Engenheiro civil competente, técnico sem envolvimento político em eleições até ontem, Aparício Bandeira tem seu nome envolvido em contratações de empresas observadas por investigações do momento. 

O homem forte do governo de Carlos Brandão deve rezar para seu patrão ser reeleito, sob pena de ser investigado nas relações com empresas contratadas para serviços de abertura e conservação de estradas a preços superfaturados e, o que pior, com empreendimentos eleitoreiros.

Políticos, como prefeitos, deputados estadual e federal, até vereadores estão sendo chamados para acordos políticos que resultam em pavimentação de estradas com o único objetivo de garantir a reeleição do governador Carlos Brandão.

A operação com o uso dos maquinários vem sendo arquitetada pelo secretário José Reinaldo Tavares, aquele mesmo  que foi preso e algemado pela Polícia Federal por corrupção na infraestrutura do seu governo e ainda despontou como o responsável pela cassação do mandato do seu substituto, o saudoso governador Jackson Lago.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.