Famem oferece curso eSocial para órgãos públicos

Banco de dados contém informações trabalhistas, estatutárias, previdenciária, fiscal, fundiária e tributárias dos órgãos públicos e empregados

A Escola de Gestão Municipal da Famem (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão) vai iniciar sua programação do segundo semestre, oferecendo o curso eSocial para Órgãos Públicos, ministrado por Cícero Viana de Sousa.

O curso será realizado no próxima dia 2, na sede da entidade, em São Luís, e tem carga horária de quatro horas. As inscrições são gratuitas e já estão abertas.

O eSocial é um banco de dados único contendo informações trabalhistas, estatutárias, previdenciária, fiscal, fundiária e tributárias dos órgãos públicos e empregados. Qualquer pagamento feito a pessoa física tem obrigatoriamente de ser informado ao eSocial.

A administração pública, direta e indireta, envolvendo órgãos e instituições públicas, está incluída dentre os empregadores obrigados a informar pelo eSocial, tendo suas responsabilidades definidas pela Constituição, leis e regulamentos.

Assim, todos os empregadores estão obrigados, incluindo o Poder Público federal, estadual e municipal. Para o poder público, a implantação do eSocial foi iniciada em 14 de janeiro deste ano, conforme resolução nº 01 do Comitê Diretivo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deputado Glalbert Cutrim diz que tem o sonho de ser prefeito de São Luís

O vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Glalbert Cutrim (PDT) disse, em entrevista à TV Assembleia, que tem o desejo de disputar a prefeitura de São Luís. “Tenho um sonho de um dia ser prefeito de São Luís, mas a gente sabe o nosso tempo, as nossas missões, sabe do que é preciso fazer pra chegar onde nós queremos chegar”, afirmou.

De acordo com o deputado, sua pretensão não se estende à eleição do próximo ano. “A gente sabe que tem colegas na nossa frente, colegas que tem uma estrutura política dentro de São Luís melhor e a gente entende bem esse momento”, declarou. “Ainda não vai ser dessa vez que será minha vez, mas me coloco à disposição do partido,” completou Cutrim.

O PDT tem como nome à Prefeitura de São Luís o vereador e presidente da Câmara, Osmar Filho.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Eliziane Gama assina termo de compromisso com Programa Nosso Centro, em São Luís

Ao lado do governador Flávio Dino, do secretário da Secid, Rubens Jr., e do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr., e representantes do Iphan, a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), juntamente com o senador Werverton Rocha (PDT-MA), assinou termo simbólico de compromisso com o Programa Nosso Centro, lançado na manhã desta segunda-feira (24). O termo é uma garantia de mais investimentos por meio de emendas parlamentares ao programa.

“No tocante à garantia de apoio por meio de emendas parlamentares, o governo pode contar novamente com o meu esforço dentro do Senado Federal para garantir a continuidade da valorização, revitalização e habitação do nosso querido e importante polo econômico que é o Centro Histórico”, enfatizou Eliziane.

Em parceria da Prefeitura de São Luís e do Iphan, o Programa “Nosso Centro”, do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cidades (Secid-MA) também terá investimentos de empresas privadas.

“O governo do Estado já investiu mais de R$ 70 milhões em obras e ações de valorização do Centro Histórico de São Luís. Hoje, com o programa “Nosso Centro”, vamos anunciar mais R$ 140 milhões. Teremos inclusive a parceria de empresas privadas”, destacou o Governador Flávio Dino.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Assembleia aprova projeto que fixa recompensa por informações na área de segurança pública

A Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) aprovou, nesta segunda-feira (24), projeto de lei enviado pelo Governo do Estado que fixa recompensa por informações que auxiliem os órgãos estaduais de segurança em investigações criminais. É o Projeto de Lei 315/2019, que passou em votação de 1º e 2º turnos, e em redação final, por conta de um pedido de regime de urgência em decorrência da importância da matéria.

A deputada Cleide Coutinho (PDT), que presidia os trabalhos, suspendeu a sessão para que as comissões técnicas apresentassem, em Plenário, parecer ao projeto enviado pelo Poder Executivo, dispondo sobre o pagamento de recompensa por informações que auxiliem os órgãos de segurança estaduais nas investigações criminais.

O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Casa, deputado Neto Evangelista (DEM), convocou, em seguida, os integrantes das demais comissões e a matéria foi relatada pelo deputado Dr. Yglésio (PDT), tendo sido aprovado, em seguida, por unanimidade.

Evangelista informou que o projeto foi aprovado, sem qualquer modificação, na reunião conjunta das Comissões de Constituição e Justiça, de Orçamento, de Administração Pública e de Segurança Pública.

O artigo primeiro do projeto define que “fica o Poder Executivo autorizado a instituir formas de recompensas por informações prestadas aos órgãos de segurança pública estaduais que sejam úteis à prevenção, à repressão e à investigação criminais”. O projeto diz também que caberá ao Governo do Estado definir os valores dessa recompensa pecuniária e assegurou que existem recursos para isto.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Irmã de prefeita de Santa Luzia informa que TRE vai empurrar processo de cassação com a barriga

O TRE analisará hoje os embargos protocolados na ação que pede a cassação de mandato da prefeita França do Macaquinho, mas a irmã dela afirma em áudio para uma amiga que o TRE vai empurrar com a barriga e que não haverá mais julgamento até o final do mandato da irmã. Macaquinho foi condenada e teve o mandato cassado em primeira instância por compra de votos na eleição de 2016.

No áudio comprometedor, Edilene Paixão, que é irmã da prefeita,  considera que a oposição está morrendo e que o grupo dela saiu vitorioso, antecipando o resultado no Tribunal Regional Eleitoral. Ela chega passar a certeza de que não haverá mais julgamento, conforme gravação abaixo:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Filhos de Flordelis pagaram R$ 8 mil pela arma usada no crime

Metrópoles

Lucas e Flávio racharam o valor da pistola. Ambos cumprem prisão temporária de 30 dias por homicídio qualificado

A arma usada para matar o pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), custou R$ 8 mil, segundo investigadores da Polícia Civil citados pelo site G1. De acordo com as autoridades policiais, a pistola foi adquirida por Lucas, filho adotivo do casal, dois dias antes do crime, registrado no domingo (16/06/2019), em Niterói.

A investigação revela que Lucas, de 18 anos, pagou R$ 3 mil e o irmão Flávio, 38, que confessou ter atirado no pai, completou com R$ 5 mil. Ambos cumprem prisão temporária de 30 dias por homicídio qualificado.

Lucas, filho adotado, negou as acusações e disse que apenas indicou o lugar para a compra da arma. Ele, que não estava na casa no momento dos disparos, disse não saber para que a pistola seria usada. Flávio, filho biológico do casal, foi preso durante o enterro de Anderson.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Multidão recebe novos filiados do PDT em Matões

Mais de 5 mil pessoas estiveram presentes, neste sábado 22/06, no ato de filiação do prefeito Ferdinando Coutinho e do ex-deputado Rubens Pereira ao Partido Democrático Trabalhista – PDT na cidade de Matões.

A deputada estadual Cleide Coutinho (PDT); prestigiou o evento, assim como o Senador Weverton Rocha – presidente estadual do partido; o Deputado Federal e atual Secretário Estadual das Cidades (SECID); Rubens Pereira Jr. (PC DO B); a suplente de Senador Suely Pereira entre outros como o Presidente do PSB de Caxias Júnior Martins, o vice-presidente do PDT Caxiense, Ironaldo Alencar e a vereador também de Caxias Taís Coutinho (PSB).

A festa foi mais uma afirmação da liderança política do prefeito Ferdinando Coutinho e da família Pereira na cidade de Matões.
A deputada Dra. Cleide afirmou em seu discurso “que trabalha incansavelmente por Matões seja pela gratidão de ter sido a deputada estadual mais votada na cidade e também porque foi nesta cidade ao lado de Caxias que o ex-deputado Humberto Coutinho sempre contou com eleitores fiéis e comprometidos com o futuro do Maranhão”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Roberto Rocha comenta a ida de Moro ao Senado para explicar sobre mensagens vazadas

O senador maranhense disse que o ministro Moro foi espontaneamente ao Senado para dar explicações sobre o vazamento de suas mensagens telefônicas.

E mais: que a tranquilidade e assertividade com que respondeu às perguntas comprovam o alerta do mestre italiano Enrico Ferri que dizia que: “A defesa do inocente é retilínea como o voo da andorinha. A defesa do culpado, é ziguezagueante como o voo do morcego”. Senador Roberto Rocha

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deputado Pedro Lucas se reúne com o legislativo do Amazonas para dialogar sobre as reformas da previdência e tributária

O deputado federal Pedro Lucas Fernandes (PTB), reuniu-se ontem (19) com o governador em exercício do Amazonas, Carlos Almeida e também com o presidente da Assembleia Legislativa, Josué Neto.

Na ocasião, dialogaram diversos assuntos importantes, dentre eles as reformas da previdência e tributária, ambas em tramitação na Câmara dos Deputados.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

“Dez pro Moro”, diz Bolsonaro sobre participação do ministro na CCJ

Metrópoles

O chefe do executivo disse que Moro “subiu no conceito” e que o ministro não poderia “crescer” mais do que já cresceu

Foto: Igo estrela/ Metrópoles

presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse, nesta quinta-feira (20/06/2019), que o ministro da Justiça, Sergio Moro, foi “nota 10” na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, enquanto prestava explicações sobre a troca de mensagens com membros da Lava Jato, sobretudo com o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força tarefa.

“Dez pro Moro, subiu no meu conceito. Apesar que ele não poderia crescer mais do que já cresceu”, disse, em Miracatu, cidade no interior de São Paulo.

Questionado se as acusações contra o chefe da Justiça iriam comprometer a indicação do ex-juiz a uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), ele comparou a situação com um casamento em atritos. “Quando você desconfia do seu marido, o que faz com ele? Eu não estou desconfiado de ninguém”, disse.

Segundo a legislação brasileira, é papel do juiz ser imparcial no processo de julgamento. Por este motivo, a interação entre Moro e o procurador da Lava Jato gerou burburinhos no Congresso Nacional, e o ex-juiz da operação foi convidado a prestar esclarecimentos sobre o caso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Não se deve odiar a esquerda II

“O ódio pode não ser um sentimento santo, mas é sério, por isso não pode ser desperdiçado com um esquerdopata”.

João Melo e Sousa Bentivi

Ser da esquerda, salvo honrosas exceções, exige esforço e dedicação enormes. Não é fácil ser, ao mesmo tempo, mentiroso, disfarçado, hipócrita, cretino e outras coisitas mais.

Poderia dar centenas de exemplos, mas vou recordar um, um pouco antigo: a ausência de mulheres no primeiro ministério do finado Michel Temer. A gritaria foi esquerdista e “engolobou”, como se dizia na minha Pedreiras, até pessoas sérias e incontáveis inocentes úteis.

Um pequeno raciocínio matemático, de mais e menos, mataria a argumentação: se ao não ter nenhuma mulher, no ministério, esse ministério fosse uma droga, então se todas fossem ministras, seria excelente? Qualquer uma das afirmações estará repleta de algo, conhecido popularmente como burrice, então, pode ser um raciocínio esquerdista, decerto.

Ter mulher no poder, no comando, é sinônimo de competência? Não vou dizer nem sim e nem não, mas vou dar alguns exemplos, entre centenas. Uma pequena lista de notáveis mulheres: Dilma Rousseff, Benedita da Silva, Luíza Erundina, Tereza Crusius, Rosinha Garotinho, Roseana Sarney, Gleise Hoffmann, Erika Kokay, Jandira Fegali, Maria do Rosario, etc.

Farei algumas perguntas gerais: você convidaria alguma delas para dirigir a sua empresa? Para dirigir a prefeitura de sua cidade? Para dirigir a sua casa? Para tomar conta de uma empresa de ônibus? Você pode dizer não e será pouco questionado, mas se disser sim, causará uma justificável admiração. Admiração negativa, ou seja, o sujeito teria que ser excessivamente corajoso, mesmo temerário, para assumir tamanho risco. Creio que nem esquerdopata aceitaria esse risco.

Serei mais específico. Alguém, mesmo um doente esquerdopata, ainda votaria em Dilma Rousseff para presidente da república? Gleise Hoffmann, para o Banco Central? Maria do Rosario para o Ministério da Justiça? A tal Erika Kokay ou Jandira Fegali para um hipotético Ministério da Família? A resposta NÃO é filha do bom senso e a resposta SIM é digna de um esquerdopata.

Alguém convidaria a famosa Benedita da Silva ou a Roseana para alguma coisa em uma empresa de pequeno porte, por exemplo? Ou Rosinha Garotinha para a tesouraria de sua igreja?

As respostas dizem tudo, a competência de qualquer pessoa não guarda nenhuma relação com o sexo explícito ou camuflado, tem relação, sim, com as qualidades intrínsecas de cada pessoa.

Esse discurso de competência relacionada com a sexualidade é mais uma das centenas de mentiras urdidas pelos esquerdopatas e isso não significa que os homens sejam melhores que as mulheres, a propósito, tem um gatuno, certamente homem, preso em Curitiba, denominado Luiz.

Alguém lembra do sobrenome?

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.