Buracos

O prefeito João Castelo, na primeira semana da sua administração, anunciou uma operação de guerra para preparar a capital para o período invernoso. Na ocasião, as chuvas estavam ensaiando a dança das águas.

Na segunda quinzena foi colocada uma operação, mas apenas para desobstrução de valas e galerias. Agora mais recentemente outra operação para enfrentar 20 pontos de alagamentos na cidade. Medidas preventivas, diga-se de passagem.

Porém, o prefeito ainda não enfrentou aquilo que é e será mais ainda um dos grandes problemas de São Luís: a buraqueira em ruas e avenidas da cidade.

Em algumas vias os buracos, até a semana passada, eram pequenos. Hoje estão se transformando em crateras. Os buracos já existentes, principalmente na perifieria, estão deixando as ruas intransitáveis.

Uma operação tapa-buracos deveria ser incluída no plano emergecial ou na operação de guerra, como queiram os governantes. Do contrário, chegaremos ao final do inverno com a cidade pior do que tábua de pirulito, elevando os custos da recuperação, mas deixando sorrindo alguns donos de construtoras.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Calote

A Segurança Cidadã encerrou o ano de 2008 como a secretaria estadual que mais deu calote no mercado. Quase empata com a Caema.

Enquanto a Segurança Cidadã levou dois empresários do ramo de material de expediente a falência, a Caema fechou três lojas, sendo duas delas de informática.

A secretária Eurídice Vidigal, que só paga corretamente as empresas que operam na Segurança Cidadã sem licitação, a maioria de fora do Estado, vai administrar agora um orçamamento de mais de 500 milhões.

Se antes, quando o orçamento era menor e Eurídice, quase ex-Vidigal, não deixou o cargo, apesar de todas as humilhações públicas, agora mesmo é que vai se eternizar.     

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Operação

O líder do governo na Assembléia Legislativa, deputado Edivaldo Holanda, acaba de se submeter a uma cirurgia no Hospital do Coração, em São Paulo. E passa bem.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Combantendo o analfabetismo

O governo do Estado, em parceria com o Governo Federal, vai executar programa para erradicar o analfabetismo no Maranhão.

Através da Secretaria de Educação do Estado pretende alfabetizar 300 mil pessoas até o final de 2009. Prova de que o índice de analfabetismo no Maranhão é alarmante.

São Luís não deixa por menos. São mais de 80 mil analfabetos que moram na capital. A administração de João Castelo também deve executar ações para acabar com essa vergonha nacional. 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Adiada audiência Dino x Castelo

O juiz da Primeira Zona Eleitoral, Lucas Neto, adiou para o dia 5 de fevereiro a audiência do processo em que a coligação de Flávio Dino pede a cassação do mandato do prefeito João Castelo por suposta compra de votos.

O prefeito João Castelo não compareceu  ao local da audiência. Estavam no TRE apenas os representantes (advogados) do tucano e o deputado federal Flávio Dino, o reclamante.  

Estou corrigindo neste momento a notícia porque fui informado que os dois candidatos não estavam na sala do juiz, que constatei minutos depois ser inverdade.     

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Aécio quer Sarney

O governador de Minas Geraes, Aécio Neves (PSDSB), também se manifestou agora há pouco pela candidatura do senador José Sarney à presidência do Senado Federal.

A senadora Ideli Salvati, líder do PT no Senado, informou que o presidente Lula teria ficado contrariado com o apoio do PSDB ao nome do senador maranhense.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

PSDB vai apoiar Sarney

A candidatura de José Sarney à presidência do Senado Federal acaba de firmar mais um acordo que lhe garantirá a vitória na eleição do dia 2 de fevereiro.

Depois de conversar com o próprio Sarney por telefone, o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso ligou para o senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, orientando para que os senadores tucanos votem no senador maranhense.

O PSDB é dono da segunda maior bancada no Senado Federal, seguido do DEM, que já fechou apoio ao nome de Sarney. No ninho tucano, Sarney ainda enfrenta a resistência do senador Tasso Jeiressati, que deve mudar de opinião após o partido selar com o acordo.    

O governador de São Paulo, José Serra, foi o primeiro a conversar ontem à noite com José Sarney e assumiu a missão de levar a bancada tucana para apoiar o peemedebista.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

O mesmo comportamento

O PDT nacional, do qual Jackson Lago é vice-presidente, cobrou coerência dos senadores filiados (são cinco) para não apoiarem o nome de José Sarney à presidência do Senado Federal.

Alegaram que o senador maranhense não tem identidade com os princípios do partido. E mais. argumentaram que Sarney é representante da arte da trairagem.

No mesmo momento, o PDT, que havia fechado questão com nome do deputado comunista Aldo Rabelo à presidência da Câmara Federal, pulou do barco para remar em favor do peemedebista Michael Temer. existe algo mais contraditório?   

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Feirinha do Vinhais será mantida

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Raimundo Cutrim, cassou agora no final da tarde a liminar do juiz Megbel Abdalla que proibia feirantes de comercializar seu produtos na Feirinha do Vinhais.

A decisão de Cutrim foi em acatamento ao pedido da Procuradoria Geral do Município. Por isso, os feirantes voltaram a ocupar o espaço desde hoje.

O prefeito João Castelo que avançar mais. Pediu o procurador que levante a situação de todo o terreno, que hoje é ocupado pela metade por um posto de combustível e por um shopping em construção.

Feirantes garantem que o terreno foi doado pela prefeitura da capital e que o dono do posto e do shopping seria o próprio Tadeu Palácio, ex-prefeito de São Luís. 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Lobão em São Luís

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, adiou para o próximo dia 27 sua vinda a São Luís para assinaturas de contratos com a Eletronorte e Cemar. A solenidade, que acontecerá nas dependências da Assembléia Legislativa, estava marcada para amanhã.

Com a Eletronorte, Lobão vai até a cidade de Santa Inês para inaugurar um linhão e com a Cemar vai autorizar o prosseguimento do “Luz Para Todos”.

A assessoria do ministro já convidou diversos prefeitos, além de outras lideranças políticas. Lobão quer mostrar força e prestígio.

O governador jackson Lago, que permanece em Brasília, vai amanhã para Porto Alegre participar de um fórum e retorna no dia 27 para receber o ministro Lobão.    

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Garibaldi declara apoio a Sarney

No mesmo instante em que a bancada do PDT decidiu apoiar a candidatura de Tião Viana, o presidente do Senado Federal, Garbaldi Alves, declarava apoio ao nome do colega José Sarney.

Alves afirmou que abriu mão de sua candidatura pela unidade do PMDB e por entender que Sarney tem melhores chances para vencer Tião Viana do PT.

Garibaldi Alves desmentiu que negociou com Sarney a renúncia em troca do cargo de presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal, mas garantiu que lutará por um alto cargo em uma das principais comissões da Casa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Jackson leva PDT a apoiar Tião Viana

Em Brasília, hoje pela manhã, o governador Jackson Lago teve participação decisiva para que a bancada do seu partido no Senado Federal optasse em favor do nome do senador petista Tião Viana.

Um dos primeiros a se pronunciar durante a reunião de Executiva Nacional, na presença da bancada, composta por cinco senadores, o governador do Maranhão criticou duramente o senador José Sarney e cobrou dos companheiros coerência com os princípios do partido.

“Temos que ser coerentes com os princípios do PDT de Leonel Brizola”, exigiu Lago. O governador é o vice-presidente nacional do partido. Em seguida usou da palavra o ministro do Trabalho, Carlos Lupi que orientou a bancada a votar contra Sarney.

No final, a bancada dos cinco senadores petistas decidiu apoiar a candidatura de Tião Viana à presidência do Senado Federal. A decisão foi comunicada ao presidente Lula por telefone.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.