O alívio do velho HGV

 

 A inauguração do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), prevista para depois de amanhã, acontece em boa hora, mas há de se convir, já vem tarde. Sua função deve ser a de primordialmente suprir as deficiências do maior Hospital do Estado, o Getúlio Vargas, na questão das urgências. A situação do HGV há muitos anos é deplorável no tratamento de urgência. Causa pena ver doentes amontoados pelos corredores em macas sucateadas quando não, alojados fora das dependências do Hospital. É impressionante como se materializou historicamente no Piauí, aquela máxima de que “em casa de ferreiro o espeto é de pau”, pois nos últimos 35 anos diversos médicos foram Governadores do Estado e jamais resolveram definitivamente o problema do HGV. Essa radical mudança se dá em função da vontade política de fazer de um governador (Wellington Dias) que não é médico e do secretário (Assis Carvalho) que também passou ao largo de qualquer faculdade de ciências da saúde. Mas que tiveram a visão e a sensibilidade de juntar seus esforços aos do prefeito de Teresina, Silvio Mendes para que colocasse em funcionamento o hospital municipal. O HUT terá instalações mais adequadas que o HGV, pois foi aparelhado com equipamentos de última geração e com condições de tratar decentemente os pacientes que para lá serão encaminhados em casos de urgência. Quando médico se arvora de ser ‘especialista em estradas’, dá para entender o desleixo deles à frente do governo em relação ao setor saúde.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Só eles

O Piauí, estado nordestino pobre igual ao Maranhão, começou a ser abençoado pelo santo Lula. A ministra Dilma Roussef assina, nesta segunda-feira, quatro convênios para o Programa de Territórios da Cidadania.

Algo em torno de R$ 700 milhões. O Maranhão, é bom lembrar, também já foi contemplado: R$ 400 milhões. E ainda tem petista garantido que não há discriminação. Então, tá!

Aliás, soube que a vinda de ministros ao Maranhão estarão suspensas até a segunda ordem. Confesso que não acredito.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Longe do Maranhão

O presidente Lula estará nesta segunda-feira em Teresina. Em São Luís, nem pensar! Depois de 20 anos um presidente da República inaugura um hospital para atendimento especiais.

Mais um sinal de que a medicina (saúde) avança no Piauí. Lula, mais uma vez, não vem ao Maranhão. E todos devem saber o motivo. Coisas da política. Lamentável.

Vai reinaugurar o “Pronto Sccorro”,  como é conhecido o maior hospital público do Piauí. Há 18 anos,  para os que ainda não sabem, o hospital, foi construído pelo então presidente José Sarney. Enquanto isso, no Maranhão, o presidente da época, nada fez na área de saúde.

   

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Udes Filho

O blogue de Udes Filho cobra mais assiduidade do meu blogue. Talvez, com razão! Entendo apenas que devo passar informações sem linguiça, carne de porco, feijoada, factóides ou meras especulações. Admiro o blogue do jornalista Ricardo Noblat. Nem sempre é assíduo, Detesto os bloglues reduntantes. Ou os que especulam sempre sem sair da mesma órbita para buscar leitores.  Aqueles que criam os recriam os mesmos fatos.

Devo dizer a Udes Filho que às vezes relaxo a notícia (plantada) e já divulgada com abundância ou não divulgo fatos que me parecem de interesses particulares.  Ao contrário de muitos, não coloco as pernas acima do pensamento, não corro antes dos acontecimentos. Nem sempre a antecipação é fato.

O jornalista Marcos Deca costuma dizer que no Maranhão só existem três bons jornalistas bem informados: ele, Décio Sá e Luis Cardoso. E acrescenta que nem sempre estar bem informado significa divulgar a informação sem concluir o seu teor, a verdade do fato. Não colocar a carroça à frente dos bois.

Admito, sim, a sua persitência jornalistica, herança do seu velho pai, ainda um batalhador e destimido homem da imprensa do nosso tempo. Continue assim, a exemplo de seu pai, um abnegado pela Liberdade de Imprensa!   

Abraços, Luis Cardoso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Nova sede da RT

A Rádio Timbira sairá do Bairro de Fátima. Funcionará na Montanha Russa, entre a Secom e o ICBEU. Portanto, bem próximo dos olhos do secretário Zeca Pinheiro. Não muito longe do alcance do Palácio dos Leões.

Já a torre de transmissão, que seria transferida do Macaranã para o Sítio Santa Eulália, no Calhau, ganhará novo lugar. Vai ser instalada em um estaleiro que fica do outro lado do Bacanga. Bem aos olhos, também, do Palácio dos Leões.   

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Rádio Timbira

Fui o primeiro a receber a informação da escolha do radialista da Educadora, Henrique Pereira, para assumir a gestão da Rádio Timbira. Em seguida, o jornalista Marcos Deça recebeu a mesma informaç/ao. Ficamos os os dois sem saber o que fazer, na Assembléia Legislativa. Ele querendo postar a informação no seu blogue e eu ligando para o Jornal A Tarde para que Pablo (filho) ou Luceli (esposa) colocasem a notícia.

Deça teve trabalho porque a internet estava fora do ar. No A Tarde não foi possível porque havia instabilidade no meu servidor. Não que estivessemos disputando, mas o fato que ocorreu na Rádio Timbira, que culminou com a exoneração de Gilberto Lima,  dominou o noticiário local. E portanto, todos queriam saber que seria o substituto de Lima.

  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Operação Bolsa-Receita

A Polícia Federal do Maranhão, através de sua Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários e a Receita Federal do Brasil estão realizando na data de hoje, a Operação Bolsa-Receita, contra escritórios de contabilidade e prefeituras que estariam envolvidas em um esquema fraudulento de envio, via internet, de declarações de imposto de renda falsas.

As suspeitas são de que as prefeituras de Parnarama, São Vicente Férrer, São Domingos do Maranhão e Satubinha, todas no Estado do Maranhão teriam enviado à Receita Federal declarações de imposto de renda retido na fonte, falsas, listando pagamentos por remuneração de serviços prestados por pessoas físicas e retenções de imposto inexistentes de fato. Foram identificadas nos últimos exercícios fiscais cerca de 550 declarações falsas de imposto de renda pessoa física, informando rendimentos provenientes dessas prefeituras com restituições médias em torno de R$ 6.000,00.  Estranhamente os contribuintes titulares dessas restituições seriam, na sua grande maioria, pessoas extremamente humildes, que jamais teriam condições de auferir os rendimentos declarados, alguns deles figurando, inclusive, no programa bolsa-família, daí o nome da Operação “Bolsa-Receita”. De acordo com levantamentos da Receita Federal, corroborado com as investigações da Polícia Federal o total de restituições forjadas pelo esquema ultrapassaria a cifra de R$ 3 milhões, dos quais, aproximadamente R$ 1 milhão teria sido efetivamente recebido pelos fraudadores. Estão sendo cumpridos mandados de prisões temporárias contra 04,quatro, contadores, bem como mandados de busca e apreensão nas prefeituras de Parnarama, São Vicente Férrer e Satubinia e nos escritórios e residências dos contadores em São Luis.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

indefinição

Os jornalistas Marcos Deça e Décio Sá, hoje nos seus blogues, avaliam que o prefeito Tadeu Palácio perdeu o comando da sua própria sucessão. Ou, na menor da hipóteses, que sua indecisão o tornou coadjuvante no processo. Não concordo.

Aqui no meu blogue disse há dois meses que a indefinição de Tadeu Palácio abria espaços para o avanço, principalmente, da candidatura de João Castelo. Tinha razão. Castelo já ultrapassou seu teto, mas nada que assuste a quem acompanha o processo eleitoral de São Luís. É um filme repetido.

Participei da entrevista coletiva do governador Jackson Lago, no dia 30 de dezembro do ano passado, salvo engano. Indagado sobre a eleição na capital e a demora na escolha do candidato (pergunta feita pela jornalista Kátia Persovisan, do Jornal Pequeno), o governador foi claro ao recomendar a Tadeu que ainda era cedo para indicar seu candidato, dele também.

Recordo como se fosse hoje: O governador alertou ao prefeito para que tivesse cautela. “Ainda é cedo. Se escolher agora teremos dois prefeitos, o que vai atrapalhar a boa adminsitração que ele vem fazendo na cidade. Isso é coisa para o final de maio”, sugeriu Jackson Lago.

Então, a “indefinição” de Tadeu e a sugestão de Jackson podem ser uma combinação clara e transparente. Não creio em racha entre os dois. O prefeito acatou o conselho do experiente governador em eleições municipais. Quem sabe não nos aguarda uma surpresa. Coisas da política.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Enquete

Mais ou menos uns 45 dias decidi faz uma enquete sobre os candidatos que ocupam cargos na administração municipal de São Luís, que estão no páreo para suceder a Tadeu Palácio. A pergunta é sobre quem tem o melhor perfil para administrar a cidade. A consulta, é bom lembrar, não tem valor científico, mas assanha os militatantes das pré-candidaturas e envolve outros que costumam acessar o meu blogue.

O resultado até agora aponta o professor Moacir Feitosa disparado com 62%, seguindo de Clodomir Paz com 20%, Canindé Barros com 12% e a vice-prefeita Sandra Torres com 6%. Encerro a consulta virtual em 10 de maio.     

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Aposentados

Um grupo de deputados, quando foi enterrado o Fundo de Pensão Parlamentar da Assembléia Legislativa do Maranhão, optou pela aposentadoria. Outro grupo aceitou receber tudo o que contribuiu durante anos de mandato, a exemplo do que aconteceu na Câmara Federal. Até aí tudo bem.

Ocorre que os que ficaram com o benefício da aposentadoria (proporcional ao número de mandatos) e estão na ativa, percebem dois contracheques: um como aposentado e outro pelo exercício do cargo. Aí encontra-se a ilegalidade. A coisa vem desde o período em que a AL estava sob o comando do deputado Manoel Ribeiro.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ganhos

O presidente regional do PSDC no Maranhão, advogado Antônio Aragão, disse que a decisão do PT em apoiar a pré-candidatura do deputado federal Flávio Dino (PCdoB) para prefeito de São Luís, só forteleceu ainda mais o pré-candidato do seu grupo, o secretário da SMTT, Canindé Barros. Na sua avaliação, a opção da maioria dos petistas enfraqueceu o PDT, o que verdadeiro.

O dirigente do PSDC informa que quatro partidos estão firme no apoio a Canindé, a sua agremiação, o PMN, PSL e PRP. Aguarda ainda a adesão de mais outros dois partidos, o PP do deputado federal Waldir Maranhão e o PTB do deputado federal Pedro Fernandes. Tudo é possível.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Demagogia

O prefeito de Paço do Lumiar, Gilberto Aroso, anunciou hoje aos professores o pagamento de mais dois salários até o final deste ano. Assim, a prefeitura pagará aos professores 16 salários. E o restante dos funcionários?  Gilberto, que pertence ao clã Aroso, que manda há mais de 50 anos em Paço do Lumiar, quer, na verdade, contratar cabos eleitorais e pagar antecipado. Sabe a força eleitoral e a influência que tem um professor dentro e fora da sala de aula junto as famílias dos estudantes.

Ora, se o prefeito não estivesse praticando demagocia barata com o dinheiro do Fundeb, deveria construir escolas em seu município com o dinheiro que ele diz ter sobrado da educação. Paço do Lumiar, cidade que só existe no mapa por causa de interesseiros eleitoreiros, tem uma rede fraca de escolas. Nos povoados, então, nem se fala.

Quem se arrisca a andar pelas ruas do bairro mais desenvolvido da cidade, o Maiobão, pode cair em atoleiros, crateras, ser assaltado a qualquer hora, pisar em fezes por causa dos esgotos estourados e topar nos outros por falta de iluminação pública.

Mas à oligarquia Aroso pouco importa os problemas de Paço do Lumiar. O importante é não perder o poder, que chegou a ser ameaçado pelo prefeito desastroso Mábenes Fonseca. A família retomou as rédeas pela posse do vice, Gilberto Aroso, que agora quer eleger a prima. E corre por fora Bia Aroso, tia de Gilberto, com chances de vencer, para aumentar mais ainda a infelicidade da população de Paço do Lumiar, um lugar que só existe no mapa, no bolso e e na imaginação dos Arosos.    

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.