Faltando sete meses para a eleição presidencial de 2022, pesquisas começam a transformar o sonho dos petistas e esquerdistas em pesadelo. A boa maioria já mostra a queda do ex-presidente Lula da Silva, que antes liderava a disputa com folga e agora começa a amargar levantamentos que apontam até empate técnico

O primeiro Instituto a mostrar que Bolsonaro começa a ameaçar Lula foi o Gerp, que divulgou ontem, quarta (06), o resultado que aponta Lula Com 37% e Jair Bolsonaro, 35%., o que demonstra o empate técnico entre os dois principais concorrentes.

Comparando com o resultado anterior do mesmo instituto, feito depois do dia 15 de março, Lula caiu um ponto percentual e Bolsonaro acrescentou quatro pontos. Para analistas políticos e estatísticos, o crescimento do atual presidente da República decorre da renúncia do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro da disputa.

O Gerp entrevistou 2.095 eleitores entre 30 de março e 5 de abril e inscreveu no TSE o protocolo BR- 02346/2022, com intervalo de confiança de 95,55%.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.