocado em votação, até porque cada ministro que participou da corte que cassou o mandato do governador terá que analisar os embargos e o parecer do ministro.

Não creio que os embargos sejam julgados nos dias 31 de março (terça-feira) e nem no dia 2 de abril (quinta-feira). 

Isto significa dizer que o governador Jackson Lago pode respirar aliviado toda a Semana Santa, ou ser crucificado de véspera, na quinta-feira, dia 9, antes da morte de Jesus Cristo, na Sexta-Feira da Paixão, dia 10.

A ressurreição de nosso bondoso senhor acontece no Sábado de Aleluia. Quanto ao renascimento de Jackson Lago, nem Deus sabe.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sexo na Câmara Municipal

Alguns funcionário que trabalham na limpeza diária da Câmara Municipal de São Luís permanecem sem entender de onde surgiram tantas camisinhas em um cesto de lixo daquele Poder, no último final de semana.

Em um dos baldes, pasmem os senhores, tinha até uma calcinha rasgada. A farra foi boa, ou melhor, gostosa!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

De pai pra filho

Aconselhado pelo pai, o sub-chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Rubens Pereira, o filho deputado Rubens Pereira Júnior brecou.

Há uma semana não ocupa a tribuna da Assembléia Legislativa para criticar duramente a senadora Roseana Sarney. Tem se limitado a defender o mandato do governador Jackson Lago, com discurso jurídico.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

O retorno de Portela

O ex-delegado geral Jfferson Portela, aquele que fez um dossiê mostrando uma série de irregularidades praticadas na gestão de Eurídice Vidigal, deve voltar ao cargo, caso Roseana Sarney assuma o Governo do Estado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.