Em vitória de Dino, deputados aprovam reforma relâmpago da Previdência estadual

Por Atual7

Medida enviada ontem foi aprovada na íntegra sem qualquer discussão com o Parlamento, a sociedade e entidades representativas

Em nova confirmação do absolutismo do governador Flávio Dino (PCdoB), deputados estaduais aliados ao Palácio dos Leões, maioria esmagadora na Assembleia Legislativa do Maranhão, aprovaram a reforma relâmpago da Previdência estadual, que aumenta alíquotas de contribuição dos servidores, patronal e dos aposentados.

O texto, que vai à sanção governamental, foi encaminhado nessa terça-feira 19 pelo Executivo, sob tramitação de urgência, e só não foi votado no mesmo dia por articulação da oposição, que pediu vistas do projeto, adiando a apreciação por 24 horas.

Sem qualquer discussão com o Parlamento, a sociedade e entidades representativas dos servidores públicos, a proposta de Dino foi aprovada na íntegra, com rejeição a todas emendas apresentadas pelo líder da oposição, Adriano Sarney (PV) —que votou contra, juntamente com o deputado Zé Inácio (PT).

Os oposicionistas César Pires (PV) e Wellington do Curso (PSDB), que conseguiram fazer com que os servidores, pelo menos, não fossem surpreendidos com o aumento da contribuição no contra-cheque como queria o governo, e que votariam contra o projeto, não participaram da sessão por estarem em viagem já agendada para reunião da Unale (União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais).

Dentre as mudanças inseridas na reforma da gestão comunista, a alíquota descontada no salário dos servidores para o pagamento da Previdência deve subir de 11% para a partir de 14%, podendo chegar até 22%.

O governador do Maranhão pretende, ainda, aumentar da alíquota da contribuição patrona para o Fepa (Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria), que é hoje é de 15%, mas que, com a reforma, será de a partir da mesma alíquota, mas podendo chegar até 44% do salário-contribuição dos servidores ativos, dos aposentados e dos pensionistas.

Além disso, Flávio Dino também quer o aumento na contribuição previdenciária dos aposentados. Atualmente, o limite estabelecido é no valor de até metade do teto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Caso aprovada a reforma da gestão comunista, só irá contribuir quem ganha o teto, que é a partir de R$ 5,8 mil.

Durante a tramitação da PEC da Previdência no Congresso, pelo Twitter, Dino fez diversas críticas à forma como os trabalhos estavam sendo conduzidos pelo governo Bolsonaro. Segundo alegava na rede social, somente “o diálogo ponderado” poderia “resultar em um projeto equilibrado”. Ao fazer a própria reforma da Previdência, fora do mundo virtual, porém, a realidade adotada pelo comunista foi outra.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por governo, servidores seriam surpreendidos com aumento da contribuição no contra-cheque

Por Atual7

Projeto enviado por Flávio Dino para Assembleia Legislativa busca aumentar alíquotas de contribuição dos servidores, patronal e dos aposentados. Aliados queriam votar no mesmo dia, mas oposição conseguiu adiar

Uma rápida articulação da oposição na Assembleia Legislativa do Maranhão conseguiu adiar, por pelo menos 24 horas, projeto de reforma da Previdência estadual que aumenta alíquotas de contribuição dos servidores, patronal e dos aposentados.

O texto foi encaminhado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) nessa terça-feira 19, e seria votado no mesmo dia, em regime de urgência, sem qualquer discussão com os deputados, a sociedade e entidades representativas.

Não fosse o pedido de vistas do deputado César Pires (PV), que adiou a votação para a sessão desta quarta-feira 20, a proposta teria sido aprovada de forma relâmpago, com os servidores sendo surpreendidos com o aumento da contribuição no contra-cheque. “Flávio Dino é um tirano que se compara a Stalin. Impõe ao parlamento a votação em regime de urgência de uma reforma previdenciária que vai mexer com os direitos adquiridos dos servidores estaduais sem possibilitar que haja qualquer discussão. Tanto criticou no âmbito federal, mas aqui age muito pior que o governo Bolsonaro, pois a reforma da Previdência deles foi amplamente discutida em audiências públicas, nos estados, e até alterada”, declarou o parlamentar.

Segundo a mensagem encaminhada pelo Flávio Dino à Alema, haverá um aumento na alíquota de contribuição dos servidores, que passa de 11% para a partir de 14%, podendo chegar até 22%, o que deve provocar impacto imediato na arrecadação para a Previdência do Estado.

O governador do Maranhão pretende, ainda, aumentar da alíquota da contribuição patrona para o Fepa (Fundo Estadual de Pensão e Aposentadoria), que é hoje é de 15%, mas que, com a reforma, será de a partir da mesma alíquota, mas podendo chegar até 44% do salário-contribuição dos servidores ativos, dos aposentados e dos pensionistas.

Além disso, Flávio Dino também quer o aumento na contribuição previdenciária dos aposentados. Atualmente, o limite estabelecido é no valor de até metade do teto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Caso aprovada a reforma da gestão comunista, só irá contribuir quem ganha o teto, que é a partir de R$ 5,8 mil.

Durante a tramitação da PEC da Previdência no Congresso, pelo Twitter, Dino fez diversas críticas à forma como os trabalhos estavam sendo conduzidos pelo governo Bolsonaro. Segundo alegava na rede social, somente “o diálogo ponderado” poderia “resultar em um projeto equilibrado”. Ao fazer a própria reforma da Previdência, fora do mundo virtual, porém, a realidade adotada pelo comunista foi outra.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Homem tenta roubar moto de mulher e é baleado na Cohab, em São Luís

Na manhã desta quarta-feira (20), um homem tentou roubar a moto de uma mulher na Cohab, nas proximidades do posto Itapiracó. Ainda de acordo com informações, um policial à paisana que presenciou a ação reagiu para impedir o assalto, e alvejou o elemento.

Uma equipe de socorristas já está no local para encaminhar o homem até o hospital.

Aguardem mais informações…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

César Pires questiona Projeto de Lei do Executivo sobre mudanças na Previdência dos servidores

O governo Flávio Dino surpreendeu a Assembleia Legislativa e a população maranhense ao apresentar, na sessão desta terça-feira (19), o Projeto de Lei de Complementar (PLC) 014/2019, que promove mudanças na Previdência dos servidores estaduais do Maranhão. A matéria tramita em regime de urgência e só não foi votada no mesmo dia em que foi publicada porque o deputado César Pires, como membro da Comissão de Constituição e Justiça da Casa, pediu vistas do projeto e adiou a votação para esta quarta-feira (20).

“Flávio Dino é um tirano que se compara a Stalin. Impõe ao parlamento a votação em regime de urgência de uma reforma previdenciária que vai mexer com os direitos adquiridos dos servidores estaduais sem possibilitar que haja qualquer discussão. Tanto criticou no âmbito federal, mas aqui age muito pior que o governo Bolsonaro, pois a reforma da Previdência deles foi discutida amplamente em audiências públicas, nos estados, e até alterada”, declarou César Pires.

O deputado leu trechos do PLC 014 e questionou aos demais parlamentares se eles saberiam traduzir o texto encaminhado pelo Executivo. “Diz que fica revogado o artigo 56 da Lei Complementar nº 73, de 04 de fevereiro 2004. Quem sabe o que é isso. O inciso I, do artigo 58, da Lei Complementar nº 73, de 04 de fevereiro de 2004, passa a vigorar com a seguinte redação… Nenhum de nós sabe o que isso representará para os servidores estaduais!”, exemplificou ele.

Em uma rápida análise do projeto, César Pires identificou que a contribuição previdenciária dos servidores estaduais aumentará de 11% para até 19%, dependendo da faixa salarial. “O governador não vê esta Casa como um parlamento, só enxerga aqui súditos do seu império. É difícil aceitar tanta tirania. Por que votar no afogadilho e não haver uma discussão com os deputados? É porque têm vergonha de amanhã a galeria estar cheia e terem de dizer aos servidores que eles serão ainda mais penalizados”, enfatizou.

César Pires concluiu seu pronunciamento conclamando os servidores estaduais a se manifestarem sobre a reforma da Previdência estadual e a forma ditatorial com que o governo Flávio Dino está tratando a questão, por ter ampla maioria para aprovar o projeto na Assembleia. “Não aceitem que seus direitos sejam retirados sem que haja a menor discussão no parlamento. Sozinha, a oposição muito pouco pode fazer”, disse ele.

O PLC 014 será votado na sessão desta quarta-feira (20), no plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão, a partir das 9h30. E são necessários 22 votos favoráveis para ser aprovado. Dos 42 deputados estaduais, 39 são da base governista.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Feirão Limpa Nome dobra o número de acordos e quebra recorde da última edição

Com apenas duas semanas de duração e um evento físico na cidade de São Paulo, a empresa já alcançou mais de 1 milhão negociações feitas, cerca de 259% a mais do que todo feirão realizado em março de 2019.


 Final de ano se aproximando e o brasileiro já começa a se programar e decidir o que fará com seu décimo terceiro salário ou saque do FGTS. Celular novo? Presente de natal? Uma viagem dos sonhos? Se depender do Serasa Consumidor, startup e braço da Serasa Experian, a população está mesmo focada em quitar suas dívidas.

Feirão Serasa Limpa Nome, que começou no último dia 04 de novembro, é a maior prova que os consumidores querem começar o ano com suas contas no azul. Até o momento, mais de 1 milhão de acordos foram feitos através da plataforma com descontos que podem chegar até 98% no abatimento da dívida. Vale lembrar que no último Feirão Serasa Limpa Nome, que aconteceu em março de 2019, a empresa registrou 441 mil acordos, ou seja, a edição atual já superou em 259% e ainda faltam 13 dias para seu encerramento. O Feirão Serasa Limpa Nome vai até o próximo dia 01 de dezembro.

Por falar em descontos, mais de 2 bilhões de reais já foram poupados no bolso do consumidor, indicando que as empresas parceiras da plataforma também estão abertas e querendo uma boa negociação para ambos os lados. As empresas parceiras são: Santander, Itaú, Recovery, Ativos, Net, Claro, Embatel, Anhaguera, Credsystem, Ipanema, Unopar, Sky, Nextel, Banco BMG, Digio, Hoepers, Porto Seguro, Tricard, Oi, Zema, Unic, Fama, Pitágoras, Uniderp, Unime. Todas elas com oportunidades exclusivas, prazos de pagamentos diferenciados.

Além desses números, o Feirão Serasa Limpa Nome também comprova seu sucesso por outros indicadores:

  • Mais de 22 mil consumidores atendidos na tenda montada no Largo da Batata em São Paulo em uma semana;
  • Mais de 26 milhões de acessos no site do Serasa Consumidor em duas semanas;
  • Aumento de 40% de downloads do aplicativo do Serasa Consumidor.
  • Mais de 130 mil negociações via app;

Segundo Lucas Lopes, gerente do Serasa Limpa Nome, os números das duas primeiras semanas comprovam a evolução do Feirão Limpa Nome e o interesse do consumidor em negociar suas dívidas. Até o final do Feirão esperamos dobrar o número atual de acordos, e ajudar ainda mais brasileiros a terminarem o ano no azul. Melhoramos a experiência presencial e online, incluímos mais parceiros e ofertas, e melhoramos o percentual de desconto médio oferecido. Todos os feedbacks que recebemos foram devidamente ouvidos e ajustados este evento, fazendo dele, em apenas duas semanas, a maior edição de todos os tempos”, afirma Lopes.

 

Para os consumidores que não possuem acesso à internet as agências da Serasa localizadas nas cidades de Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Campo Grande, Salvador, Fortaleza, São Luís, Goiânia, Manaus, Bauru, João Pessoa, Porto Velho, Natal, Cuiabá, Recife, Londrina, São José do Rio Preto, Belém, Florianópolis e Vitória, estarão preparadas para receber consumidores e auxiliar nas negociações dentro do Serasa Limpa Nome.

 

Mapa da inadimplência   

Segundo estudo desenvolvido pela Serasa Experian, em setembro de 2019, o número de consumidores inadimplentes no país chegou a 63.2 milhões, 3.7% a mais do que em setembro de 2018, quando eram 60,9 milhões. O montante alcançado pelas dívidas até setembro de 2019 foi de R$ 252 bilhões, com o valor médio de R$ 3.997,00.

A maior concentração dos negativados tem entre 26 e 40 anos (38,3% do total). Em segundo no ranking de participação entre os inadimplentes estão pessoas de 41 e 60 anos, que correspondem por 34,5% do total.

Questões de gênero, a inadimplência está dividida praticamente por igual: 47,7% são homens, e 47,2% são mulheres. A maioria das dívidas foi contraída junto aos setores bancários e de cartão de crédito, totalizando 28% do total. O setor de utilities (contas básicas como energia elétrica, água e gás) respondeu por 19% do total de débitos em atraso. O setor de telefonia alcançou 11% do montante. Já o setor de varejo respondeu por 12,7% da inadimplência.

Inadimplência por região           

O estudo também mostra que, em setembro de 2019, a região com maior percentual de inadimplentes do país era a Sudeste, com 45,2% do total, seguida pela região Nordeste, com 24,7%. O Sul ficou em terceiro, com 12,9% dos negativados. A região Norte registrou 9,2%, seguido da região Centro-Oeste, com 8,1%.

FEIRÃO SERASA LIMPA NOME          
           
AGENDA
 – Feirão Limpa Nome Online
Data: 04 de novembro a 01 de dezembro.
Endereço: No site do Serasa Limpa Nome e aplicativo do Serasa Consumidor.

Serasa Consumidor        
           

Desde 2012, o Serasa Consumidor é o braço da Serasa Experian e responsável por estreitar o relacionamento entre a empresa e o consumidor.
Em 2017 passou por uma reformulação, se tornou startup e recebeu o propósito de lançar diversos serviços digitais voltados para melhoria da saúde financeira do consumidor, como: Serasa Score, Serasa eCred, Serasa Antifraude, Serasa Ensina e Novo Serasa Limpa Nome. A intenção de ter todos esses produtos, é estar presente em toda a jornada financeira das pessoas, descomplicando o acesso ao conhecimento e democratizando o crédito para os brasileiros de uma forma rápida, prática e justa.         

Serasa Experian   

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 6 milhões de consultas por dia, auxiliando 500 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio.

Constantemente orientada para soluções inovadoras, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Bolsonaro já assinou a desfiliação do PSL e quer ser presidente do novo partido

O presidente da República, Jair Bolsonaro já assinou a desfiliação do PSL e informou que pretende ser o dirigente maior do Aliança pelo Brasil, sua futura sigla, que ele pretende esteja funcionando a partir de março.

.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

MP aciona envolvidos em licitação irregular para fornecimento de combustíveis em Paço do Lumiar

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, em 31 de outubro, Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra dez envolvidos em um pregão presencial irregular, realizado em janeiro de 2017, pelo Município de Paço do Lumiar, para fornecimento de combustíveis para quatro secretarias. O pregão presencial nº 003/2017 resultou em contratos entre a empresa Rolim & Rolim Ltda-ME e as secretarias municipais de Administração e Finanças (Semaf), Desenvolvimento Social (Semdes), Saúde (Semus) e Educação (Semed). O valor total dos contratos foi R$ 3.128.990,00.

Formulou a ACP a promotora Gabriela Brandão da Costa Tavernard.

A lista de acionados inclui o prefeito Domingos Dutra, os ex-titulares da Semaf (Nubia Dutra), Semed (Fábio Pereira Campos), Semdes (Nauber Meneses) e Semus (Raimundo Nonato Cutrim e Elizeu Costa).

Também são citados o ex-pregoeiro do Município, Márcio Gheysan Souza, a ex-servidora comissionada Ana Cláudia Belfort, a empresa Rolim & Rolim Ltda – ME e o empresário Welker Rolim.

ASSESSORIA TÉCNICA

Uma análise feita pela Assessoria Técnica do MPMA verificou diversas inconsistências no procedimento licitatório.

O termo de referência não inclui estudo técnico sobre as quantidades necessárias, sem discriminação, consumo médio e quilometragem média percorrida.

Além disso, o documento está no nome da servidora Sâmila Siqueira mas quem assinou foi Ana Cláudia Belfort. O termo, datado de 9 de janeiro de 2017, também não foi elaborado por nenhuma das duas, e a assinatura ocorreu em data posterior.

O edital foi assinado pelo ex-pregoeiro do Município, mesmo não sendo legalmente autorizado. O documento continha qualificações técnicas de outros itens, como medicamentos e itens de uso hospitalar. Mesmo assim, isto não foi questionado pela empresa vencedora do pregão.

Outra irregularidade foi a falta de designação, no edital, de representante da administração municipal responsável pela fiscalização da execução do contrato. Entretanto, no decorrer da execução, seis servidores foram indicados para tal função, mas ninguém chegou a exercê-la efetivamente. Somente atestavam as notas fiscais.

Faltou, ainda, a justificativa para a contratação da empresa.Alguns anexos deveriam ter sido fornecidos via website (como indicado no edital), mas o link destes documentos nunca foi fornecido.

SUPERFATURAMENTO

Uma inconsistência é o fato de que, apesar de ter sido elaborado em 9 janeiro de 2017, o termo de referência contém preços informados em 13 de janeiro daquele ano. Também não há comprovante de recebimento de solicitações de cotações de preços, feitas em 11 de janeiro.

Um ano após a licitação, em janeiro de 2018, uma comparação entre os preços estimados no pregão e contratados demonstrou superfaturamento e danos ao erário municipal. “Os dados da Agência Nacional do Petróleo sobre preços de combustíveis no mercado em janeiro de 2017 também são inferiores aos contratados pelo Município”, afirma a promotora de justiça.

Para o MPMA, isso ocorreu porque a estimativa de preços foi baseada em uma suposta cotação de preços, demonstrando que a prefeitura não buscou contratar preços vantajosos.

O fato também resultou em denúncia sobre fraudes em preços à Ouvidoria do MPMA, relatando que, enquanto consumidores pagavam entre R$ 3,54 e R$ 3,79 pelos combustíveis, o Município de Paço do Lumiar pagou R$ 3,82.

PEDIDOS

O MPMA pede a condenação dos acionados por improbidade administrativa, o que implica em punições como perda da função pública; ressarcimento integral do dano; suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco a oito anos e pagamento de multa civil até o dobro do dano.As penalidades incluem, ainda, a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Escutec: Jota Pinto lidera disputa pela Prefeitura de São José de Ribamar

Glaucio Ericeira

Pesquisa mostrou que pré-candidato do Patriotas vence em todos os cenários divulgados. Atual prefeito, Eudes Sampaio possui desaprovação de quase 70% dos ribamarenses.

Faltando menos de um ano para as eleições municipais, algumas cidades importantes do Maranhão já apresentam um diagnóstico mais detalhado e que mostra favoritos e rejeitados.

É o caso de São José de Ribamar, terceiro maior município do estado em número de habitantes e que caminha para quebrar uma hegemonia feudal estabelecida desde 2005.

Pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto Escutec, cujos números foram obtidos pelo editor do Blog, revela que o ex-deputado Jota Pinto (Patriotas) lidera, com folga, a disputa pela Prefeitura da cidade do Santo Padroeiro.

Três cenários estimulados foram apresentados e, em todos, Jota vence a eleição. Os cenários não levaram em consideração o nome do ex-prefeito Júlio Matos, uma vez que o mesmo deverá não concorrer devido ao fato de ainda estar inelegível.

No primeiro cenário, no qual Jota Pinto disputa com o atual prefeito Eudes Sampaio (PTB), o ex-deputado obteve 36,1% da preferência do eleitorado ribamarense.

Sampaio cravou 21,2%. Nenhum deles 26,8% e não souberam ou não responderam 15,9%.

No segundo cenário, no qual Jota disputa com Eudes e o vereador Nonato Lima (PDT), o resultado foi o seguinte: o pré-candidato do Patriotas obteve 31% das intenções de voto. Lima 16,4% e o atual prefeito 16%. Nenhum deles 22,5% e 14,1% não souberam ou não responderam.

No terceiro cenário, no qual foram inseridos mais dois nomes de pré-candidatos, Jota cravou 26,1% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece o atual presidente da Câmara Municipal, vereador Beto das Vilas (PV), com 18,5%. Eudes Sampaio marcou 13,1%; seguido por Nonato Lima (9,2%); e pelo advogado Edson Júnior (MDB), que marcou 3,6%. Nenhum deles 15,7% e não souberam ou não responderam 13,8%.

Rejeitado – O levantamento também mensurou o nível de satisfação do eleitor de São José de Ribamar para com a gestão de Eudes Sampaio.

67,4% dos entrevistados afirmaram desaprovar o governo do cearense, que assumiu o comando do município, este ano, após o economista Luis Fernando Silva renunciar ao cargo pela segunda vez – devido a uma pressão popular jamais registrada na cidade – para se abrigar no governo Flávio Dino (PC do B).

24,2% disseram aprovar a gestão e 8,4% não souberam ou não responderam.

A desaprovação avassaladora de Sampaio deixa cristalino que ele e Luis Fernando, seu principal aliado, caminham, a passos largos, para sofrer uma derrota fragorosa.

A pesquisa Escutec foi realizada no período compreendido entre os dias 13 a 17 de outubro. Entrevistou 801 ribamarenses, de várias regiões do município, e tem margem de erro de 3,45%, para mais ou para menos.

Abaixo, veja os gráficos:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Na região da baixada, PL de Josimar Maranhãozinho realiza mais um grande evento político.

O município de Santa Helena, na baixada maranhense foi palco de um encontro histórico na manhã do último sábado(16). O PL (Partido Liberal), presidido pelo deputado federal Josimar Maranhãozinho e que tem a frente do PL Mulher a deputada estadual Detinha, realizou um encontro que confirmou o nome do empresário Jurandi Mendonca como pré-candidato a prefeito pela legenda, também esteve presente o deputado estadual Hélio Soares.

O ato reuniu uma multidão que veio apoiar e ouvir o projeto político do partido, nas palavras do seu presidente Josimar Maranhãozinho.

“O PL tem mostrado a sua força em todo o estado, as nossas administrações são éticas e de grande alcance social, estamos prontos para fazer com que Santa Helena ganhe mais progresso e desenvolvimento. Confiamos na capacidade do nosso pré-candidato Jurandi, sabemos do seu compromisso com o município.”

O encontro mais uma vez consolidou a força do partido e o seu crescimento em todas as regiões do Maranhão. prefeitos de diversas cidades, vereadores, lideranças políticas e muitos correligionários vieram declarar o seu apoio ao PL, o partido que mais cresce no Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeito Edivaldo avança com obras na região Cohab Anil e Alemanha e moradores apontam melhorias com nova pavimentação

Por meio do programa São Luís em Obras, prefeito Edivaldo garante mais mobilidade, segurança viária e qualidade de vida  para população da capital

O programa São Luís em Obras tem impactado positivamente na vida de moradores de bairros que recebem serviços de pavimentação. Na área da Alemanha e na região da Cohab Anil III, os trabalhos estão adiantados e a população já celebra as melhorias que chegam com os serviços. Uma iniciativa do prefeito Edivaldo, o São Luís em Obras contempla, além da infraestrutura em bairros, reforma de espaços públicos como praças, mercados, unidades de saúde, escolas, entre outros. Os serviços de asfaltamento, coordenados pela Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), visam garantir mobilidade, segurança viária e mais qualidade de vida  para a população.

“Estamos avançando em todas as frentes do programa São Luís em Obras. Trabalhando, inclusive, em feriados e fins de semana. Além do asfaltamento, há também a reforma de mercados, praças, unidades de saúde e de educação, assim como a requalificação de vários locais do Centro Histórico como a Praça da Bíblia e o Parque do Bom Menino. A cada semana iniciamos uma nova frente de serviço e chegamos a mais bairros”, destacou o prefeito Edivaldo.

No bairro Alemanha, o comerciante Cláudio Roberto Mendes dos Santos, morador da região há 50 anos, aprovou a pavimentação. “Não tem coisa melhor esse asfalto aqui na rua. Bom para motorista e pedestres”, apontou, referindo-se à Rua Carlos Macieira, uma via de acesso à Avenida dos Franceses e bastante utilizada pelos motoristas para fugir de congestionamentos.

“Antes tinha muita poeira e buracos nessas ruas, mas agora o asfalto chegou e deixou tudo bem melhor”, disse a microempresária Maria Isabel Sá, apostando na melhor acessibilidade e mobilidade para alavancar as vendas de fim de ano. Isabel atua no ramo de papelaria, um pequeno negócio que ela deu início no bairro há cerca de 10 meses, na Rua Carlos Macieira, depois de trabalhar por muitos anos no comércio e decidir-se pelo empreendedorismo.

Morador do bairro Alemanha há cerca de 50 anos, desde que as primeiras casas foram entregues à população, Ismael Avelar, da Rua Nhozinho Nogueira, também gostou da pavimentação. “Este é o melhor serviço feito nos últimos 20 anos, um trabalho de primeira qualidade, que vai certamente valorizar os imóveis da região”, destacou.

Na área serão pavimentados cerca de quatro quilômetros de vias. O serviço teve início semana passada pela Avenida Dom José Delgado que tem grande fluxo de pessoas e veículos por causa das residências, da atividade comercial e por ser o endereço de três grandes escolas, duas da rede municipal. O trabalho já foi concluído em cinco ruas do bairro.

Vale lembrar que, no bairro Alemanha, além de asfaltamento, a Prefeitura de São Luís está reformando o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), uma obra que inclui melhorias na parte elétrica, hidrossanitária, pintura, piso e forro em todos os oito consultórios.

“Por determinação do prefeito Edivaldo, estamos executando asfaltamento em diversos bairros da capital. Na Alemanha iniciamos os serviços pela avenida principal  e seguimos avançando para outras vias importantes do bairro. É um trabalhando intenso que vai garantir a valorização dos logradouros, a mobilidade para veículos, transporte público e pedestres, e mais qualidade vida para os moradores”, disse o titular da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antonio Araújo.

COHAB ANIL

Com a pavimentação das ruas da região Cohab Anil III, os moradores do local já comentam as melhorias advindas da obra. “Está uma maravilha. A rua está um tapete”, disse Zeuda Maria de Sousa Marques, que há 35 anos mora na Rua 1, Parque Irapoã, uma via de ligação entre a Cohab Anil e a área conhecida como Planalto Pingão.

“Esta é a segunda melhoria que está sendo feita na rua desde que vim morar nesta região. Estão caprichando no asfalto e isso é importante porque aqui passa uma forte enxurrada na época da chuva e também porque o tráfego é intenso nesta rua, que serve de via de fuga para o congestionamento que acontece na Forquilha”, afirmou Manoel Morais, que mora na Rua 1 há cerca de 15 anos.

Segundo moradores da região, a Rua 1 da Cohab Anil III, que foi totalmente pavimentada pela Prefeitura de São Luís, é uma via de ligação e via alternativa à Avenida Jerônimo de Albuquerque para vários bairros como Anil, Planalto Anil, Planalto Pingão e até para motoristas que se direcionam para o São Cristóvão e tentam escapar do trânsito lento, na hora do rush, nas grandes avenidas. “Tinha muito buraco nas ruas do bairro e agora melhorou bastante”, apontou Jorge Leonardo Bosaipo, servidor público federal que mora no Planalto Anil IV há cerca de 35 anos.

Assim como nos bairros Alemanha e Cohab, as ações do programa São Luís em Obras já alcançaram Vinhais, Angelim, Cohama, Rio Anil, Bequimão, polo Cohatrac, Planalto Anil II e Parque Aurora. Na região da Cohab estão recebendo obras o Conjunto Jardim de Fátima e Cohab Anil. Os bairros Cohajap, Bela Vista, São Francisco e Ilhinha também já estão recebendo novo asfaltamento. Os serviços seguem também na Avenida Guajajaras.

SÃO LUÍS EM OBRAS

O programa São Luís em Obras inclui ainda outras áreas. Na saúde são 18 unidades, sendo 11 da atenção primária e sete de maior porte serão reformadas. Além do Centro de Especialidades Odontológicas da Alemanha, já estão em obras o Centro de Saúde Genésio Ramos Filho, na Cohab; a reforma do setor de clínica cirúrgica do Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão II), a Unidade de Saúde da Família da Vila Sarney, Centro de Saúde da Santa Clara, Centro de Saúde da Zona Rural, Centro de Saúde Nazaré Neiva, no bairro São Raimundo, Centro de Saúde Dr. Antônio Carlos Sousa Reis, no bairro Cidade Olímpica I, entre outras.

Também seguem em andamento as obras de reforma dos mercados das Tulhas, da Cohab e do Coroadinho; da Casa de Passagem; a construção de quatro Ecopontos e dois galpões de triagem de materiais recicláveis; a construção da Creche da Cidade Operária; requalificação da Fonte das Pedras e a reforma total do Estádio Nhozinho Santos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.