Parecidos

Numa roda animada, na Litorânea, alguém decidiu saber qual seria a previsão para o segundu turno, em São Luís. Das oito pessoas presentes, três do Sistema Mirante, dois assessores de Gastão Vieira. Resultado: cinco para Flávio Dino e três para João Castelo.

Então, é hora de inserir no programa de Flávio Dino o voto franco: “Sou Sarney e voto em Flávio Dino”. Ou melhor: “Sou Gastão, fiel a Sarney, mas voto Flávio Dino”. Sugestão nada desprezível.   

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Candidatos ao segundo turno não podem ser presos a partir deste sábado

Os candidatos que participarão do segundo turno das eleições municipais no dia 26 de outubro não podem ser presos a partir desse sábado (11/10). A exceção é feita para os casos de flagrante delito. A determinação está no Código Eleitoral, que não permite a reclusão dos candidatos faltando 15 dias para as eleições municipais.

Já os eleitores não poderão ser presos nem detidos cinco dias antes até horas depois das eleições. Assim, a partir do dia 21 a garantia será estendida ao eleitores, também salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto, o qual está previsto no artigo 235 do Código Eleitoral. Para um eleitor ser preso durante o período eleitoral, é necessário que se faça a fundamentação do pedido e comunique-o ao juiz eleitoral no prazo de 24 horas.

No segundo turno, 26.843.804 eleitores de 29 cidades brasileiras voltam às urnas para escolher o prefeito entre os dois candidatos mais votados no primeiro turno. Dessas, 11 são capitais (Manaus, Macapá, Salvador, São Luís, Belo Horizonte, Cuiabá, Belém, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Florianópolis e São Paulo).

Propaganda

O calendário eleitoral prevê que os candidatos que vão disputar o segundo turno já podem fazer propaganda desde o dia 7 de outubro, com a distribuição de material, realização de comício e promoção de carreatas. A propaganda pode ser realizada até a véspera da eleição.

O último dia para a realização de debates, divulgação de propaganda paga na imprensa escrita e em páginas institucionais na Internet é 24 de outubro, dois dias antes da eleição. Os comícios só podem ser feitos até o dia 23.

De acordo com a Lei das Eleições (9.504/97), a propaganda eleitoral gratuita do segundo turno pode começar a partir de 48 horas da proclamação do resultado do primeiro turno. O último dia para que esta propaganda comece é 13 de outubro. Os juízes eleitorais têm até este sábado (11/10) para proclamar o resultado da primeira votação.

Os programas no rádio serão veiculados das 7h às 7h20 e das 12h às 12h20. Já a propaganda eleitoral gratuita nas TVs será transmitida das 13h às 13h20 e das 20h30 às 20h50, com 10 minutos para cada candidato, que irá contar ainda com 15 minutos diários para fazer propaganda por meio de inserções de até um minuto.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Pesquisas

O Escutec, insituto que trabalha para o jornal O Estado do Maranhão, aliado do candidato Flávio Dino, fechou a primeira rodada de pesquisas no segundo turno, na capital.

De acordo com os números, João Castelo estaria com 47% contra 45% dados a Flávio Dino. Porém, números de outros institutos que estão monitorando a eleição, dão vantagem maior para Castelo.   

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhão, o desprezado

O deputado federal Valdir Maranhão não teve sorte apenas nas urnas no primeiro turno da eleição em São Luís. Depois do resultado, Maranhão saiu batendo às portas dos dois candidatos que ficaram para o segundo turno, João Castelo e Flávio Dino.

Com o primeiro, não conseguiu nem conversar. Ao que parece, sua fala era pesada demais. Com Flávio Dino teria tido um diálogo não muito proveitoso. Resultado: vai ficar neutro no segundo turno.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Apesar de Roseana, Lula não participará de comício

O presidente Lula não virá  mais a São Luís participar do comício do comunista Flávio Dino, conforme estava acertado para o dia 16, quinta-feira, na praça Deodoro. Na reunião de quarta-feira,. no Palácio do Planalto com os líderes, Lula decidiu apenas gravar participação no programa de Dino, apesar dos insistentes apelos da senadora Roseana Sarney, que queria a presença de Lula no comício de seu mais novo aliado. O presidente pediu desculpas e informou que embarca amanhã para cumprir agenda oficial, em paises africanos.

A atitude de Lua tomou de surpresa alguns líderes que representam Estado onde haverá segundo turno da eleição municipal. Roseana foi a mais abalada porque tinha a garantia do presidente que estaria nesta semana no comício do aliado Flávio Dino. Ela teria saído da reunião não muito contente.

Lula informou aos presentes que participará somente de um comício da candidata Marta Suplicy, em São Paulo, porque ela precisa reverter o quadro que é favorável ao tucano Gilbertyo Kassab. O presidente justificou aos líderes políticos a importância de vencer a eleição em São Paulo por causa dos reflexos que terá para o projeto da sua sucessão em 2010.

O petista informou também que estará no comício de Luis Marinho, seu ex-ministro do Trabalho, na cidade de São Bernardo do Campo. O presidente justificou que São Bernardo é a cidade onde ele mora e foi lá que começou sua carreira como sindicalista.   

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sarneistas anunciam apoio ao comunista Flávio Dino

O deputado federal Gastão Dias Vieira, candidato derrotado no primeiro turno, anuncia amanhã, às 10h, apoio ao comunista Flávio Dino. Gastão foi o único candidato apoiado por Roseana Sarney. Amanhã, também,  Flávio Dino vai receber o apoio do Partido Verde, conforme determinação do deputado federal Sarney Filho, presidente do PV no Maranhão.

Embora o candidato comunista tenha esconder os laços políticos com a família Sarney, fica cada vez mais evidente o acordão dos grupos ligados aos senadores José Sarney e Roseana Sarney à sua candidatura. Em Brasília, não há mais nenhum mistério quanto ao apoio que a família Sarney vem dando comunista.

Candidato apoiado por Roseana, Gastão Vieira teria sido orientado pela senadora a declarar apoio ao candidato comunista no segundo turno.

Gastão, porém, justifica sua nova posição por achar que Dino é mais experiente e preparado para administrar São Luís, embora o candidato não tenha exercido nenhum cargo executivo. Gastão obteve no primeiro turno pouco mais de 8 mil votos.

O PV, orientado por Sarney Filho, também deve declarar amanhã apoio ao nome de Flávio Dino. O PV não lançou candidato próprio porque coligou com o PMDB de Roseana. Como se pode observar, as alas políticas ligadas ao grupo Sarney estão toda embarcando na canoa de Flávio Dino.    

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Acordos

O candidato Flávio Dino garante que não houve nenhuma barganha por cargos no apoio que o prefeito Tadeu Palácio e o presidente da Câmara Municipal, Isaias Pereirinha darão a ele no segundo turno.

Fonte do PDT, entretanto, assegura que o apoio de Palácio e Pereirinha tem preço: a SMTT para Canindé e a reeleição do vereador na presidência da Câmara.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

PPS com Dino

O PPS declarou ontem apoio ao candidado Flávio Dino. A deputada Eliziane Gama, presidente do diretório municipal do partido foi a principal articuladora para concretizar o acordo. Entretanto, diversos membros do PPS prefeririram ficar com João Castelo, a exemplo do primeiro suplente de vereador João Batista.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Pinheiro de volta

O jornalista Zeca Pinheiro reassumiu hoje o cargo de secretário de Comunicação Social do Estado. Ele esteve licenciado para fazer campanhas políticas no interior do Estado. Em seu lugar ficou o secretário-adjunto Jerry Abrantes, que exerceu o cargo titular por dois meses, com muita competência, diga-se de passagem.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Clodomir apóia Castelo

O candidato a prefeito de São Luís no primeiro turno da eleição, Clodomir Paz, anuncia amanhã, às 10h, o apoio ao candidato da coligação “São Luis Merecer Mais”, João Castelo. Além de Clodomir, se manifestarão favoráveis ao tucano o vereador eleito pelo PDT, Ivaldo Rodrigues, e o presidente municipal do partido, secretário de Agricultura Municipal, Júlio França.

O prefeito Tadeu Palácio fez todos os esforços para levar seu candidato Clodomir Paz para apoiar no segundo turno o comunista Flávio Dino. Ao contrário de Palácio, Clodomir deu demonstrações de que é um político de partido, pois ampla maioria do PDT se inclinou para o lado do candidato castelista. 

Na disputa por novas adesões, o candidato tucano tem levado vantagens em relação ao seu concorrente. João Castelo obteve o apoio de Cléber Verde e de todo o Partido Republicano. Verde, por sinal, reúne os militantes do PR e amigos amanhã, na Batuque Brasil, para engrossar a militância da candidatura de Castelo.

Flávio Dino conseguiu até agora o apoio do prefeito Tadeu Palácio, que amarga profundo desgaste junto a população em razão do estado de abandono a que foi relegada a capital. Para boa parte dos coordenadores de campanha do PDT, a imagem do prefeito colocada a de Clodomir Paz foi o responsável pela derrota.

Estão sendo aguardadas declarações de apoio dos candidatos Raimundo Cutrim (DEM), Waldir Maranhão (PP) e Pedro Fernades para João Castelo, Enquanto isso, no comitê de Flávio Dino é grande a expectativa pela adesão do PV, dterminada pelo deputado federal Sarney Filho, presidente do diretório estadual do partido no Maranhão.    

   

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Glogo e Band confirmam apoio de Sarney a Dino

Agora não tem mais como esconder. Deu no Bom Dia Brasil, da TV  Globo, que Lula só gravou pedindo ao povo de São Luís para que votasse em Flávio Dino atendendo a um pedido do senador José Sarney. A informação foi dada na manhã de segunda-feira. Na noite de domingo, por volta das 23h30, na Band, o ministro dos Esportes, Orlando Silva, disse que em São Luís existe acordo firmado entre Sarney, Lula e o prefeito Tadeu Palácio para garantir a vitória do candidato comunista no segundo turno.

Na manha de segunda-feira, o jornalista e comentarista político da Rede Globo, Alexandre Garcia, revelou no Bom Dia Brasil que o presidente Lula havia gravado programa pedindo votos a Flávio Dino por causa de solicitação feita pelo senador José Sarney. Na tarde de segunda-feira, em entrevista coletiva, o candidato comunista desmentiu.

Porém, na noite do dia da eleição, em São Paulo, por volta das 23h30, o ministro dos Transportes, Orlando Silva, ao comentar sobre os candidatos da base de Lula que estão no segudno turno, informou que em São Luís o candidato Flávio Dino terá o apoio de Tadeu Palácio, Lula, Sarney e Roseana. Silva disse que já existe acordo neste sentido. O ministro dos Esportes esteve por duas vezes em São Luís e participou diretamente da campanha de Flávio Dino.

Ainda na noite de segunda-feira, o candidato do PMDB derrotado no primeiro turno na capital, Gastão Vieira, após o resultado da eleição, declarou apoio ao candidato comunista. Gestão teve o apoio aberto da senadora Roseana Sarney. Ela só apareceu no programa de um candidato, Gastão Vieira. 

Na manhã de ontem, o presidente Lula reuniu alguns ministros no Palácio do Planalto para traçar as estratégias para o segundo turno das eleições e definir em quais palanques fará comícios. Presente ao encontro, a senadora Roseana Sarney foi a primeira e pedir a presença de Lula no Palanque de Flávio Dino, o que deve ocorrer entre os dias 15 ou 16 deste.       

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Pesquisa

Informei aqui que apenas um instituto cotratado pela coligação de Flávio Dino havia se aproximado dos resultados da eleição de domingo. Não é verdade. O Escutec, de propriedade do empresário Fernando Júnior, vinha muito antes confirmando o segundo turno, mas só no dia da eleição, depois de pesquisa de boca de urna, disse que o resultado seria de 42 Castelo a 32 Flávio Dino. Portanto, empate técnico com os números reais das urnas.

Além disso, o Escutec acertou os resultados em diversos municípios como Caxias, Ribamar, Raposa, São Mateus e outros. Salvo engano, errou apenas uma Codó.    

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.