Alessandro Martins escapa de ser preso pela PF

Alessandro MartinsAlessandro Martins saiu de fininho
O empresário Alessandro Martins por pouco não foi preso hoje pela manhã por agentes da Polícia Federal, em sua concessionária Euromar, no Jaracaty.

Ao tomar conhecimento da presença dos agentes da PF, o empresário teria entrado em um gol com vidros fumê e se evadiu do local sem ser percebido. Ele levou consigo as chaves de 20 veículos de marca Gol que seriam arrestados em função de causas trabahistas.

A Rádio Educadora foi o primeiro veículo de comunicação a chegar ao local.

A  ação da PF foi  para cumprir um mandado de busca e apreensão dos carros que estavam no pátio da Euromar.

As causas trabalhistas contra a Eurmoar somam R$ 500 mil. Daí a razão da busca e apreensão dos 20 veículos.

Espertamente, Martins teria antes solicitado a presença de uma ronda da Polícia Militar, que retornou ao seu posto de trabalho ao tomar conhecimento do verdadeiro ocorrido.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Alexandra Tavares na Parada Gay

Alexandra TavaresAlexandra Tavares estará Parada Gay
A insubstituível madrinha da Parada Gay, Alexandra Tavares, já confirmou presença em mais um evento que será realizado domingo, dia 27, na avenida Litorânea.

A ex primeira dama e ex secretária de Solidariedade, na gestão do ex marido José Reinaldo Tavares, sempre acompanhou e apoiou o movimento pela diversidade sexual.

Mesmo fora do poder, recebeu a atendeu a diversos convites para desfilar em escolas e blocos de samba, sempre atraindo as atenções.

Candidata a deputada federal, terá seu nome homologado pela convenção do PSB. Dona de enorme prestígio nas camadas populares e no meio artístico da capital, Alexandra conta com apoio de lideranças expressivas em São Luís.

A sua candidatura ameaça a liderança de outra ex primeira dama: a deputada federal Nice Lobão, que agora terá que dividir votos na ilha.

Não foi por acaso que uma equipe de reportagem da TV Difusora esteve em Brasília para levantar os bens patrimoniais de Alexandra e exibí-los ao Maranhão.

A primeira matéria já foi ao ar. A segunda permanece na geladeira aguardando o momento oportuno.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sarney entra de corpo e alma na campanha da filha Roseana

Roseana e SarneySarney comandará a eleição da filha, Roseana.
O senador Sarney conseguiu finalmente convencer a filha governadora e participará mais diretamente da campanha de reeleição de Roseana Sarney.

O primeiro sinal foi dado hoje, durante a convenção do PMDB e PT que homologou o nome dela, do vice Washington Oliveira, e João Alberto e Edison Lobão para senador.

Sarney esteve presente, mas evitou discursar. Lula e Dilma foram os responsáveis pelo poder de convencimento, argumentando que o pai, por onde tudo começou, não poderia jamais ficar distante da filha, ainda mais agora no momento de incertezas.

O presidente do Senado Federal estará boa parte do tempo em São Luís, na sua residência, para conversar com lideranças políticas pessoalmente sobre a necessidade da reeleição da filha em provável governo de Dilma.

Ele participará apenas de comícios em cidades com maior densidade eleitoral, excetuando São Luís e Imperatriz.

Nas últimas duas eleições da filha para governadora, o pai esteve ausente. Em 1998 porque Roseana, embora acamada, venceria fácil no primeiro turno. Foi exatamente o que aconteceu.

Na eleição de 2006, Roseana liderava em todas as pesquisas, enquanto Sarney tinha ameaçada sua reeleição de senador pelo Amapá. Ela não queria a presença dele e até excluiu o nome Sarney da sua campanha.

Terminada a eleição do primeiro turno, o pai saiu vitorioso, mas a filha ia para o segundo turno sem a certeza da vitória.

Sarney voltou ao Maranhão e asumiu o comando da campanha, achando que reverteria o quadro que já era desfavorável a Roseana.

Perdeu para a experiência  do governador José Reinaldo Tavares, para Jackson Lago que virou febre nas ruas, praça e esquinas das cidades e, sobretudo, ao desejo de mudanças expresso no rosto da maioria dos maranhenses.

Agora o velho cacique acha que os ventos sopram favoráveis à vitória da atual governadora. Acredita na força da máquina, na cassação da candidatura de Jackson Lago e, sobretudo, na divisão da oposição.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Movimentos sociais farão campanha contra reeleição de Roseana Sarney

Da assessoria de Jackson Lago

Representantes de entidades ligadas aos movimentos sociais no Maranhão se reuniram na noite de quarta-feira, 23, com o pré-candidato ao governo do estado pelo PDT, Jackson Lago, para se solidarizar com sua disposição de permanecer no processo eleitoral.

Em nome da Associação Saúde Periferia, ASP, Sociedade Maranhense de Defesa dos Direitos Humanos, SMDH, Cáritas e do Movimento dos Sem Terra, MST, eles manifestaram o entendimento segundo o qual será necessária a manutenção de duas candidaturas das oposições para derrotar a representante da oligarquia mais antiga do país.

“Diante da bateria de dúvidas que está sendo plantada através dos meios de comunicação controlados, envolvendo o processo eleitoral, tomamos a decisão de conversarmos com os dois candidatos das oposições para solicitarmos que eles permaneçam no pleito”, afirmou Joseana Gamba, representante da Sociedade Maranhense de Defesa dos Direitos Humanos.

De acordo com Gamba, a deliberação de tomar uma posição radical diante do processo eleitoral foi retirada após vários encontros de avaliação da conjuntura política e sócio-econômica do estado e, principalmente, de um sentimento consensual que permeia os movimentos sociais sobre democracia e alternância de poder.

O pré-candidato do PDT, Jackson Lago, garantiu que pretende levar sua candidatura até a vitória no pleito de outubro, devolvendo ao povo do Maranhão uma manifestação de cidadania soberana usurpada por meio de um julgamento questionável.

“Vou lutar pela minha candidatura com a certeza de que esse é o desejo de um grande número de maranhenses que desejam que o estado trilhe o caminho do desenvolvimento e da liberdade. Esse sentimento constatamos durante os cinco fóruns que realizamos durante nossa gestão”

A intenção das entidades é imprimir uma segunda derrota no projeto da governadora Roseana Sarney de se reeleger governadora para um quarto mandato. Segundo anunciaram ao pré-candidato do PDT as entidades ligadas aos movimentos sociais no estado estão determinadas a interferir no processo eleitoral pregando voto contra a reeleição da governadora.

“Ficamos muito satisfeitos com o que ouvimos do doutor Jackson Lago em manter sua candidatura ao governo do estado. Sua participação no processo é fundamental para que tenhamos a possibilidade efetiva da alternância do poder e de derrotarmos de vez a oligarquia mais perversa que insiste em existir no país”, disse Joseana Gamba.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Dinheiro repassado pelo Ministério dos Esportes para São Luís é desviado

Tadeu PalácioO dinheiro foi desviado na administração de Tadeu Palácio
Os recursos destinados pelo Ministério dos Esportes para prefeitura de São Luís empregar na construção e recuperação de torres de iluminação das praças esportivas da capital, notadamente o Nhozinho Santos, foram desviados.

Alguns dirigentes e ampla maioria dos torcedores cobram da administração João Castelo providências. Outras imaginam que o dinheiro foi enviado na gestão tucana. Não é verdade.

Alguém precisa informar ao prefeito João Castelo que os recursos foram destinados na gestão de Tadeu Palácio, por volta de 2007.

A verba, que deveria ir para a Fumdel, dirigida pelo então secretário Miguel Pinheiro, acabou caindo na conta da prefeitura e desviada para a secretaria de Obras, do então secretário Carlos Rogério. A Fumdel nem olhou a cor do dinheiro.

A Semosp, no período de Palácio, apenas fez um pequeno reparo em um torre e uma gambiarrra que veio abaixo agora com as fortes chuvas agora na atual administração.

Ao prefeito João Castelo cabe denunciar o desvio ao Ministério Público, cobrar da Justiça o ressarcimento e apresentar ao Ministério dos Transportes um novo projeto.

O silêncio, talvez nem proposital por falta de informações de sua assessoria, tem prejudicado a gestão municipal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cléber Verde é inelegível

Hoje, jornalista Roberto kenard dirimiu muitas dúvidas que ainda pairavam sobre a aplicação da lei da Ficha Limpa.

É que muitos, assim como eu, não tinham ainda lido a lei por completo.

Kernard publicou no seu blogue a íntegra da nova regra. O último item logo me chamou a atenção. Conclui, então, que o deputado federal Cléber Verde é inelegível.

A lei atinge “os que forem demitidos do serviço público em decorrência de processo administrativo ou judicial, pelo prazo de 8 (oito) anos, contado da decisão, salvo se o ato houver sido suspenso ou anulado pelo Poder Judiciário”.

Verde foi demitido, a bem do serviço público, por fraude contra o INSS. Não tem jeito.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Lider do DEM confirma que partido pode apoiar Flávio Dino

deputado Paulo Bornhausen: Um grupo de intervenção será instalado ainda hoje no Maranhãodeputado Paulo Bornhausen: Um grupo de intervenção será instalado ainda hoje no Maranhão

O líder do DEM na Câmara Federal, deputado Paulo Bornhausen (SC), após avisar que um grupo de intervenção será instalado ainda hoje no Maranhão, informou que, se o partido não decidir por candidatura própria, a tendência é apoiar o nome do deputado federal Flávio Dino (PCdoB) para o governo do Estado.

Bornhausen adiantou ontem, no período da noite, que até agora ficou acertado a intervenção no diretório do Maranhão e, consequentemente, a retirada do apoio à reeleição da governadora Roseana Sarney.

A direção nacional dos Democratas foi tomada em função da cúpula do PMDB impor ao diretório peemedebista em Santa Catarina que debandasse da candidatura de Raimundo Colombo (DEM) ao governo daquele estado. Pesa ainda o fato do DEM local ficar de fora da chapa majoritária do PMDB maranhense.

Como o DEM nacional ainda aguarda uma mudança da direção do PMDB em favor do seu candidato em Santa Catarina, ficou acertado ainda que a governadora Roseana Sarney indicará a maioria dos membros do grupo interventor no Maranhão.

A convenção para a escolha das alianças e candidaturas pelo PMDB catarinense acontece no sábado, dia 26.

Se não houver acordo, no mesmo dia será formada nova comissão, com a retirada da maoria indicada pela governadora maranhense, e decretada a nova opção do DEM no Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Rapidinhas do LC


Governo gasta quase R$ 5 milhões em publicidade

O Governo do Estado gastou em menos de 20 dias deste mês R$ 4.943.466,08 só em propaganda. Só a Secom repassou mais de R$ 4,6 milhões para as contas de três agências de publicidade.

A VCR embolsou R$ 3.364.769,77, a AB Propaganda e Marketing ficou com R$ 1.307.567,98, e a Sotaque Brasil ganhou R$ 247.609,73.

Dsses total, o sistema Mirante de Comunicação ficou com a maior parte do bolo por causa das excessivas veiculações e publicações.
Ou seja: a governadora Roseana Sarney pagou de um lado do balcão e recebeu do outro.

Só o Ministério Público do Maranhão considera o fato normal.

A volta de DP

DP, o empresário do ramo da construção civil, filho da prefeita de Dom Pedro, voltou a faturar no governo do Estado.

A sua construtora Imperador Empreendimentos e Construções LTDA embolsou agora em junho R$ 369.438,32.


Ajuda aos humanos

A Secretaria de Estado dos Direitos Humanos não pode ser acusada de não colaborar com a família.

Pagou agora em junho R$ 945,00 para um certo Andre Baker Sarney Costa.

Se não for parente dos Sarneys daqui, com certeza deve ser sobrinho do Sarney de lá, do Amapá.

Mingua faturamento na segurança privada

O governo do Estado vinha gastando entre R$ 8 milhões a R$ 10 milhões mensais com empresas de segurança privada.

Surpreendetemente, os recursos minguaram. Agora em junho, a verba ainda não atingiu a casa dos R$ 2 milhões.

A VIP Vigilância foi que a mais faturou neste mês. Levou R$ 894.706,44. A Potencial Segurança, ao contrário, cresceu com R$ 427.398,18 só da Scretaria de Esporte e Juventude.

A sentinela, pasmem os senhores, levou até agora reduzidos R$ 5.697,52 do Viva Cidadão. Antes das águas de março, embolsava até R$ 4 milhões mensais.

O que não se consegue entender é como o governo reduziu a verba para o setor no momento em que “inaugura” mais escolas e hospitais.

ICN cai, mas nem tanto

O Instituto Cidadania e Natureza também teve a verba reduzida agora em junho. Antes, recebia até R$ 13 milhões.

Seu faturamento neste mês foi de R$ 8.491.710,13. E acreditem os senhores, continua administrando os mesmos hospitais. Aí tem alguma mágica, sim, senhor!

O ICN, antes odiado e agora protegido por Ricardo Murad, continua com sua diretoria composta por funcionários do quadro permanente e comissionados da secretaria de Estado de Saúde.

Só mesmo aqui no Maranhão é que funcionários públicos podem negociar com o dinheiro público porque o Ministério Público insiste em não ser público.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

DEM prepara anuncio de intervenção no Maranhão

Agora é pra valer. A Executiva Nacional do DEM decidiu, agora à noite, em Brasília, que vai instaurar um processo de intervenção no Maranhão para evitar o apoio à reeleição de Roseana Sarney.

Além de perder cerca de três minutos do horário eleitoral gratuito de rádio e TV, a atual governadora não terá em seu palanque dois dos deputados federais mais votados do Maranhão, Clóvis Fecury e Nice Lobão.

Os seis deputados que formam a bancada estadual, César Pires, Raimundo Cutrim, Max Barros, Chico Gomes, Tatá Milhomem e Antônio Pereira também estarão de fora da campanha de Roseana.

A comissão que instaurará a intervenção será instalada no diretório regional do DEM maranhense amanhã, a fim de decidir os novos rumos do partido no estado.

Hoje, em pequena reunião, ficou constatado que os democratas irão trabalhar duas possibilidades: apresentar candidatura própria ou se coligar com o PCdoB, de Flávio Dino.

O parlamentar federal do PCdoB maranhense estave hoje, no final da tarde, conversando com alguns dirigentes do DEM nacional e não descartou a hipótese da aliança.

A aliança PCdoB e DEM representaria a união de duas forças jovens no processo sucessório estadual: Flávio Dino e Clóvis Fecury.

Existem aqueles que não acreditam no rompimento do DEM com o grupo Sarney, mas nos últimos tempos o presidente regional da sigla no Maranhão, Clóvis Fecury, tem dado demonstrações claras de independência política, além de pesar o fato do seu partido ter ficado à margem das articulações para a formação da chapa majoritária com o PMDB.

A única preocupação reside na bancada estadual dos democratas que seria obrigada s sair sozinha para a disputa na proporcional, com chances de reeleger apenas três dos seus seis deputados.

Os dois membros da bancada federal, Clóvis Fecury e Nice Lobão não terão dificuldades em coligar na proporcional com candidatos de outros partidos, como o PSB, PCdoB ou PDT e PSDB.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Weverton Rocha se apóia nos programas do Ministério do Trabalho e alavanca candidatura

Weverton RochaWeverton Rocha caiu nas "graças" do ministro Carlos Lupi
Determinado, o ex-secretário de Esporte e Juventude do governo de Jackson Lago, consolida apoio importantes para sua primeira eleição de deputado federal.

Tem “atraído” prefeitos, vereadores, lideranças comunitárias e jovens para seu projeto. Da oposição, parece ter chances reais para se eleger.

Assessor do Ministério do Trabalho, Rocha sensibilizou o ministro Carlos Lupi da realidade do jovem no Maranhão trazendo-o pessoalmente para visitar o Estado.

O resultado, conforme publicação do seu novo site, “foi a assinatura de vários convênios com as prefeituras locais para aplicação de projetos de incentivo à capacitação e educação da juventude”.

Estão em desenvolvimento atualmente o ProJovem Urbano e o ProJovem Trabalhador beneficiando mais de 30 mil jovens, entre 18 e 29 anos, que recebem suporte material e financeiro para se capacitar, conforme a mesma publicação.

Vem daí, do Ministério do Trabalho, do companheiro Carlos Lupi, sua maior injeção de campanha. São recursos nos bolsos dos jovens e da prefeituras a ele aliadas. Nada desprezível. Nada de anormal aos olhos cegos do Ministério Público Eleitoral.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.