Juntos

O governador Jackson Lago, o presidente em exercício da Assembléia Legislativa, deputado Pavão Filho, e o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Raimundo Cutrim viajam logo mais ao meio dia com destino a São Paulo.

 Irão visitar o presidente da AL, deputado João Evangelista, que vem obtendo recuperação surpreendente da operação para retirada de tumor no cérebro.

Ontem, Evangelista recebeu as visitas do prefeito Tadeu Palácio e do presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Edmar Cutrim. 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Emenda de Chico Gomes I

A Bancada de oposição na Assembléia Legislativa vai votar em conjunto favorável à emenda de autoria do deputado Chico Gomes que permite a eleição dos atuais membros da Mesa Diretora para cargos distintos.

Pela regra atual, o Regimento Interno não permite a reeleição e nem mesmo a eleição para outros cargos na Mesa.

Emenda Chico Gomes II

No dia 25 de janeiro, numa noite de sexta-feira, 11 dos 15 deputados do Bloco Parlamentar de Oposição, na casa do líder Ricardo Murad, fecharam, questão pela aprovação da emenda Chico Gomes.

Os deputados entendem que a eleição para outros cargos possibilita aos deputados integrantes da Mesa adquirir maior conhecimento sobre a administração da Casa, além do mais não se trata de reeleição, como sempre explica o autor da proposta.

Emenda de Chico Gomes III

Presentes os deputado Ricardo Murad, César Pires, Raimundo Cutrim, Fátima Vieira, Chico Gomes, Carlos Filho, Hélio Soares e Jura Filho, Manoel Ribeiro, Maura Jorge e Joaquim Haickel.

Ausentes os deputados Tatá Milhomem, Max Barros, Antônio Pereira e Victor Mendes. Destes, apenas Milhomem parece não inclinado a votar na emenda Chico Gomes.

Emenda Chico Gomes IV

Com 14 votos da oposição, a emenda ganhou agora importantes adesões. São os deputados Soliney Silva, que exerce razoável liderança sobre o Bloco Independente, e Marco Tavares, candidato à sucessão do presidente Evangelista. Tavares confirmou ontem para esta coluna que vai trabalhar pela aprovação da emenda Chico Gomes.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sarney na reunião

Quando os deputados, na residência de Ricardo Murad, fechavam a decisão para apoiar a emenda Chico Gomes, eis que aparece o senador José Sarney. Nenhuma surpresa.

A visita do senador era aguardada. Em meio à discussão um deputado do DEM colocou o nome de Edivaldo Holanda à apreciação do grupo. A maioria, segundo a coluna foi informada, acatou a sugestão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Posição de Holanda

Para o líder do Governo, deputado Edivaldo Holanda, a eleição para a Presidência da Assembléia Legislativa é apartidária, não tem cores, credo ou raça.

“A Casa não aceita interferência. A eleição é feita por um colegiado de 42 deputados. Na hora não existe essa de oposição ou governo”, explicou na sua linguagem o líder.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Precipitação

O líder do Governo na Assembléia Legislativa, deputado Edivaldo Holanda, reagiu de maneira precipitada a uma nota publicada no domingo, no Jornal Pequeno, de que teria participado de reunião com o senador José Sarney, no Calhau, para tratar de sua candidatura à presidência da Assembléia Legislativa.

O parlamentar, que tem experiência de sobra, perdeu o rumo. Ao invés de provar que o fato não é verdadeiro, tratou de lançar oficialmente sua candidatura ontem, em conversas com jornalistas, no plenário da AL. Foi uma reação precipitada, segundo entendimento da maioria dos deputados e de jornalistas. 

 Esqueceu o senhor líder do governo que o momento não era propício. Como evangélico, deve saber que a Bíblia Sagrada nos ensina que há tempo pra tudo.

O presidente da AL, deputado João Evangelista, convalesce em São Paulo de operação delicada para retirada de um tumor no cérebro. Desnecessário se faz dizer que o momento é de unir correntes pela recuperação do colega de parlamento.

A disputa pela vaga de presidente da Assembléia Legislativa, apesar de faltar quase um ano para acontecer, começou. E de forma nada elegante.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Aviso a Jackson

O deputado Edivaldo Holanda, líder do Governo na Assembléia Legislativa, comunica na quarta-feira ao governador Jackson Lago que é candidato à sucessão do colega João Evangelista. Abriu a guerra e a guarda muito cedo.  

Em entrevista aos jornalistas disse que não irá buscar o apoio do governador, mas apenas comunicar sua pretensão. Nivelou sua condição de líder ao cargo que exerce Jackson Lago. Como se fossem dois presidentes de poderes.

Como aliado e liderado não terá a humildade para pedir ao governador que deseja ser candidato, mas apenas avisá-lo que vai disputar o cargo, quer Jackson Lago queira ou não.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Reação

Vem chumbo grosso! Aliados do deputado Edivaldo Holanda, (a maioria agregada na bancada de oposição ao governo estadual) acha que a notícia publicada no Jornal pequeno sobre a visita de Edivaldo Holanda ao senador José Sarney teria sido “plantada” pelo ex-governador José Reinaldo Tavares, que é tio do deputado Marcelo Tavares, adversário de Holanda na disputa pela sucessão de Evangelista.

A briga é feia e promete. Soube, inclusive, que estaria sendo montado um dossiê que mostra a passagem de Marcelo Tavares no comando político do governo do tio. Aguardem!  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Descarte

O jornalista Marcos Deça postou em seu blogue que o prefeito Tadeu Palácio “praticamente” descartou apoio à pré-candidatura de João Castelo para a Prefeitura de São Luís.

 Descartou, mesmo! Disse com todas as letras que o escolhido sairá da sua equipe e que todos eles (Canindé, Clodomir Paz, Moacir Feitosa e Sandra Torres) estão preparados para administrar São Luís.           

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deu no blogue do jornalista Marco D'eça

Assembléia Legislativa
OS ODORES DA CONSPIRAÇÃO

Como já foi dito aqui, o deputado João Evangelista (PSDB) estará afastado da Assembléia por 45 dias.

Neste período, o presidente do Poder Legislativo, segundo na linha de sucessão estadual, é o 1° vice-presidente da Casa, Pavão Filho (PDT).

Mas parece haver deputado que não sabe disso. Ou, pelo menos, finge não saber.

Desde sábado, quando anunciou-se o afastamento de Evangelista, iniciou-se uma espécie de conspiração branca.

Ninguém assume claramente, ninguém aparece, mas os conspiradores querem apenas enfraquecer o presidente em exercício.

Desrespeitam com isso o colega Pavão Filho e o próprio João Evangelista, recém-submetido a uma difícil cirurgia e prestes a entrar num também difícil período de tratamento pós-operatório.

Antecipar eleição é golpe. Mudar as regras do jogo é golpe. Agir nos subterrâneos é coisa de golpista.

Pavão Filho é o presidente da Assembléia e deve ter plenos poderes para dirigir a Casa.

Impedi-lo de exercer a plenitude de sua interinidade é golpe, conspiração e (porque não dizer?) corrupção em último grau.

Leia o post no blog do jornalista Marco D’Eça.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deu no blogue do jornalista Marco D’eça

Assembléia Legislativa
OS ODORES DA CONSPIRAÇÃO

Como já foi dito aqui, o deputado João Evangelista (PSDB) estará afastado da Assembléia por 45 dias.

Neste período, o presidente do Poder Legislativo, segundo na linha de sucessão estadual, é o 1° vice-presidente da Casa, Pavão Filho (PDT).

Mas parece haver deputado que não sabe disso. Ou, pelo menos, finge não saber.

Desde sábado, quando anunciou-se o afastamento de Evangelista, iniciou-se uma espécie de conspiração branca.

Ninguém assume claramente, ninguém aparece, mas os conspiradores querem apenas enfraquecer o presidente em exercício.

Desrespeitam com isso o colega Pavão Filho e o próprio João Evangelista, recém-submetido a uma difícil cirurgia e prestes a entrar num também difícil período de tratamento pós-operatório.

Antecipar eleição é golpe. Mudar as regras do jogo é golpe. Agir nos subterrâneos é coisa de golpista.

Pavão Filho é o presidente da Assembléia e deve ter plenos poderes para dirigir a Casa.

Impedi-lo de exercer a plenitude de sua interinidade é golpe, conspiração e (porque não dizer?) corrupção em último grau.

Leia o post no blog do jornalista Marco D’Eça.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sem Castelo

Ao discursar na abertura dos trabalhos da Câmara Municipal de São Luís, o prefeito Tadeu Palácio deixou claro que apoiará para a sua sucessão um membro da sua equipe.

Adiantou que a escolha será feita mediante ampla discussão, conversas com os setores representativos da sociedade e avaliação de pesquisas.

Sugestão

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, Isaias Pereirinha, sugeriu ao prefeito Tadeu Palácio que escolha seu candidato entre os membros da sua equipe. O prefeito, pelo visto, acatou a sugestão.

Prestigiados

A Câmara Municipal de São Luís nunca esteve tão prestigiada como agora. O prefeito de São Luís, Tadeu Palácio, foi vereador por quatro mandatos, o presidente da Assembléia Legislativa, João Evangelista, foi vereador por três mandatos e o presidente em exercício da AL, Pavão Filho, também vereador por quatros mandatos.

Não será surpresa de outro político com passagem pela Câmara Municipal de São Luís ocupar o cargo de governador do Estado. O primeiro foi Luiz Rocha.

Mudança

Por falar em Câmara Municipal, os vereadores de São Luís começam a limpar as gavetas. Vão mudar para o prédio onde funciona a Assembléia Legislativa, a partir do final de maio. A AL ocupará em definitivo sua sede própria, no Calhau, também na mesma data.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

João Evangelista

O presidente da Assembléia Legislativa, João Evangelista, tem revelado recuperação surpreendente. Depois da retirada de tumor do cérebro, no Hospital do Coração, em São Paulo, o parlamentar tem feitos progressões acima do esperado pelos médicos.

Ontem, em um flat na capital paulista, o presidente da AL almoçou com a família em companhia dos médicos Antônio Pereira (deputado) e Wilson Carvalho (secretário de Assuntos Políticos).

Boatos

Incrível como age a imaginação “fértil” de alguns nesta cidade. A todo instante surgem boatos sobre o estado de saúde do deputado João Evangelista.

Ontem, por exemplo, enquanto o presidente da AL almoçava com o deputado Antônio Pereira e o secretário estadual Wilson Carvalho, espalhavam boatos de que Evangelista teria retornado ao Hospital do Coração em estado crítico.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.