Diante de todas as recusas de Weverton Rocha (PDT) às propostas do Palácio dos Leões para apoiar o projeto de poder pelo poder da dupla Brandão/Dino, agora estão usando um método de espalhar pelo Maranhão uma falsa renúncia do senador, que lidera as pesquisas na corrida ao governo do Estado.

Desde o início de 2022, Flávio Dino, ainda governador, colocou em prática o retorno do vitorinismo no Maranhão, com a compra dos partidos, dos políticos (senadora, prefeitos, deputados federais e estaduais) e a perseguição, incluindo operações policiais contra os que não aceitaram acordos. Alguns não resistiram.

Weverton Rocha se mantém firme e assistiu as pressões para esvaziar sua pré-candidatura. Alguns companheiros pularam do foguete, acreditando que o senador não teria como mantê-lo no ar. Esqueceram que foguete não tem ré.

O combustível não falta, que é o apoio popular. Mesmo depois de tantos investimentos imorais, o resultado esperado não chegou. Prova de que compraram gato por lebre, políticos de mandatos de baixo rendimento e sem chances de reeleição.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

"São Luís terá um governador amigo da cidade e amigo de todos os maranhenses, que coloca ...
Leia Mais
Um vídeo circula nas redes sociais com imagens de um ferryboat da Internacional Marítima à deriva ...
Leia Mais
Em 2017 o governo do estado do Maranhão, atendendo às necessidades de profissionais para a Agência ...
Leia Mais
O deputado estadual Zé Inácio usou a tribuna da Assembleia nesta quarta-feira (11) para destacar a ...
Leia Mais
O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) declarou inconstitucional resolução do município de Buritirana, que criou ...
Leia Mais
Por que apoiar o projeto de reeleição do deputado federal Hildo Rocha? O que o parlamentar ...
Leia Mais

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.