O deputado Wellington do Curso (PSDB) ocupou a tribuna, nesta quinta-feira (9), para cobrar do Governo do Estado reajuste salarial aos servidores públicos estaduais, incluindo a recomposição dos colaboradores do Detran-MA. Ele aproveitou para convidar a população e imprensa a participar da audiência pública, marcada para a próxima segunda-feira (13), na Alema, que tratará desse assunto.

Na opinião do deputado, o governador Flávio Dino (PSB) “deveria seguir o exemplo dos 16 estados brasileiros que já começaram a discutir reajuste de servidores públicos”. Ele lembrou que, desde seu primeiro mandato, luta por essa causa. “Venho falando isso desde 2015. No segundo mandato, encampamos novamente e acreditamos que o Governo do Estado terá a sensibilidade para compreender que nós também temos condições de conceder esse reajuste”, frisou o parlamentar, que também voltou a cobrar a recomposição salarial dos servidores do Detran-MA, que continuam em greve.

Wellington também pediu que o governo conceda reajuste aos professores e a toda rede estadual de educação, ou abono, ou o décimo quarto salário com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Segundo ele, o reajuste é possível. “Há possibilidade de se fazer isso. Uma prova é que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, está concedendo reajuste de 32% para a rede de educação. Um aumento de, aproximadamente, 22% para os professores”.

Aprovados da PMMA

O deputado também voltou a defender a nomeação dos 1750 aprovados no concurso da Polícia Militar do Maranhão.  “Nós temos recursos e quatro mil vagas ociosas na Polícia Militar, além de uma grande quantidade de policiais em vias de se aposentar”, finalizou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.