Rapidinhas do LC

Corte no orçamento de Vidal

Devoto de Nossa Senhora de Fátima, o empresário Iran Vidal (ex-diretor da Caema, na gestão do governo Luiz Rocha), acendeu hoje uma vela para sua santa de devoção sem esquecer que há dez dias teve que assinar a redução do seu contrato com a Secretaria de Estado das Cidades. Perdeu quase R$ 300 mil.

A Vitral Construção e Incorporação N. S. de Fátima, de propriedade de Vidal teve reduzido um contrato de R$ 12.347.320,95 para R$ 12.022.047,25.

Havia suspeitas de superfaturamento.

TJ contrata empresas de evento por R$ 900 mil

O Tribunal de Justiça do Maranhão optou pelo modernismo ou pelas férias coletivas da sua assessoria de imprensa e dos serviços de cerimonial.

Contratou a Trapiche Eventos para serviços de organização de eventos, serviços correlatos e suporte, a serem realizados no estado do Maranhão, compreendendo o planejamento operacional, organização, execução, acompanhamento e assessoria de comunicação.

O contrato foi assinado no dia 23 de abril ao valor de R$ 900 mil e publicado no Diário Oficial do Estado no dia 6 deste mês.

Antes, porém, no dia 17 de março deste ano, contratou a mesma Trapiche Eventos para serviços de buffet ao valor de R$ 89.995,60. Só para organizar a comilança.

Duro na queda

Há duas semanas, o senador Epitácio Cafeteira esteve, finalmente, em São Luís. E ao comparecer a uma agência do Banco do Brasil, o senador cumprimentava a todos, com um largo sorriso.

Aos amigos mais chegados, que estavam na agência, Cafeteira dizia sempre: “eles estão rezando e pensando que vou morrer. Vou até o último dia do mandato”.

Empresas de amigos de Fernando Sarney operam na AL

Empresas de amigos do empresário Fernando Sarney bamburram no Estado e faturam na Assembléia Legislativa.

A Mafra, por exemplo, ganha os tubos para prestação de serviços gerais. Não que a empresa seja beneficiada propositalmente pelo presidente Marcelo Tavares, mas é que só as empresas dos amigos do dono do sistema Mirante é que ganham as licitações.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por ser maior doador de campanhas eleitorais, Mateus sonegava impostos e ficava impune

Ilson Mateus ao lado de Roseana Sarney

O pequeno comerciante William Ribeiro Nunes foi condenado a quatro anos de reclusão por sonegar ICMS no valor de R$ 5 mil.

Ilson Mateus, empresário dono dos Supermercados Mateus e outros grandes empreendimentos no Maranhão, sonegou R$ 10 milhões de impostos aos fico estadual e nada lhe aconteceu.

Por um motivo simples: foi e continua sendo um dos maiores doadores de campanhas eleitorais, que vão da eleição de Edison Lobão, Roseana Sarney e José Reinaldo Tavares.

Mateus criou fortunas sempre passando ao largo dos impostos estaduais e, dizem, que até federais. Atuava como sonegador desde o início do governo de João Alberto e se firmou na criminalidade na administração de Edison Lobão.

Em contrapartida, bancava alguns mimos para secretários daquela gestão. Gastava recursos com karts para um filho do então secretário de Fazenda, Oswaldo Jacinto e carteados para um ex-governador.

Doador da campanha de José Reinaldo Tavares, o empresário fora descoberto como o maior fraudador e sonegador de ICMS na história do Maranhão.

A comissão formada por auditores fiscais, ao levantar o débito de R$ 10 milhões, queria a prisão de Ilson Mateus. Zé Reinaldo Tavares não concordou. Por razões óbvias, é claro.

Em outras campanhas, o homem forte do setor varejista e atacadista, agora com ramificações em Salvador, Pernanbuco  e Pará, doou recursos para os candidatos do governo e aos da oposição. Estava, portanto, blindado.

Não sei ao certo se a dívida já foi paga, se Mateus pagas as parcelas ou se continua agindo como sonegador. Mas o acordo para o parcelamento do débito ficou tão elástico que ainda sobraria pagamentos para outras gerações do empresário. Assim é mole. 

Dureza apenas para os pequenos comerciantes. Todos deveriam ter o mesmo tratamento. Afinal, sonegar impostos é crime previsto em lei.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

2.400 filhos de garimpeiros receberão certificados

A Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec), e a Associação de Garimpeiros de Serra Pelada (Agasp Brasil) comandarão, neste sábado (15), às 15h, no Salão de Eventos do Multicenter Sebrae (Cohafuma), a solenidade de certificação dos 2.400 filhos de garimpeiros que participaram das aulas de reforço escolar voltadas para a seleção nacional dos cursos de Construção e Montagem promovida pelo Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp).

As aulas do reforço escolar tiveram início em fevereiro deste ano em 10 municípios maranhenses. Segundo o secretário de Estado da Ciência e Tecnologia em exercício, Lauro Assunção, a capacitação é mais uma oportunidade oferecida pelo governo estadual para assegurar aos filhos de garimpeiros melhores condições na disputa a uma vaga nas obras da Refinaria Premium, da Petrobrás.

A execução do reforço escolar ficou a cargo do Instituto Daniel de Touche, que, utilizando a metodologia do Projeto Aula do Futuro, terá condições de atingir um número maior de alunos, com o ensino presencial mediado pela tecnologia tendo a participação de professores especialistas diretamente de estúdios e uma TV interativa por meio de satélite.

Foram formadas 15 turmas voltadas para o reforço do Ensino Fundamental e mais 45 com foco no Ensino Médio, totalizando 60 turmas em todo o estado. As aulas, que aconteceram sempre nos fins de semana, foram ministradas por 120 professores contratados para as disciplinas de português, matemática e raciocínio lógico. Das vagas ofertadas, 600 foram disponibilizadas para as turmas do Ensino Fundamental e 1.800 para as de Ensino Médio.

Com informações da Sectec.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Centro Popular de Cultura é contratado por R$ 2 milhões para treinamentos médicos

CifrãoA Fundação Sousândrade contratou, desde o dia primeiro de fevereiro, o Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento para realizar projetos e treinamento para capacitar médicos, enfermeiras e auxilares de enfermagem, bem como agentes comunitários de saúde, parteiras leigas e integrantes da comunidade como educadores sociais. Valor R$ 2 milhões.

O contrato não especifica o prazo de duração, mas ressalta que faz parte do Projeto de Redução de Mortalidade Infantil no Maranhão.

O acordo, assinado pela presidente da Fundação Sousândrade no Maranhão, Maria do Perpétuo Socorro Ramos Neiva, indicada para o cargo com o aval do senador José Sarney (ela é parente do ex-deputado Wilson Ramos Neiva), não explica em quais atividades o Centro Popular de Cultura pode contribuir para reduzir a taxa de mortalidade infantil.

Abaixo a publicação da resenha do contrato no Diário Oficial do Estado do Maranhão, no dia 7 deste mês.

EXTRATO DE CONTRATO. CONTRATADA: Centro Popular de
Cultura e Desenvolvimento – CPCD. CONTRATANTE: Fundação
Sousândrade. ESPÉCIE: Contrato FSADU Nº 106/2010. OBJETO:
Execução de projeto e treinamento para a capacitação de médicos,
enfermeiras, auxiliares de enfermagem, agentes comunitários de saú-
de, parteiras leigas e integrantes da comunidade como educadores
sociais, para atender ao do Projeto Redução da  Mortalidade Infantil
no Maranhão – Cuidando do Futuro. DOTAÇÃO  ORÇAMENTÁ-
RIA: CT N.º 007/2009/SEDES/FSADU. VALOR: R$ 2.000.000,00.
DATA DE ASSINATURA: 01/02/2010. MARIA DO PERPETOA
SOCORRO RAMOS DE NEIVA – Diretora Presidente

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Rapidinhas do LC

Império de Ricardo Murad começa a ruir

O poder do deputado Ricardo Murad sobre a secretaria de Estado de Saúde do Maranhão começa a esvaziar. Aos poucos, o atual titular da Pasta, Luis Alfredo Guterres, ganha autonomia.

Foi dele a iniciativa própria de desvincular da Central de Controle de Preços e Compras da secretaria de Saúde, as aquisições do Hospital Geral, de onde foi diretor presidente. 

Guterres ganha ganha voo por ser tio e padrinho do atual marido de Rafaela Sarney, filha da governadora Roseana. Rafaela finge, mas não engole o tio Ricardo até hoje.

Ausência e licenças de deputados

O blogue foi o primeiro a denunciar deputados faltosos que percebem salários como se comparecessem às sessões plenárias de cada mês.

O vice presidente da Assembléia Legislativa, deputado Camilo Figueiredo, é um dos mais ausentes, assim como Antônio Pereira, primeiro secretário. Ricardo Murad sequer tem comparecido ao local de trabalho. Ainda assim, todos recebem salários integrais.

Hoje, o deputado Raimundo Cutrim denunciou a expedição de licenças médicas para acobertar as ausências dos faltosos.

E mais: que lhe foi sugerido a apresentação de uma licença para cobrir sua ausência de oito dias em lua de mel do seu mais recente casamento.

E o que fez a Mesa Diretora da AL? Nada. Quer quer Cutrim aponte quais os deputados e as licenças. Ora, a Mesa tem o controle de tudo, assim como permite a impunidade aos faltosos. Tudo em nome do corporativismo.

Esquema do CIAP transferido para a Cruz Vermelha 

Anderson é o nome do cidadão que operava os contratos do CIAP no Maranhão, Oscip acusada de desviar milhões em cinco estados do país.  Em esquema com o secretário Edmundo Gomes, na gestão de Jackson Lago, Anderson usava a estrutura do CIAP para outros institutos.

O dono do CIAP, um paranaense, esteve em São Luís e ao constatar a situação de falência da sua Oscip, demitiu Anderson.

Assim que Ricardo Murad assumiu a Saúde, Anderson foi operar na Cruz Vermelha local, colocando o nome de sua genitora no negócio, que teve participação discreta de uma das irmãs de Murad.

Hoje, a Cruz Vermelha é quem mais fatura com o gerenciamento de diversos hospitais espalhados por São Luís e pelo interior do estado. Extrapolou das suas funções. Amanhã detalharei tudo.

AL nos ares

A Assembléia Legislativa do Maranhão prepara o seu portal da transparência. Uma decisão correta e, portanto, transparente.

Como a AL contratou a Hering Táxi Aéreo por mais de R$ 800 mil, durante um ano, tem deputado de olho para saber quanto a empresa faturou até agora.

O contrato passou a vigorar a partir do final de abril. Mas adianto que a Hering não levou nada até agora. Pelo acordo, só receberá pelas horas de voos executados. Ainda nem decolou.

Ainda assim, tem deputado querendo saber a quem servirão os jatinhos da empresa, ainda mais agora que se aproxima o corre corre eleitoral.    

Sarney e Castelo

Em vida, o senador Alexandre Costa costumava dizer a amigos que José Sarney foi o melhor governador que o Maranhão teve em toda sua história.

E justificava que isso só foi possível porque os filhos de Sarney ainda eram crianças. Agora, tem que relembre que João Castelo também foi um dos melhores governadores do estado. 31 anos depois, ainda não conseguiu deslanchar na prefeitura da capital.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mateus sonegou R$ 10 milhões em ICMS e nunca foi condenado

Por sonegação ao Fisco Estadual, o comerciante William Ribeiro Nunes foi condenado, ontem, a quatro anos de prisão, além de multas pesadas; valor do ICMS não recolhido: R$ 5.868,28.

Ilson Mateus RodriguesIlson Mateus devia R$ 10 milhões para o Fisco Estadual.

Existem largas e injustas diferenças entre o pequeno comerciante William Ribeiro Nunes e o grande empresário do setor supermercadista, Ilson Mateus Rodrigues, dono dos Supermercados Mateus e outros grandes agronegócios.

No início do governo de José Reinaldo Tavares, em 2002, Mateus, ex-caminhoneiro  e ex-balconista de armazéns de secos e molhados, já se destacava como um grande empreendedor na região Sul do Maranhão. William Nunes nem imagina ser comerciante.

A Secretaria de Fazenda, um ano depois, descobriu que o dono do Mateus era o maior devedor e fraudador do ICMS no Maranhão. Valor do débito: R$ 10 milhões.

O governo do Estado criou uma comissão para investigar as fraudes e a sonegação ao Fisco Estadual. A comissão, formada por auditores fiscais, pediu ao governo que solicitasse a prisão de Mateus.

Protegido por uns e acobertados por outros, Mateus passou um bom tempo intocável. Até que decidiu negociar o débito por um longo prazo. Não se sabe até hoje se o acerto vem sendo honrado. No dia da inauguração do MIX Mateus, na Jordoa, lá estava José Reinaldo Tavares cortando a fita com o sonegador.

No Caso de William Ribeiro Nunes, a quem nem conheço, pediu um prazo de cinco anos para pagar o débito. Não lhe foi concedido. Teria de quitar em menor espaço de tempo.

Como não cumpriu, foi condenado. O relator do processo, desembargador José Luiz Almeida, deu provimento parcial ao recurso do denunciado, no qual pedia sua absolvição. O magistrado redimensionou a pena de 300 dias-multa e também modificou o regime de fechado para semi-aberto e manteve os quatro anos, conforme sentença da 10ª Vara Criminal de São Luís.

Quem deixou de pagar os tributos da ordem de R$ 5 mil ou de R$ 10 milhões é sonegador. Pouco importa o valor. Mas como são largas as diferenças entre Mateus e William, apenas um vai para a cadeia.

E fica comprovado que só vai para a cadeia ladrão de galinha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Edmundo Gomes fez contratos milionários com o CIAP, empresa que desviou R$ 300 milhões

Ex-secretário de Saúde do EstadoEx-secretário de Saúde do Estado

O CIAP (Centro de Integração de Apoio Profissional) uma Oscip com sede no Paraná, envolvida em desvio de recursos federais, atuou no Maranhão por vários anos.

Foi trazida para fazer parceria com a secretaria de Saúde do Município de São Luís, na gestão do médico Edmundo Gomes. E conseguiu novo contrato quando Gomes dirigiu a Saúde estadual, no governo de Jackson Lago.

O blogue está levantando quando o CIAP faturou nos dois períodos.

Acusado de desviar cerca de R$ 300 milhões em cinco estados, entre eles o Maranhão, o CIAP fazia parceria com o poder público e teria dado propinas fabulosas para alguns gestores do setor de saúde. A PF trabalha com essa linha de investigação.

O contratro com o CIAP foi rescindido quando Ricardo Murad assimu a Saúde estadual. Murad, porém, estimulou a criação de outras Oscips, como a Bem Viver, da região Tocantina, com ligações com o deputado Antônio Pereira, a Ama Vida, além de injetar recursos excessivos nos cofres da Cruz Vermelha local e ICN.
Leitor do blogue informa que os valores dos contratos com outras Oscip`s  são para  custear todas as despesas das unidades de saúde.

E mais: sugere que os valores podem parecer altos, mas são meramente custos operacionais. Esqueceu de informar que recursos são repassados pela secretaria de Saúde para os hospitais, além dos canalizados pelas Oscip, conforme publicações no Diário Oficial do Estado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Gardênia Castelo diz que Roseana discrimina a cidade de São Luís

Deputada Gardenia CasteloDeputada Gardenia Castelo

A deputada Gardênia Castelo (PSDB) afirmou, na sessão de ontem, que a governadora Roseana Sarney (PMDB) discrimina a cidade ao não realizar obras em São Luís, apesar de o município ser carente em infra-estrutura e caminhar para completar 400 anos de fundação.

De acordo com a parlamentar a falta de esgotamento sanitário “é um problema crônico” e o pior de todos os problemas é a falta de água, mas nada seria feito pelo Governo do Estado, através da Caema, para ampliar o sistema de abastecimento do Italuís.

Gardênia Castelo disse que o projeto foi concebido para abastecer a cidade durante 20 anos, mas da estação de tratamento e captação deveria ter sido puxado, logo em seguida, o segundo cano para que a cidade não vivesse hoje o drama que vive. Nesses anos, segundo a deputada, o que a Caema arrecadou em São Luís já pagou várias vezes o projeto e ainda teria colocado água em toda a cidade, “mas é lamentável que durante esses anos todos o que o Italuís arrecadou foi usado não na cidade de São Luís, mas no Maranhão todo”.

Gardênia afirmou que o prefeito João Castelo (PSDB) tem enfrentado problemas antigos como o da feira da Cohab, que estava abandonada e precisou ser reformada e entregue recentemente à população. Citou também o caso da Avenida Santos Dumont “abandonada há alguns anos com esgotos escorrendo, sem a Caema dar a mínima atenção, como não dá para a cidade inteira”.

Na avaliação da parlamentar “a Caema é o pior adversário da cidade de São Luís, porque, além dela não fazer o esgoto e não tratar o esgoto, abre buraco onde o asfalto é bom, não se sabe se isso é por incompetência ou é por má fé”.

Sobraram críticas também para a governadora Roseana Sarney por deixar de investir nos municípios através dos prefeitos eleitos. “Precisamos de um governo democrático, de um governo que tenha a clareza de que o prefeito é o gestor mais credenciado para fazer realmente as grandes transformações que a cidade precisa e aí eu parabenizo o presidente Lula porque ele vem no Brasil inteiro tendo esse gesto, respeitando os prefeitos, fazendo convênios com todos os municípios”, afirmou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Rapidinhas do LC

Piando no ninho de origem

O deputado federal Pinto da Itamaraty, ao que parece, trocou o reggae pelo rebolation. Faz a festa pedindo votos para a maior inimiga do ninho tucano, Roseana Sarney.

Pinto pia que chia (tem problemas nas cordais vocais) para ajudar na reeleição da governadora. Em compensação, suas radiolas estão faturando nas festas culturais do governo. E contra rocha, as pedras vão rolar.

Pobre do nosso artesanato

O Maranhão já foi celeiro de exportação do nosso artesanato. Nem as peças típicas da Raposa rendem tanto. Nos últimos meses, o governo estadual tem bancado a Cooperativa Mista dos Artesões de Teresina.

Basta olhar as publicações do Diário Oficial dos meses de março e abril. A última ajuda foi de R$ 286.215,00

Imitando Sarney

As inserções do PT nacional sobre as drogas mostrou, mais uma vez, o grau de intimidade da candidata Dilma Rousseff com o senador José Sarney.

A ex-ministra fechou sua participação convocando os “brasileiros e brasileiras” a formar uma cruzada contra as drogas.  Só faltou o bigode para a imitação parecer real.

Prisão no Maranhão

A PF confirmou agora há pouco que haverá  prisão de uma pessoa do Maranhão envolvida com desvio de recursos para os Oscip`s (institutos que cuidam de hospitais, treinamento de mão de obra qualificada, assistência social e outra picaretagens).

São 15 mandatos de prisão em cinco estados, mas até agora somente 12 concretizadas. Tem gente que já tirou pra fora do estado. Um graúdo se refugiou no Lozeiro Hotéis.

Os números de Sérgio Macêdo

O Governo do Estado anunciou ontem investimentos de R$ 100 bilhões nos próximos seis anos no Maranhão. Parece piada.

Tem veiculado nas propagandas oficiais que beneficiou mais de 500 mil famílias com o “Viva Luz”. Trocando em miúdos, mais de 2 milhões de pessoas contempladas. Vivíamos na escuridão, na época da pedra lascada. Salve Roseana!

Alguém liga para dizer que são os números do Sérgio Macêdo. E lembra que foi ele o responsável pela coletiva para o então governador José Reinaldo Tavares anunciar a geração de 2 milhões de empregos em dois anos. Arre éguas!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Desvio de recursos da saúde por Oscip pode render prisões no Maranhão

ALGEMASNo Maranhão, três Oscip (ICN, Cruz Vermelha local e Bem Viver) faturaram R$ 37 milhões nos três primeiros meses de 2010. As negociações foram comandadas por Ricardo Murad.

Alguns dirigentes de Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) no Maranhão estão sendo investigados pela Polícia Federal no Maranhão.

Prisões de envolvidos, a busca a apreensão de documentos estão sendo feitas desde hoje cedo por agentes federais em cinco estados; entre eles o Maranhão. Na operação, a PF conta com o apoio da Controladoria Geral da União, a Receita Federal e o Ministério Público.

14 envolvidos no desvio de recursos devem ter a prisão efetuada por todo o dia de hoje. A PF não informou quantas pessoas no Maranhão irão presas, mas não descarta a participação de secretários de Saúde na operação criminosa. 11 já estão atrás das grades.

A operação não se limita apenas ao setor de Saúde. Abrange ainda a Educação, a profissionalização e a assistência social. As Oscip são de iniciativa privada e não podem ter fins lucrativos, mas a PF descobriu que estão raspando os recursos oritundos de parcerias com o poder público.

De um total de R$ 1 bilhão, de 2005 a 2010, R$ 300 milhões foram desviados.

No Maranhão, existem uma série de Oscip atuando em parceria que vem desde o governo José Reinaldo Tavares, passando por Jackson Lago e aumentando os contratos de forma assustadora agora no governo de Roseana Sarney.

Na área de Saúde, três Oscip se destacam: Cruz Vermelha local, Bem Viver (de Imperatriz, ligada ao deputado Antônio Pereira), criada agora na gestão de Ricardo Murad, e o ICN- Instituto Cidadania e Natureza.

O ICN foi alvo de duras críticas e denúncias pelo deputado Ricardo Murad na gestão de Jackson Lago. Fora acusado de doar propinas para gestores de saúde daquela administração.

Assim que assumiu a Saúde, estranhamente Ricardo Murad elevou os contratos dos ICN, triplicando até os valores repassados.

Só de janeiro a março deste ano, as três Oscip faturaram R$ 37.720.091,83. O ICN levou sozinho em 90 dias R$ 23.510.186,93.

Abaixo a relação dos valores recebidos pelas três principais Oscip em 2010, conforme publicação do Portal da Transparência do Governo do Estado do Maranhão e as unidades de saúde de que são responsáveis.

Janeiro 
BEM VIVER ASSOCIACAO TOCANTINA P/O DEV.SAUDE1.500.000,00

.

Fevereiro 
ICN INSTITUTO CIDADANIA E NATUREZA11.222.269,56
 FES-CENTRO DE SAUDE DA CIDADE OPERARIA652.205,94
FES-CENTRO DE SAUDE DO VINHAIS454.000,00
FES/HOSPITAL DR ADELSON DE SOUSA LOPES774.650,16
FES-HOSPITAL JOSE MURAD300.000,00
FES-HOSPITAL PRESIDENTE VARGAS977.287,20
FES-HOSPITAL REGIONAL ADELIA MATOS FONSECA412.500,00
FES-HOSPITAL TARQUINIO LOPES FILHO2.800.000,00
FES-MATERNIDADE BENEDITO LEITE1.475.000,00
FES-UNIDADE CENTRAL3.376.626,26
 CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHAO4.024.077,21

.

Março 
BEM VIVER ASSOCIACAO TOCANTINA P/O DEV.SAUDE2.778.299,44
 CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHAO6.888.506,05
FES-CENTRO SAUDE GENESIO REGO-VILA PALMEIRA473.808,70
FES-HOSPITAL INFANTIL DR. JUVENCIO MATOS1.548.183,43
FES-HOSPITAL NINA RODRIGUES463.616,11
FES-UNIDADE CENTRAL1.200.179,50
SECRETARIA DE ESTADO DA SAUDE2.597.318,31
SECRETARIA DO TRABALHO E ECONOMIA SOLIDARIA605.400,00
ICN INSTITUTO CIDADANIA E NATUREZA12.288.916,57
FES-CENTRO DE SAUDE DA CIDADE OPERARIA444.855,59
FES-CENTRO DE SAUDE DO VINHAIS799.634,60
FES/HOSPITAL DR ADELSON DE SOUSA LOPES591.549,00
FES-HOSPITAL JOSE MURAD548.046,30
FES-HOSPITAL PRESIDENTE VARGAS1.601.161,55
FES-HOSPITAL REGIONAL ADELIA MATOS FONSECA412.500,00
FES-HOSPITAL TARQUINIO LOPES FILHO2.604.051,81
FES-MATERNIDADE BENEDITO LEITE1.119.469,00
FES-UNIDADE CENTRAL4.167.648,72

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.