Senador Roberto Rocha se reúne com prefeito de Pindaré e garante recursos para ajudar o município

Assunto principal foi o projeto de construção da ponte que Pindaré-Mirim a Monção

Na última sexta- feira, 02, o prefeito de Pindaré Mirim, Henrique Salgado (PC do B), se reuniu com o senador Roberto Rocha (PSDB) para apresentar as demandas do seu município. Ele foi acompanhado do assessor da MaxPlan Consultorias e projetos, e do seu Filho, Henrique. O encontro aconteceu no escritório de representação do senador, em São Luís.


Entre os pleitos que o prefeito entregou ao senador, estão a construção do Mercado Central Governador Luiz Rocha. O nome é em homenagem ao ex-governador do Maranhão e pai de Roberto Rocha.

Na oportunidade, eles também conversaram sobre o projeto de construção da ponte que liga Pindaré-Mirim ao município de Monção. A obra está orçada em cerca de R$14 milhões, tem 131 metros de extensão, e será feita por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A ponte vai interligar a Baixada Maranhense ao Vale do Pindaré. Segundo o prefeito, o projeto já está em fase de conclusão e a obra será entregue a daqui a aproximadamente 20 dias.

O senador Roberto Rocha enfatizou a importância dos recursos que ele destina para os municípios maranhenses.

“Pindaré-Mirim, assim como todos os outros municípios do nosso estado, merecem todo o nosso cuidado. Não vamos medir esforços para mandar recursos e ajudar a melhorar a vida das pessoas”, disse Roberto Rocha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Flávio Dino mostra a cara e persegue médico amigo de Bolsonaro no Maranhão

APENAS UM DESABAFO…

Por Allan Garcês

Hoje aliados esquerdistas do Governador Comunista do Maranhão resolveram mostrar o quanto são democráticos e respeitam a liberdade de expressão. Votaram contra a concessão do Título de Cidadão Maranhense à minha pessoa, à minha história de vida e à profissão que tenho no Estado.

Como Médico, como Professor da Universidade Federal do Maranhão e agora atualmente como Diretor Executivo no Ministério da Saúde tenho contribuído muito para o Maranhão. Mas emfim isso não foi suficiente para que reconhecessem, talvez se eu invadisse celulares de autoridades do Governo Federal, atacasse o Presidente Bolsonaro, esbravejasse em alto e bom tom “EleNão”, gritasse “Lula Livre” e usasse camisa de “Mariele Vive”, eu recebesse não só o Título de Cidadão, mas a mais alta honraria a ser entregue pelo Governo do Estado.

No entanto, como eu tenho conquistado meu espaço político independente com muita luta, trabalhando honestamente, com princípios éticos e morais, ajudando o nosso Estado com um trabalho sério executado no Ministério do então Presidente da República, isso tudo para eles não sou merecedor. Isto pra não afimar que estariam me discriminando por ter nascido em Belém do Pará.

É senhores deputados esquerdistas, vocês demonstraram que o Governador e vocês estão se sentindo bastante incomodados com as minhas posições políticas e desta forma rejeitando o meu direito constitucional de escolha e de livre manifestação do meu pensamento. Mas o povo está vendo que a Democracia que vocês tanto dizem defender, só serve para os “amigos do rei”. Mas uma vez sou vítima da perseguição implacável do Senhor Governador.

Mas continuarei fazendo o meu trabalho com mais dedicação ainda para o meu querido Maranhão, enquanto aguardarei ansioso a chegada de 2020.

Se você acha que sofri uma injustiça por tudo que tenho feito pelo Maranhão, passe em frente este meu desabafo, compartilhando para que os Maranhenses e o Brasil todo saibam que aqui a Democracia NÃO é para todos no Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Fábio Macedo destaca sanção de projetos de sua autoria que combatem depressão e alcoolismo

O deputado Fábio Macedo (PDT) destacou, na sessão desta segunda-feira (5) da Assembleia Legislativa, a sanção de projetos de lei de sua autoria que criam a Política de Atenção, Acompanhamento e Tratamento do Alcoolismo entre homens e mulheres e o que institui o programa de Auxílio a Pessoas com Depressão no âmbito da Rede Pública Estadual de Saúde, ambos sancionados pelo governador Flávio Dino (PCdoB). 

Durante o discurso, diversos deputados em plenário enalteceram a importância da medida, por criar uma política de combate ao alcoolismo e da depressão.

Fábio Macedo citou que no domingo o programa Fantástico, da Rede Globo, começou a exibir um quadro do médico Dráuzio Varela, que aborda o tema da depressão. “Algo que vem sido falado não só no Maranhão, não só no Brasil, mas, no mundo inteiro, mas que, infelizmente, vem crescendo muito”.

Explicou que o quadro do médico Dráuzio Varella, chamado “Não tá tudo bem, mas vai ficar”, teve como o seu primeiro convidado a cantora sertaneja Paula Fernandes, que, corajosamente, falou de um grande problema do qual foi vítima, que é a depressão. “Eu gostaria aqui de homenageá-la por sua coragem”, disse.

“Tivemos a grande felicidade, meus nobres colegas, que por meio deste deputado que vos fala, esta Casa aprovar esse tão importante Projeto de Lei, em que saímos na frente aqui no estado do Maranhão”, afirmou.

Macedo destacou que foi sancionado, também, o Dia de Combate à Depressão, a ser comemorado em 13 de setembro. “Todos esses problemas, meus amigos, inclusive do alcoolismo, das drogas, quem passa pela depressão às vezes submerge a ir ao fundo do poço buscando o álcool, as drogas e diversas doenças”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, hoje, mais de 300 milhões de pessoas já sofrem com a depressão, segunda doença que mais cresce. “Todos esses problemas, meus amigos, inclusive do alcoolismo e das drogas, quem passa pela depressão às vezes submerge a ir ao fundo do poço buscando o álcool, as drogas e diversas doenças”, afirmou.

Fábio Macedo agradeceu ao governador Flávio Dino, por haver sancionado os projetos e aos colegas de plenário por haver enaltecido a importância das matérias.

Deputados elogiam iniciativa

O deputado Roberto Costa (MDB) foi o primeiro a fazer apartear o discurso do colega. “Essa questão da depressão, das drogas, do alcoolismo que são situações que acontecem na vida de muitas famílias e que terminam, na verdade, criando um clima, um sistema de infelicidade muito grande. E o seu projeto vem exatamente reforçar essa luta, o combate a essas situações que têm atingido boa parte da população do Estado, boa parte da população do Brasil”.

Em seguida, o deputado Duarte Júnior (PCdoB) falou sobre o assunto. “A Constituição Federal de 1988 estabelece não só o direito à vida, mas o direito de estar vivo com qualidade. Não é tão somente o direito de sobrevivência, mas o direito de viver com qualidade, usufruindo os seus direitos. Por isso, congratulo Vossa Excelência pelas iniciativas, pela aprovação dos projetos, pela legislação que está sendo aprovada e por ter tomado essa iniciativa de forma pioneira”.

O deputado Glalbert Cutrim (PDT) também parabenizou Fábio Macedo. “Temos visto aqui, na Casa, nos últimos meses, a preocupação com diversas doenças que hoje estão assolando bastante não só a nossa vida aqui em São Luís, no nosso estado, mas em todo mundo, como depressão e diabetes”.

Outro que elogiou a importância das matérias foi Neto Evangelista DEM). “Vossa Excelência se apresentou de forma muito corajosa como uma pessoa que entendia do que estava falando e ascendia quando começou a trazer a esse tema  à nossa sociedade,  a necessidade  de  se debater este tema,  de  abrir os olhos daquelas pessoas que passam por esse problema.  Abrir os olhos das famílias dessas pessoas, que às vezes acham que é besteira e não é. É uma doença”, analisou.

A deputada Cleide Coutinho (PDT) também elogiou o colega de plenário. “Admirei muito a sua coragem de assumir que estava deprimido, estava precisando de ajuda. Parabenizo a sua humildade, a sua inteligência e a sua coragem de lutar pelo nosso povo”.

No final, Fabio Macedo agradeceu a Deus por ter conferido a ele sabedoria, encaminhando-o sempre para fazer as coisas boas. E agradeceu a todo povo do Maranhão e às suas lideranças, que não deixaram de acreditar em seu trabalho.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Famem participará de audiência pública sobre vínculos na Câmara de São Luís

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão participa nesta quarta-feira (7), a partir das 15 horas, de audiência pública na Câmara Municipal de São Luís com objetivo de discutir o acúmulo irregular de cargos público nas esferas municipal e federal. 

A Audiência é uma proposição apresentada pelo vereador Pavão Filho (PDT) presidente da Comissão de Constituição, Justiça, legislação, Administração, Assuntos Municipais e Redação da Câmara.

O advogado Irlan Kelson Mendonça da Coordenadoria Jurídica da Famem será palestrante do painel realizado no plenário Simão Estácio da Silveira, na Câmara. Irlan Mendonça participou da série de encontros regionais promovidos pela Famem, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado, TCE, para tratar sobre o tema.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Dono de empresa que ganhou dinheiro da CEF e não fez obras em cidades é nomeado superintendente do Incra-MA

O empresário Mauro Rogério Maranhão Pinto foi nomeado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, como superintendente do Incra no Maranhão em substituição a George de Melo Aragão. Mauro Rogério é dono da empresa Hidraelle, que foi contratada por diversas prefeituras maranhenses conveniadas com a Caixa Econômica Federal para a execução de serviços de esgotos e não conseguiu concluir as obras, mas levou o dinheiro.

Os convênios foram todos bancados pelo Governo Federal através de seus órgãos, como em Arari pela Funasa, Santa Inês com o Ministério das Cidades, Miranda do Norte pela Funasa, e Bacabal com o Ministério das Cidades. Neste último caso, a Comissão de Obras da Assembleia Legislativa foi até Bacabal para inspecionar a obra que foi entregue inconclusa.

O que causa surpresa, além da nomeação  de Mauro Rogério pela Presidência da República para a Superintendência do Incra no Maranhão, foi os olhos cegos da Caixa Econômica liberar recursos sem a devida fiscalização das obras.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Condenado a mais de 5 anos de prisão, ex-prefeito de Barão de Grajaú manobra nos bastidores para não ser preso

Blog do Marcelo Vieira

Condenado em 2ª instância pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão,  o ex-prefeito de Barão de Grajaú, Raimundo Nonato e Silva ainda sonha em voltar à vida pública e retornar ao comando do município. Para isso, o ex-prefeito tem se movimentado nos bastidores para  evitar sua prisão.  Segundo o acórdão, ele deve ser preso nos próximos dias para cumprimento da pena de  5 anos e 6 meses.

Como é sabedor que é praticamente impossível reverter sua condenação no TJ-MA, Raimundo Nonato já trabalha o nome de sua atual mulher Claudimê Lima, que deve  disputar pela segunda vez as eleições. Em 2016  ela saiu derrotada das urnas.

Raimundo Silva foi condenado em primeira e segunda instância por conduta delituosa tipificada pelo artigo 89 da lei 8.666 no âmbito licitatório atinente ao Fundo Municipais de Assistência Social. Para o poder judiciário,  Raimundo Silva ” tem o hábito de fazer mau uso dos recursos públicos ” ” o que motivou sua condenação em pelo menos três outros processos”.

O ex-prefeito também teve seus direitos políticos suspensos  por 13 anos e 4 meses, e ainda foi proibido de contratar com o Poder Público por 8 anos e 4 meses, além de condenado ao pagamento de multa civil equivalente a 50 vezes o valor da remuneração que recebia em 2007.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

A quem Bolsonaro quis chamar de governador ladrão? Ao menos de pior do Nordeste ele já classificou Flávio Dino

Em passagem pelo Nordeste, em menos de um mês quando classificou o governador do Maranhão como o pior da nossa região, o presidente Jair Bolsonaro deu uma declaração que incomodou ao dizer que ele tem preconceito com governador ladrão, se referindo a um mandatário nordestino, sem citar nome. A quem ele estava chamando de ladrão?

“Não estou aqui com colegas nordestinos para fazer média. Não existe essa história de preconceito. Agora, eu tenho preconceito com governador ladrão que não faz nada para o seu estado”, afirmou.

O presidente demonstrou insatisfação com os governantes que se aproveitam de obras federais como se fossem suas e esquecem de falar que fez as melhorias e, por isso, mandou um recado aos que não citam o nome do governo federal no apoio que recebem na criação e execução das obras.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Bolsonaro assina MP para antecipar 1ª parcela do 13º a aposentados

Metrópoles 

Objetivo, segundo o governo, é movimentar a economia e dar garantia de pagamento em data fixa
José Dias/PRJOSÉ DIAS/PR

(Brasília – DF, 13/05/2019) Briefing do Porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros.rFoto: José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou, na noite desta segunda-feira (05/08/2019), uma medida provisória para liberar a antecipação da primeira parcela do 13º salário para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em data fixa.

Os beneficiados vão receber, anualmente, entre o fim de agosto e o início de setembro, 50% do valor do benefício junto ao pagamento do salário. A movimentação econômica é de R$ 21,9 bilhões, destinados a 30 milhões de pessoas.

Depois do anúncio, feito pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, o ato foi comemorado por Bolsonaro no Twitter.

– Medida Provisória assinada hoje garante a antecipação de metade do 13° dos aposentados e pensionistas para o mês de agosto. Essa MP proporciona segurança e previsibilidade para os aposentados e pensionistas, que terão a garantia de receber todo ano esse pagamento no mesmo mês.

Os últimos ajustes no texto, que ainda não foi divulgado, foram feitos pelo secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, junto ao subchefe interino para assuntos jurídicos da Casa Civil, Jorge Antonio de Oliveira, também ministro da Secretaria-Geral da Presidência.

De acordo com Rêgo Barros, embora a antecipação seja usual, o objetivo é que o adiantamento do benefício seja estabelecido por lei para que haja garantia de pagamento em data fixa.

“Esse ato hoje assinado, além de aquecer a economia, proporciona a segurança e previsibilidade para os aposentados, que terão a garantia e a certeza de que receberão essa antecipação todos os anos. Deixa de ser uma política de governo e passa ser uma política de Estado”, disse o porta-voz.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

“Há um olhar muito especial ao Maranhão”, diz Roberto Rocha sobre Bolsonaro

A convite do presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), General João Carlos Jesus Corrêa, o senador Roberto Rocha (PSDB) prestigiou a entrega de 1.570 títulos de terra, na última sexta-feira, 02, na sede da superintendência da instituição, em São Luís. O evento reuniu cerca de mil pessoas, entre lideranças políticas e assentados. 

A iniciativa proveniente da Operação “Luz no Fim do Túnel”, desenvolvida pelo INCRA, tem o objetivo de ampliar a emissão de títulos definitivos a beneficiários da reforma agrária em todo o Brasil. Ocorrida em três estados da federação, Sergipe, Pernambuco e Maranhão, a ação de entrega dos títulos concentrou o maior número de assentados favorecidos no Maranhão: 1.570 títulos em 23 municípios.

Esmeriana dos Santos Barbosa, do Assentamento Monte Lírio, no município de Araguanã, recebeu seu título de terra, simbolizando todos os assentados presentes, e falou da emoção de receber a titulação: “Foi um sonho realizado. É como se nós tivéssemos terminando a nossa produção anual com uma colheita muito satisfatória. Então, essa emoção é parecida com a de hoje, de nós sabermos que temos posse da nossa terra”, comparou.

O senador Roberto Rocha destacou de forma positiva a iniciativa do INCRA, lembrando que a grande quantidade de pessoas na zona rural não tem onde morar e produzir : “ Eu vejo essa política pública aqui desenvolvida pelo Incra com muita alegria e com muito entusiasmo, porque o Maranhão, além de ser muito grande, tem a maior população rural do Brasil. Dos quase um milhão de assentados do país, o nosso estado tem 130 mil assentados. Portanto, nós temos mais de 10% desse universo, e precisamos, sim, de uma atenção especial”, enfatizou Rocha, que ainda sugeriu ao presidente do Incra, investimentos em modernas tecnologias de georreferenciamento, fazendo uso do satélite do governo federal, de forma a proporcionar excelência no trabalho de titulação.

Em discurso, o Presidente do INCRA, João Carlos Jesus Correa, relatou o trabalho da operação “Luz no Fim do Túnel”, que tem priorizado os estados da região Norte-nordeste. Segundo ele, das 236 mil famílias nordestinas, apenas 5% possuía títulos de terra definitivos, ou seja, 12 mil famílias. “Essa equação nefasta vem sendo mudada pelo trabalho que estamos realizando no INCRA. Há duas semanas, realizamos o início da operação “Luz no Fim do Túnel”, em um esforço com prioridade no Nordeste, em sistema de mutirão, para aumentar a quantidade de titulações. O Maranhão encontra-se entre a Amazônia e o Nordeste, ele integra os dois lados dessa enorme área nacional carente e abandonada ao longo dos últimos anos. Nós estamos mudando essa realidade”.

O senador Roberto Rocha ressaltou a deferência do governo federal em relação ao Maranhão: “Eu não poderia deixar de dar esse testemunho do trabalho do governo federal que vejo em Brasília, do empenho e da boa vontade de fazer esse país acertar. E dentro desse contexto, há um olhar muito especial ao Maranhão. O presidente Jair Bolsonaro determinou que o Incra tivesse esse olhar especial. Por isso o presidente da instituição se encontra aqui em nosso estado”, ressaltou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeito Edivaldo anuncia programa São Luís em Obras com ações em várias áreas

 O prefeito Edivaldo Holanda Junior anunciou nesta segunda-feira (5), em suas redes sociais, o programa “São Luís em Obras”, que será iniciado ainda este mês. O pacote de obras contempla serviços na área de infraestrutura com macrodrenagem e pavimentação, construção de pontes, de mercados, requalificação de praças, intervenções viárias, entre outras.

As obras são anunciadas logo após o período de fortes chuvas, como já havia sido dito pelo prefeito Edivaldo. Este ano São Luís registrou o maior volume de chuvas das últimas décadas, o que trouxe grandes transtornos para a população.

“Apesar das condições adversas, por ocasião do rigoroso inverno, mantivemos nossas equipes nas ruas atendendo as demandas mais urgentes de infraestrutura. O nosso compromisso é recuperar todos os danos. Agora que as chuvas deram uma trégua vamos iniciar um novo programa que contempla obras em diferentes áreas e chegam a várias regiões da cidade com serviços de macrodrenagem, pavimentação, construção de pontes e outros que vão garantir mais mobilidade e qualidade de vida para a população”, disse o prefeito Edivaldo acrescentando que os recursos para os serviços já estão assegurados.

Algumas obras previstas já haviam sido anunciadas, como a reforma e construção dos mercados do São Francisco, Cohab e Coradinho. O Mercado das Tulhas, na Praia Grande, no Centro Histórico da capital, passará por reforma em toda a sua estrutura física, para melhorar os serviços prestados ao público no espaço e resgatá-lo como ponto turístico da cidade.

O pacote de serviços do São Luís em Obras inclui ainda a requalificação da Praça da Saudade, Praça da Misericórdia e entorno; requalificação do Parque do Bom Menino, Praça da Bíblia e entorno, intervenções viárias em diferentes pontos da cidade, entre outros.

Com o novo programa, a Prefeitura de São Luís segue ampliando os investimentos na melhoria da infraestrutura da cidade. As obras somam-se às diversas já executadas pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, visando transformar os espaços públicos e devolver à população uma cidade muito mais estruturada e bonita.

Além das obras que integram o programa já anunciadas pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior, outras serão detalhadas ainda este mês, a partir do início da execução do São Luís em Obras.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Leonardo Sá recebe visita de Othelino Neto em sua residência em Pinheiro

Nesta noite de sexta (02), o deputado estadual, Dr. Leonardo Sá (PL), recebeu seu amigo e presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), na sua residência em Pinheiro-MA.

Momento em que conversaram sobre a atual política local para alinhar a parceria em Pinheiro, através de novos projetos no segundo semestre parlamentar, com ações produtivas para o Maranhão.

“Aproveitei para reafirmar meu compromisso com a cidade, onde irei disputar as eleições municipais para a prefeitura de Pinheiro em 2020”, declarou o Dr. Leonardo Sá.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeito indiciado pela PF em Palmas, vice-presidente do PSB, convida Flávio Dino para ser candidato pelo partido

O milionário ex-prefeito de Palmas , o colombiano Carlos Amastha, que foi indiciado pela Polícia Federal por irregularidades em processos de licitações e por causa de cobranças absurdas nas taxas do IPTU, Lançou convidou ontem o governador do Maranhão, Flávio Dino, a ingressar no PSB, partido em que ele é vice presidente nacional.

Dino falou que é amigo do colombiano de muitos anos e citou uma passagem bíblica em que fala que existe tempo para todas as coisas, tentando desconversar aquilo que já está praticamente fechado. O governador deve deixar o PC do B no próximo ano.

Confira abaixo o convite feito pelo milionário ao não tão pobre Flávio Dino:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.