Ricardo Murad versus Augusto Nunes

 

Por Roberto Kenard

Ricardo Murad resolveu abrir fogo (teria sido melhor uma polêmica) contra o jornalista Augusto Nunes, da revista Veja. E com termos que ninguém recomendaria. Não havia ninguém para demovê-lo? 

O que ganhou, afinal, o então secretário de Saúde Ricardo Murad escrevendo uma nota destemperada contra o jornalista Augusto Nunes? Nada. Muito ao contrário. Isso para não falar nos atropelos ao idioma, encontráveis aos punhados na citada nota (mais uma arma oferecida ao adversário, se é disso que se trata).

A idade não parece ter oferecido a Ricardo Murad a possibilidade do amadurecimento, da firmeza que não se confunde com o cangaço. Ele se sente tão onipotente que sequer precisa de um assessor que o auxilie na redação de uma simples nota ou de um político experiente para lhe conceder a tinta do conteúdo exato?

Do contrário não começaria a nota por um “publique se for homem”. Essa é a linguagem do Brasil profundo, das disputas de sangue, daquele que supõe que ser macho é não levar desaforo pra casa. A civilidade (Ricardo tinha tudo para dar um banho em Augusto Nunes, se como diz estava sendo injustiçado) e a democracia não fazem parte desse mundo.

Por exemplo: Se Ricardo Murad diz que Nunes deveria tê-lo ouvido, a nota era a oportunidade para dizer o que não lhe foi perguntado. Restaria ao jornalista publicar ou ser desmascarado. Mesmo não tendo o jornalista escrito uma reportagem, mas um artigo. E por conta de um artigo você pode ser acusado de ser injusto ou elogiado por ter sido justo. Jamais por não ter ouvido o outro lado.

O que espanta é que a Ricardo Murad sempre falta essa serenidade, ainda quando precisa se defender. A resposta, ao invés de livrá-lo da acusação, o expõe de maneira tosca, em estado elementar.

O diabo é que o Maranhão vai de cambulhada, como se a isso nos resumisse.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Secretário faz campanha para o filho e irrita João Alberto

Se depender do vice-governador João Alberto, o secretário de Estado de Comunicação Social, Sérgio Macêdo, não estaria mais no cargo.

Atropelando as funções da Secretaria de Estado do Esporte e da Juventude, Macêdo reuniu com os dirigentes dos clubes esportivos de Imperatriz para anunciar liberação de recursos.

Aproveitou para pedir votos ao seu filho, Daniel Macêdo, advogado, candidato a deputado estadual. E colocou no encontro que é candidato a prefeito da imperosa em 2012.

Falou também que deixará o cargo para se dedicar à campanha de Roseana Sarney. Deixou claro que fará seu substituto: a jornalista Carla Georgina, empresária licenciada da Cores e mais nova dona de apartamento na área da Lagoa da Jansen.

João Alberto soube do episódio e reclamou para Roseana Sarney da intromissão de Macêdo na sua área. O vice-governador indicou o secretário Roberto Costa, agora candidato a deputado estadual, assim como fez o substituto, Neto Costa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por quase 2 milhões, prefeitura de Santa Luzia contrata empresa de energia para pintar meio fio

O mais novo aliado da governadora Roseana Sarney, o prefeito de Santa Luzia do Tide, o pedetista Márcio Rodrigues, contratou a Enercon Energia e Consultoria para serviços de drenagem superficial, incluindo a pintura de meio fio e sarjetas nas ruas e avenidas da cidade por R$ 1.974.324,78

De acordo com a publicação no Diário Oficial do Estado, o prazo de execução da obra é de 180 dias. Esse recurso é resultado do primeiro sinal dado pelo Governo do Estado, após a declaração de apoio do prefeito à reeleição de Roseana Sarney.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Uema vai gastar mais de meio milhão em passagens aéreas

A situação financeira da Uema é a das melhores dos últimos tempos. Tem folga de caixa.

A Uema contratou a Word Tour Portal LTDA para fornecimento de passagens aéreas nacionais e internacionais por R$ 600 mil.

O mais curioso é que na publicação do Diário Oficial do Estado não especifica o prazo de vigência. Será que pretendem levar todos os universitários para um tour de uma só vez?

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Blog do Josias: Lula se dá por vencido e Témer será o vice de Dilma

 

Folha Online

O caminho que levará o deputado Michel Temer (PMDB) à posição de candidato a vice-presidente na chapa da petista Dilma Rousseff está pavimentado, informa o blog do Josias.

Segundo o blog, em diálogo que manteve com um dirigente do PT, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que desistiu de “dar murro em ponta de faca”.

Patrono do projeto Dilma-2010, Lula torcia o nariz para Temer e buscava alternativas. A principal era Henrique Meirelles, presidente do Banco Central, que na quinta-feira decidiu ficar no governo até o fim.

O blog informa que Lula desistiu de esmurrar a faca, segundo disse, porque Temer “fechou o PMDB”. Daí ter pedido a Meirelles que ficasse no BC. Ele concluiu que, levada às últimas consequências, a resistência a Temer poderia comprometer “o essencial” –o apoio formal do PMDB a Dilma, com a cessão do tempo de televisão do partido à candidata.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Saúde adianta mais de R$ 10 milhões para obras não iniciadas

 Antes de deixar o cargo de secretário de Saúde para disputar a reeleição de deputado estadual, Ricardo Murad, mandou empenhar à empresa Pronge Engenharia e Projetos LTDA  R$ 10. 347,162,00, no dia 3 de março passado. Nada foi executado até o momento.

Um  detalhe curioso: a empresa tem o prazo de 360 dias, um ano, para elaboração de projetos e gerenciamento de obras do programa de ampliação, reforma e construção de hospitais em municípios do Maranhão, sem especificar as localidades.

A Proenge foi contratada pelo valor global de R$ 17. 737. 988,17, conforme publicação do Diário Oficial do Estado do Maranhão. Veja abaixo. 

SECRETARIA    DE    ESTADO   DA   SAÚDE
EXTRATO DO CONTRATO Nº 12/2010/SES – REF.: Processo nº
12895/2009/SES. PARTES: Secretaria de Estado da Saúde e a Empresa
Proenge Engenharia e Projetos Ltda. OBJETO: Elaboração de projetos
e gerenciamento das obras do programa de ampliação, reforma e cons-
trução de hospitais, nos municípios do Estado do Maranhão – VALOR
GLOBAL: R$ 17. 737.988,14 (dezessete milhões, setecentos e trinta e
sete mil, novecentos e oitenta e oito reais e quatorze centavos) – DO-
TAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: PT: 10301053830600000; Fonte: 0121;
PI: EXPAREDESUS – ND: 449051. Sendo emitida a Nota de Empe-
nho inicial n° 00464, de 10.03.2010, no valor de R$ 10.347.162,00
(dez milhões, trezentos e quarenta e sete mil, cento e sessenta e dois
reais) – PRAZO: 360 (trezentos e sessenta), dias consecutivos, conta-
dos a partir da data do recebimento da Ordem de Serviço – BASE
LEGAL: Concorrência de n° 07/2009-CPL/SES, e se regerá pela Lei nº
8.666/93 – SIGNATÁRIOS: RICARDO JORGE  MURAD – Secre-
tário de Estado da Saúde, pelo Contratante, e RENATO FERREIRA
CESTARI, pela Contratada – MÁRCIA MARIA LEITE OLIVEIRA
–Assessora Jurídica/SES

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Portal da Transparência do Estado retira números

Comecei a pesquisar os números publicados no Portal da Transparência do Governo Estado do Maranhão relativos ao mês de fevereiro.

Cheguei a consultar oito das 112 páginas. Estranhamente as páginas desapareceram. Uma hora hora depois voltei a fazer a mesma consulta. Nada.

Aparecem os números disponíveis para gastos, conforme publicado abaixo do sitio do Portal, mas como se nenhuma despesa fosse executada. Vejam: 

Filtro aplicado: Período de 01/02/2010 a 28/02/2010
Total Geral para Gastos Diretos: R$ 1.687.057.549,93
Total Geral para Diárias: R$ 24.538.123,79 este valor representa 1.45 % do valor Total para Gastos Diretos.
Total para o filtro aplicado: R$ 0,00
Dos do que foi pago, alcancei ainda R$ 266.676,21 para a NeW Serv Segurança Privada; R$ 215.609,46 à Auriga Informática; R$ 299.850,00 para a Jatai Agro Industrial, uma empresa que estava falida em Coroatá; R$ 266.724,02 para a MASP – Maranhense Serviços Profissionais, empresa que fatura de quase todas as secretarias.
Aguardo o Portal publicar corretamente os número dos gastos relativos a fevereiro para que possamos tomar conhecimento da execução de despesas do Governo do Estado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mais cinco prefeitos poderão ser presos pela PF

Cinco prefeitos do Maranmhão estão sendo investigados pela Polícia Federal. Contra eles pesam denúncias de desvios de recursos públicos do Fundeb e SUS.

Ontem, o superintendente da PF no Maranhão, delegado Fernando Segóvia, informou que os gestores poderão ser presos a qualquer momento, mas não adiantou nomes para não atrapalhar as investigações.

A prática de sacar volumosa quantia na boca do caixa (procedimento ilegal, vez que a prefeitura só pode efetuar pagamentos com cheques ou ordem bancária), desvio descarado de recursos em obras superfaturadas, emissão de notas fiscais frias, tornaram-se frequentes em boa parte dos municípios maranhenses.

Só no mês de março dois prefeitos foram presos por agentes federais. O de Serrano do Maranhão quando sacava dinheiro no boca do caixa e na semana passada o prefeito de Satubinha por confeccionar documentos para calçar a prestação de contas.

Não duvido muito que nos saques irregulares não tenha a participação de gerentes de agências bancárias, até porque eles sabem do ilícito.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Resposta ao jornalista Fernando Júnior

 

Postei informação de que o grupo da governadora Roseana Sarney encomendou pesquisas que possam influenciar os eleitores ainda indecisos na sucessão estadual do Maranhão deste ano.

lembrei que a atual governadora se utilizou de um recurso pouco recomendável, em 2006, ao contratar institutos de pesquisas para mostrar números não verdadeiros no primeiro e segundo turno.

Citei a Escutec, de propriedade do jornalista Fernando Júnior, como um deles. Mas, meu ex-sócio no Diário da Manhã, Roberto Kenard, lembrou agora que a empresa de Fernando Júnior foi a que mais se aproximou do resultado real. Abaixo a resposta a um comentário do dono da Escutec:

Prezado Fernando Júnior,

Ressalvas (salvo engano, no caso) não são afirmações peremptórias, ou não seriam ressalvas. No caso específico, deixam em aberto uma dúvida, não sanável por falta dos dados e/ou por não ter como consultar a fonte citada (Escutec).

Tenho por seu trabalho a admiração merecida. Portanto, longe de meu texto querer pôr em dúvida sua competência e sua ética. Mas muito longe mesmo. Você me conhece há muitos anos e sabe disso.

Logo após escrever a nota, antes de você fazer o comentário, recebi telefonema do jornalista Roberto Kenard, que dizia que o Diário da Manhã havia contratado pesquisa da Escutec, a que chegou mais próxima do resultado final. Ele, inclusive, lembrou-me que escreveu um artigo onde desmentia os vencedores de que o Ibope era quem mais se aproximara do resultado.

Quando você escreveu o comentário, eu já ia escrever uma nota, a partir do telefonema de Roberto Kenard. Espero ter esclarecido.

No mais, não retiro uma vírgula do artigo em questão.

Abraços,

Luís Cardoso

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sarney perde mais uma: novo ministro de Minas e Energia não é de sua cota

O presidente do Senado Federal, José Sarney, sofreu duas derrotas enquanto estava no hospital Sírio Libanês para uma cirurgia no lábio superior, do lado esquerdo.

Viu sua filha, a governadora Roseana Sarney,  perder o PT maranhense, a quem imaginava que fosse coligar com o PMDB local. O PT optou pela aliança com o PCdoB de Flávio Dino. 

Sarney, do leito do hospital, esperneou. Tentou pressionar o presidente Lula para reverter a decisão petista. De nada adiantou.

Três dias depois olhou irado o Ministério de Minas e Energia fugir do seu controle. Queria alguém da sua cota pessoal em lugar de Edison Lobão. Sarney sempre deitou e rolou no setor energético do país.

Fora convencido por amigos mais próximos que uma indicação sua poderia atrapalhar a presidenciável Dilma Rousseff. A imprensa nacional estava de olhos abertos. Acabou cedendo.

Então, prevaleceu o nome do engenheiro eletricista, com mestrado em Engenharia Elétrica, Márcio Pereira Zimmermann( foto ). da cota pessoal da ex-ministra presidenciável.

Quando da substituição do então ministro de Minas e Energia, o maranhense Slias Rondeau, exonerado por corrupção, Sarney ainda não tinha experimentado passar pelo olho do furacão.

Ainda posava de magistrado, distante de qualquer envolvimento com ilícitos. Nem seu filho, Fernando Sarney, havia sido pego em dezenas de falcatruas.

Por isso, indicou o nome do senador Edison Lobão, depois de uma cana de braço com a ministra Dilma Rousseff, que ainda não morria de amores por Sarney. E muito menos por Roseana.

Dilma queria Márcio Pereira Zimmermann, que é funcionário da carreira da Eletrosul desde 1980, tendo sido diretor de Produção e Comercialização 

Já trabalhou  em Itaipu e Eletrobrás. Também já foi secretário de Planejamento do Ministério de Minas e Energia.

Hoje, o jornal O Globo publicou em uma das colunas que Edison Lobão lutou até derramar a última gota de suor por outro nome mais ligado ao senador Sarney.

E que teria descido da sua elegância e desnudado seu lado gentleman lá pelas tantas da madruga de terça-feira. “Lobão se descabelou pela primeira vez”, diz o colunista.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.