Tampinha na Eletrobrás

O jornalista Augusto César Maia, o nosso Augusto Tampinha, é o novo assessor de imprensa da Eletrobrás.

Ele foi indicado pelo diretor de finanças da estatal, o técnico Astrogildo Quental.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sozinho

O deputado estadual Raimundo Cutrim terá seu nome homologado na convenção do DEM, no domingo, na Batuque Brasil.

 Um problema tem lhe tirado o sono nos últimos dias: a ausência dos colegas deputados no evento político.

 É que os deputados federais e estaduais estarão participando de convenções municipais no interior. Aliás, é bom Cutrim ir se acostumando com a solidão. É que a maioria dos DEM não liga para a sucessão municipal de São Luís.            

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

12 meses

O seu Jornal A Tarde completa hoje um ano de existência. Apesar do curto período é hoje o quarto maior matutino do Maranhão. A quarta maior tiragem, para desespero dos invejosos e prazer dos seus leitores.       

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Lançadas as apostas

Os dois grupos que disputarão amanhã a convenção municipal de São Luís anunciam a vitória. Cada qual a sua maneira.

A bancada do PDT na Câmara Municipal aposta que Clodomir Paz vence com folgada maioria. Os partidários de Moacir Feitosa jogam todas as fichas na vitória do seu candidato. Só após aberto o voto de cada convencional é que teremos o resultado verdadeiro.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

PDT rachado

É complicada a situação do PDT local. O partido, antes unido em torno de Jackson Lago, vive o dilema da sobrevivência. A pluraridade é salutar dentro de qualquer agremiação partidária, desde que respeitada sempre a vontade da maioria.

No PDT atual, na disputa pela manutenção da Prefeitura de São Luís, ninguém, sabe ao certo que tem e para onde vai a maioria.

 O partido chega, pela primeira vez, a uma convenção rachado e, ao que tudo indicado, sairá esfacelado do processo. Falta de maturidade e comando político.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Seguidores de Tadeu e da Paz

Os sete partidos que apóiam o pré-candidato a prefeito de São Luís, o ex-secretário de governo Clodomir Paz, afirmam que não vão acompanhar o PDT caso o grupo do deputado federal Julião Amim saia vitorioso da convenção de amanhã.

Todas as legendas devem seguir com o prefeito Tadeu Palácio. Segundo Bruno Mezenga,  interlocutor de Clodomoir Paz, a hipótese  de uma derrota do grupo do prefeito é muito  remota.

Quem também ameaça abandonar o barco do PDT , caso o candidato não seja Clodomir Paz, são os líderes do seguimento evangélico.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ameaça dos evangélicos I

Os segmentos evangélicos agrupados hoje na AME (associação Maranhense dos Evangélicos) deixou claro ontem que se Clodomir Paz não sair vencedor da convenção do PDT, a ser realizada amanhã, pulam do barco do PDT e podem apoiar a candidatura de João Castelo.

Os evangélicos escolheram Clodomir como pré-candidato após reuniões com o prefeito Tadeu Palácio e com o secretário da SMTT, Canindé Barros. Como forma de prestigia-los, a banda do PDT que apóia Paz deu a vaga de vice para o pastor Fábio Leite, representantes no acordo pela igreja Assembléia de Deus.

 

Ameaça dos evangélicos II

 

A decisão de não apoiar outro candidato do PDT que não seja Clodomir Paz foi tomada depois que as lideranças evangélicas tomaram conhecimento de que o governador Jackson Lago estaria inclinado a apoiar o nome de Moacir Feitosa na convenção do PDT.

O recado foi inicialmente enviado ao prefeito Tadeu Palácio, com quem o grupo dos crentes tem mais afinidade. O prefeito, segundo informações seguras, teria lavado as mãos.

 

Ameaça dos evangélicos III

 

Liderados pelo pastor Fernando Coutinho, coordenador das Assembléia de Deus, os evangélicos estiveram reunidos com o ex-dirigente da Emap, João Castelo, no último sábado.

Deram a entender que caso Moacir Feitosa seja o vitorioso na convenção do PDT, o destino natural é seguir a candidatura do tucano. Eles consideram Feitosa ateu.        

 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tadeu pode romper com Jackson Lago

O prefeito Tadeu Palácio não ficou nada satisfeito com a decisão do governador Jackson Lago de apoiar o nome do ex-secretário de Educação, Moacir Feitosa na convenção do PDT que escolherá quem será o candidato a prefeito da capital pelo partido. Ontem, o presidente do Diretório Municipal do PDT, Júlio França, confirmou a inclinação do governador pelo nome de Feitosa, inclusive que alguns secretários estaduais estariam trabalhando em favor de Moacir Feitosa. Procurado pelo Jornal A Tarde, o ex-secretário de Educação negou que o governador estivesse participando de sua campanha, mas admitiu que Lago resistiu a tentativa de tirar seu nome da disputa.   

Na última quarta-feira, por volta das 19h, Jackson Lago recebeu o pré-candidato Clodomir Paz, no Palácio dos Leões. Paz, orientado pelo prefeito Tadeu Palácio, solicitou do governador a retirada do nome de Moacir Feitosa do processo para que fosse mantida a unidade do partido. O governador recusou a proposta e ainda deixou clara a simpatia por Feitosa. Ontem, pela manhã, o prefeito ainda chegou a dizer para amigos que apoiaria o nome que fosse escolhido na convenção do PDT. Mas, no período da tarde, o prefeito teria mudado de opinião. “Do jeito que as coisas estão sendo encaminhadas, dificilmente os cacos serão recolhidos e colados. O mais provável é o rompimento entre o prefeito e o governador”, alertou um vereador pedetista.

Na convenção de amanhã, das 8h às 17h, na sede do Lítero, 153 convencionais estarão aptos a votar. A cúpula estadual do partido intensificou todos os esforços no convencimento dos eleitores para garantir a vitória a Moacir Feitosa. Os trabalhos estavam sendo realizados bem ao lado do gabinete do governador, na sala do secretário-particular de Jackson Lago, ex-deputado Luis Pedro.

O prefeito Tadeu Palácio, assistindo a tudo calado, teria reagido ontem durante encontro com um grupo de evangélicos. Os pastores, em seguida, avisaram que se Clodomir Paz não sair vitorioso da convenção, irão apoiar o nome de João Castelo.       

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Nenhuma surpresa

Não causou nenhuma surpresa a rejeição pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa ao pedido de autorização para que o Superior Tribunal de Justiça dê prosseguimento a ação penal contra o governador Jackson Lago, supostamente acusado de participação no esquema “Navalha”.

As acusações que pesam contra Lago são atribuídas a terceiros, via conversa telefônica. Algumas dessas pessoas chegaram a citar o nome do senador José Sarney, que sequer foi incomodado pela operação da PF.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sem consistência

Quem conhece o passado e a história de vida de Jackson Lago não acredita nas denúncias e muito menos no seu envolvimento com a corrupção praticada pelo dono da Guatama, Zuleiro Veras.

Hoje, dois deputados da bancada de oposição diziam que talvez nem compareçam para votar, em plenário, no parecer da CCJ sobre a questão. Certos de que o governador é sério e honesto.        

 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Na muda

O pré-candidato do PDT, Clodomir Paz, adotou o silêncio como estratégia até que seu nome seja em definitivo oficializado pelo partido. É que Julião Amin e Moacir Feitosa ainda tentam assustar ou atrapalhar até o dia da convenção, no sábado.

 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

A demissão de Feitosa

O professor Moacir Feitosa estava com o pé de fora da Secretaria de Educação desde o início de maio. Não que seu trabalho tem desagradado ao prefeito Tadeu Palácio ou aos professores. Ao contrário.

Ocorre que o professor conseguiu uma vaga no conselho de educação nacional com salário igual ao de secretário e projeção melhor. Sabia que, após decidir ir à convenção do PDT, batendo de frente com o prefeito Tadeu Palácio, não tinha mais condições para permanecer no cargo, só restou a saída honrosa.

 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.