“O povo é quem sairá perdendo”, diz deputado sobre redução dos seus salários

O Jornal da Globo exibiu as defesas de alguns deputados do Maranhão sobre a redução de 17 para 14 o número dos seus salários a cada ano. Antes recebiam 17 salários ao valor de R$ 20 mil bruto, mas existem os descontos, inclusive de imposto de renda.

o jornal global mostrou Zé Carlos da Caixa dizendo que quem ganha menos tem que ganhar mais; Graça Paz argumentando as despesas decorrentes do mandatos, como passagens e outras; assim como apresentaram Tatá Milhomem, numa definição mais sincera, embora equivocada, concluir  que o deputado é uma instituição de caridade.

Mas o Jornal da Globo não exibiu uma definição pior que todas acima porque não teve acesso a reunião da Mesa Diretora que definiu pela redução do número de salários.

Em meio a reunião, o deputado Afonso Manuel, membro da Mesa, lamentou: “só quem vai perder é povo porque a ajuda daqui pra frente ficará reduzida”, se referindo, é lógico, ao assistencialismo político que não vem de hoje.

O povo brasileiro ganha péssimos salários, sim, mas um deputado não precisa criar artifícios para aumentar seus rendimentos. Esta prática não vem de agora quando Zé Carlos do PT assumiu o mandato.

O parlamentar tem sim despesas com passagens de seus eleitores que se deslocam de suas cidades para receber ajuda, quer financeira ou de outra forma. Mas não é papel do deputado bancar os custos de ida e vinda do seu eleitorado.

Sim, o deputado ao longo da existência do cargo tem sido uma istituição de caridade, lamentavelmente. O eleitor que vive às custas dessas caridades, e são a maioria, não costuma votar em político de mão fechada. É uma prática nacional desde que nasceram o Congresso, as Câmaras e Assembleias Legislativas.

Com a redução do número de salários, o povo (no caso o eleitor do deputado) vai perder sim, menos o parlamentar que jamais reduzirá seu padrão de vida por causa de três salários.

O papel do deputado é o de legislar e fiscalizar as ações do poder Executivo. Mas lamentavelmente a cultura do assistencialismo político tão cedo não será expurgada do desejo do eleitor e muito menos da vontade do político.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Boa parte dos “Inelegíveis” acabará disputando a eleição de 2012

Em 2010, só não disputou a eleição quem não teve coragem para desafiar a Justiça Eleitoral, embora esta mesma parte estivesse sendo declarada ficha suja por seus adversários. Todos não foramn tragados e estão salvos.

No início da semana o blog publicou  uma lista de mais de 2ooo nomes que tiveram as contas rejeitas pelo TCE, mas lembrando que aquela era uma relação de 2010 e, portanto não a definitiva. Aliás, deixou claro que muitos estavam em grau de recurso,  quando não houve o trânsito em julgado. Em outros casos, conforme informou o blog, muitos nem mais estivam naquela relação.

O Tribunal de Contas do Estado esteve na semana passada de posse da mesma relação de 2010, com raríssimas diferenças. Foi o olhar clínico do conselhor Edmar Cutrim que detectou futuros problemas. Muitos seriam até injustiçados.

Mas o que se discute agora se os nomes dos principais candidatos das cidades importantes do Maranhão  estarão inelegíveis ou se concorrerão ao pleito neste ano. Os mais graúdos estão sentindo que a mar está pra peixe do tipo tubarão.

Existem casos em que os que estariam  hoje enquadrados na ficha limpa recorreram das decisões de rejeição de contas. Tem ainda os que tiveram as contas reprovadas pelo TCE, mas a análise final ainda não passou pelo crivo das Câmaras Municipais.  E aí, então, são outros e mais outros quinhentos.

Considerando todas essas dificuldades, todos os entraves e artimanhas jurídicas, pode-se dizer que o mar abrirá brechas para a passagem da maioria dos fichas sujas, que chegará do outro lado, secos e limpos. Uma lástima!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Menina confirma que sofreu abuso de ex-jogador do Corinthians

Do R7

A menina de cinco anos que teria sofrido abuso sexual do ex-jogador de futebol do Corinthians, Fábio Roberto Teixeira Fontes, de 37 anos, prestou depoimento à polícia e confirmou a história relatada à polícia por seu pai.

A criança conversou com o delegado responsável pelo caso e informou que o jogador estava com as calças abaixadas e órgão genital para o lado de fora.

Na madrugada desta segunda-feira (5), testemunhas informaram que, ao sair de uma partida de futebol, em Taboão da Serra, o ex-jogador teria pedido carona a um casal de amigos com uma criança. No caminho, a mãe da criança teria notado uma movimentação estranha no banco traseiro do carro. O pai da criança colocou sua mão para trás e constatou que o ex-jogador estava com o pênis de fora.

Segundo a polícia, o pai da vítima contou que o jogador tirou a calça que vestia e tentou colocar a criança sentada sobre seu órgão genital. A menina estava vestida.

Prisão

Nesta terça-feira (6), o jogador deixou o 26º Distrito Policial e foi encaminhado ao CDP de Pinheiros, onde continua detido.

Em entrevista ao Jornal da Record, ele disse que não fez nada com a criança. Segundo Fontes, tudo não passou de um mal-entendido.

– Foi um mal-entendido. Jamais faria isso, sou pai de duas filhas, uma de 15 e outra de 17. Sou um cara do bem, que nunca fez nada de errado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Rapidinhas do LC

Políticos que ingressaram no PSD estão tranquilos

Caminha para se concretizar o clima de segurança entre os políticos com mandatos que trocaram outras legendas pelo novato PSD. A CCJ do Senado decidiu ontem que o parlamentar não perderá o mandato se deixar seu partido por um recém-criado.

Delegado mantém parentes na Mafra

A empresa de asseio, conservação e segurança Mafra faturou agora nos dois primeiros meses deste ano R$ 518.782,01 somente da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Funcionários da empresa estão concentrados na maior parte na capital. Mas na Delegacia de Bacabal alguns foram indicados pelo delegado Sadir Alves.

Medo da Eletroforte

Ressabiados com as tentativas de golpes no Maranhão, clientes de empresas com modalidades de contas premiadas estão preocupados com a provável venda da Eletroforte para outro grupo.

A Eletroforte tem 15 lojas espalhadas pelo interior maranhense  e, segundo reclamações, anda se atrapalhando na entrega aos vencedores ou quitadores igual a Eletromil.

No lugar certo

O prefeito de Altamira do Maranhão, o petista Arnaldo Gomes, que vem de desgaste profundo junto a população da sua cidade, tomar decisão inédita para voltar a ficar bem na fita.

Professor de jornalismo da Ufma, Gomes decidiu voltar à sala de aula. E começou dando aulas de português e de reforço nas escolas publicas da cidade que administra.

Uma bela sacada publicitária, ainda mais que ele quer ser reconduzido ao cargo e estamos próximos da eleição. Voltou ao lugar de onde nunca deveria ter saído.

Governo entregou mais de 25 hospitais

Foi o que afirmou a governadora do Maranhão nas inserções a quem tem direito o seu partido, o PMDB, em caráter nacional. Os números anunciados por Roseana Sarney não batem com a verdade. A não que a governadora estivesse falando de outro estado.

Felipe Camarão foi exonerado no dia 5

Conforme publicação abaixo do Diário Oficial do Estado do Maranhão, Felipe Camarão estava exonerado desde o dia 5, segunda feira deste semana. Todo mundo sabia, menos Camarão que confiou na governadora

A GOVERNADORA DO ESTADO DO MARANHÃO, no
uso de suas atribuições legais,
RESOLVE:
Exonerar FELIPE COSTA CAMARÃO do cargo em comissão
de Gerente de Proteção e Defesa do Consumidor, Símbolo Especial, da
Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Cidadania.
PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO,
EM SÃO LUÍS, 5 DE MARÇO DE 2012, 191º DA INDEPENDÊNCIA
E 124º DA REPÚBLICA.
ROSEANA SARNEY
Governadora do Estado do Maranhão
LUIS FERNANDO MOURA DA SILVA
Secretário-Chefe da Casa Civil
LUIZA DE FÁTIMA AMORIM OLIVEIRA
Secretária de Estado dos Direitos Humanos e Cidadania

Escola de Música caindo as pedaços

É desolador olhar para o prédio onde funciona a Escola de Música, no Centro Histórico. O local não vai resistir as fortes chuvas e pode desabar na cabeça de alunos e professores a qualquer momento.

Não existe nenhum programa de recuperação da Escola de Música do Maranhão e muito menos verbas para executar os serviços. Os recursos da Cultura, relativos ao primeiro semestre, foram todos empregados no carnaval, sendo boa parte do bolo na Beija Flor.

E depois vem o São João, com Bicho Terra, Boizinho Barrica, outros bichos  e outras da mesma companhia.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Blog fica com e-mail fora do ar

Há uns três dias que o email do blog permanece fora do ar. Não abre de jeito nenhum. Um técnico verifica o problema e até o final do dia de amanhã a questão estará resolvida.

Por isso, pedidos a comprensão dos amigos que enviam mensagens, matérias ou denúncias ao blog.  Desde já agredemos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Presos assaltantes que espancaram delegada

A Polícia Civil conseguiu prender na tarde de hoje os três elementos que roubaram o carro e ainda espancaram a delegada Tâni Rodrigues, na terça-feira, próximo do Shopping Tropical. Eles foram localizadas no bairro da Ilhinha.

A delegada fez  o reconhecimento de Ezequiel Ribeiro Sá  e de Valdenilson Melo Oliveira. A delegada durante o assalto reagiu e foi espacanda pelos bandidos, que levaram seu carro. Ela é esposa do também delegado Sebastião Rodrigues

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Assembleia rescinde contrato com empresa que fatura no Estado

A empresa Sol e Mar, denunciada pelo jornalista Marcos Deça de faturar nas alturas, embora sendo de pequeno porte, continua embolsando legal do atual governo.

E como Marcos Deça, também tenho curiosidade em saber qual o serviço que prestou a Sol e Mar para ganhar os recursos.

Não consigo entender a que ponto vai a transparência do portal do Governo do Estado em continuar omitindo a natureza das despesas. Nem Gastão Vieira consegue explicar. Tá feito o desafio.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Defensor geral entra na dança das promoções

Após promover uma chuva de promoções de colegas por antiguidade ou merecimento o defensor Público Geral do Estado, Aldir Mello de Araújo Filho, tirou um minuto de folga e caiu nas águas que ninguém é de ferro.

Durante a ausência na chefia do cargo, foi substituído pela defensora Pública Geral do Estado, em exercício, Maria Albano de Almeida, e promoveu também o tiular do cargo para a  4ª Classe.

Veja abaixo publicação do Diário Oficial do Estado do Maranhão:

A DEFENSORA PÚBLICA-GERAL DO ESTADO EM

EXERCÍCIO, no uso da atribuição que lhe é conferida pelo art. 17, VI,

da Lei Complementar Estadual nº 19, de 11 de janeiro de 1994, pelo art.

97-A, III da Lei Complementar Federal nº 80, de 12 de janeiro de 1994 ;

R E S O L V E :

Promover, por merecimento, ALDY MELLO DE ARAÚJO

FILHO, Defensor Público de 3ª Classe, Matrícula nº 1139583, para o

cargo de Defensor Público de 4ª Classe, devendo assim ser considerado

a partir do dia 1º de março de 2012.

GABINETE DA DEFENSORA PÚBLICA GERAL DO ESTADO

DO MARANHÃO, EM SÃO LUÍS, 1º DE MARÇO DE

2012, 191º DA INDEPENDÊNCIA E 124º DA REPÚBLICA.

MARIANA ALBANO DE ALMEIDA

Defensora Pública Geral do Estado em exercício

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Imóvel do ‘Minha Casa, Minha Vida’ ficará com mulher após divórcio

Nova regra valerá para famílias com renda de até três salários mínimos. Dilma fará anúncio oficial da medida em pronunciamento na TV às 18h50.

Priscilla Mendes

Do G1, em Brasília

A presidente Dilma Rousseff assinou uma medida provisória determinando que, em caso de divórcio ou dissolução de união civil estável, a propriedade da casa financiada pelo programa Minha Casa, Minha Vida ficará com a mulher. A decisão deverá ser publicada ainda nesta quinta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, em edição extra do Diário Oficial da União.

Dilma anunciará a decisão durante pronunciamento na cadeia nacional de rádio e TV nesta quinta-feira, às 18h50, o qual vai dedicar ao Dia da Mulher. As mudanças nas regras do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida foram antecipadas pelo porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann.

As novas regras valem para famílias beneficiadas pelo programa que têm renda de até três salários mínimos, faixa na qual o governo subsidia 95% do financiamento.

A medida provisória, segundo Traumann, prevê apenas uma exceção: quando o casal tiver filhos e a guarda for exclusiva do pai. Neste caso, a propriedade da casa ficará com o pai.

Nesta quarta (7), o governo anunciou que no ano passado foram aplicados R$ 10 bilhões no programa, que visa a construção de 2 milhões de casas para a população de baixa renda. Nesta segunda fase do programa, iniciada no ano passado, o governo diz que já contratou 929.043 moradias.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Câmara aprova exigência de cirurgia de reconstrução da mama pelo SUS

Eduardo Piovesan e Marcos Rossi
Agência Câmara de Notícias

Rebecca Garcia destacou os problemas enfrentados pelas mulheres que passam por mastectomia.Rebecca Garcia destacou os problemas enfrentados pelas mulheres que passam por mastectomia.

O Plenário aprovou, simbolicamente, o Projeto de Lei 2784/08, da deputada Rebecca Garcia (PP-AM), que prevê a realização de reconstrução da mama pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no mesmo tempo cirúrgico da mastectomia (retirada da mama realizada em casos de câncer), quando houver condições técnicas.

Segundo o texto aprovado, no caso de impossibilidade de colocação da prótese imediatamente, a paciente terá garantida a realização da cirurgia no SUS quando alcançar as condições clínicas requeridas.

A matéria estava apensada ao PL 2740/00, do Senado, que institui a obrigatoriedade de prestação de atendimento cirúrgico-plástico a portadores de defeitos físicos causadores de sofrimento moral relevante. Devido à mudança acrescentada pela Câmara, a matéria retorna ao Senado.

Para a autora do projeto, o projeto permitirá uma nova realidade para as mulheres que sofreram a mastectomia. “Cerca de 31% dos casamentos terminam depois da mastectomia, e 64% das mulheres mastectomizadas se sentem inferiorizadas na sociedade”, afirmou Rebecca Garcia.

Tabela defasada
Segundo a deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), a medida não terá efeitos se a tabela do SUS não for reajustada, porque ela estipula cerca de R$ 315 para a colocação de prótese. Desse valor, R$ 142 pagariam pelos serviços dos médicos anestesista e do cirurgião plástico.

“Precisamos de providências urgentes, porque se essa tabela não for reajustada as mulheres continuarão na fila pela falta de médicos que façam esse procedimento”, afirmou.

A proposta recebeu elogios de diversos deputados, como Ronaldo Caiado (DEM-GO), Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Cida Borgetthi (PP-PR), que destacaram que a medida resgata a dignidade e aumenta a autoestima das mulheres que passam por cirurgia para retirada de tumor na mama.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.