A decadência política do ex-governador vem contaminando aliados. A maneira como tem exigido com os parceiros vem levando sua escolha pessoal para sucedê-lo,  ao buraco, valorizando técnicos inexperientes em detrimentos dos políticos que conhecem melhor o riscado.

As tesouradas dinistas estão até hoje alcançando cargos indicados pela base e agora miram para cima de outros poderes, como o Legislativo. E como coordenador de campanha de Flávio Dino ao Senado Federal, o presidente Othelino Neto acata tudo.

Aliás, o ex-governador, caso não consiga eleger sua chapa, o que é muito provável, vai cair e derrubar os outros, inclusive Othelino, que estava trilhando um caminho exitoso.

O atual presidente da Alema é uma das raras novidades políticas, com habilidade fora do comum e muito respeitado entre seus pares. principalmente pela bancada da oposição.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.