Marco D’Eça

Claramente suspeita de estar direcionada para fins eleitoreiros, concorrência de quase R$ 12 milhões chegou a ser defendida em nota da Secretaria de Comunicação

Claramente suspeita de estar direcionada à campanha de Brandão, licitação da Secom para compra de bonés e camisetas, foi cancelada após pressão da imprensa livre

A Secretaria de Comunicação do governo Carlos Brandão (PSB) anunciou nesta sexta-feira, 20, cancelamento de licitação no valor de quase R$ 12 milhões para compra de bonés e camisetas.

A compra foi denunciada desde o início da semana, por clara suspeita de que poderia ser usada para beneficiar a campanha do governador-tampão.

Realizada pela Secom, a compra de camisetas e bonés em ano eleitoral – além de materiais gráficos – chamou a atenção da imprensa não-alinhada ao Palácio dos Leões, que começou a levantar suspeitas de uso eleitoreiro – e descarado – do dinheiro público em campanha eleitoral.

O chefe da Secom, Ricardo Capelli – homem de confiança do ex-governador Flávio Dino (PSB) – chegou a justificar, em nota, que a compra atendia a necessidades dos programas e eventos do governo.

Hoje, no entanto, Capelli não aguentou a pressão – e os riscos de levar a uma eventual cassação da candidatura de Brandão – e recuou, anunciando o cancelamento da licitação.

Uma bela vitória da parte da imprensa ainda livre no Maranhão…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.