Com um eleitor maranhense cada vez mais usado e viciado no Maranhão, o voto em troca de algo material, notadamente dinheiro e empregos, a eleição para cargos proporcionais, como deputados federais e estaduais é de análise complicada.

Porém, observadores políticos mais atentos acreditam que a renovação para a Câmara Federal chega a mais de 30%, enquanto que para a Assembleia Legislativa  deve atingir perto de 60%.

Confira abaixo os que poderão ter melhores chances de reeleição:

Federais:

Aluísio Mendes (PSC)
André Fufuca (PP)
Bira do Pindaré (PSB)
Cléber Verde (Republicanos)
Edilázio Júnior (PSD)
Gil Cutrim (Republicanos)
Hildo Rocha (MDB)
Josimar Maranhãozinho (PL)
Júnior Lourenço (PL)
Juscelino Filho (DEM)
Marreca Filho (Patriota)
Pedro Lucas Fernandes (PTB)
Rubens Pereira Júnior (PCdoB)

Estaduais:

Ana do Gás (PCdoB)
Andreia Rezende (PSB)
Ariston Ribeiro (PSB)
Arnaldo Melo (PP)
César Pires (PSD)
Daniella Tema (PSB)
Dra. Thaiza Hortegal (PP)
Glalbert Cutrim (PDT)
Hélio Soares (PL)
Neto Evangelista (DEM)
Othelino Neto (PCdoB)
Pará Figueiredo (PL)
Professor Marco Aurélio (PCdoB)
Roberto Costa (MDB)
Vinicius Louro (PL)
Wellington do Curso (PSC)
Yglésio Moyses (PSB)
Zé Inácio Lula (PT)

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.