Um grupo de “históricos” do PDT decidiu deixar o partido para apoiar o pré-candidato a governador escolhido por Flávio Dino, o vice-governador Carlos Brandão. São alguns ex-amigos, aliados,  outros dos favorecimentos do saudoso líder político Jackson Lago. 

Muitos sedentos de boquinhas desde que Lago foi prefeito e também os carregou para o poder público estadual quando foi governador por pouco mais de dois anos e foi cassado. Alguns aceitaram os cabides de Roseana Sarney e outros estão pendurados na gestão de Flávio Dino.

Nas três gestões (Roseana, Lago e Dino) ficaram cegos e não enxergavam nada de anormal, como a corrupção praticadas por auxiliares, assim como preferem esconder a traição de Flávio Dino ao ex-governador Jackson Lago. Nem mesmo o episódio de quando Dino saiu espalhando pelo Maranhão que votar em Lago era jogar o voto fora, na campanha de 2010.

Essa turma intitulada de histórica, deixou o PDT para votar em Brandão governador e Flávio Dino senador, alegando que a gestão atual precisa de prosseguimento pelas conquistas que fez. 

Pois bem! São conquistas como deixar o Maranhão muito pior, com 64% da sua população passando fome, a pior renda per capita, pior IDH, estradas abandonadas, péssimo fornecimento de água potável onde raramente existe, pagamentos antecipados de equipamentos nunca recebidos (respiradores), corrupção na saúde (apurada pela PF), corrupção desenfreada na infraestrutura, folhas fantasmas, um governo pior que os de Roseana e Zé Reinaldo. 

Ainda bem que o saudoso Jackson Lago não assistiu tal cena, pois até seus familiares estão participando da trágica e vergonhosa “mudança”. 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.