O deputado estadual Wellington do Curso protocolou, nesta terça-feira (28), um ofício em que solicita ao Governo do Estado, por meio da Secretaria da Fazenda do Estado do Maranhão (SEFAZ), o congelamento do valor de referência para cobrança do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no Maranhão. A solicitação foi feita após ser divulgado que o aumento médio do IPVA 2022 foi o mais alto do Brasil, totalizando uma média de 23,5%.

Em nota, o deputado Wellington destacou que o Maranhão, infelizmente, é o estado onde mais brasileiros vivem em extrema pobreza, não sendo razoável aumentar tanto o IPVA em meio à crise financeira.

“No estado onde mais pessoas vivem em extrema pobreza, Flávio Dino cobra o maior IPVA do Brasil. O reajuste no preço de referência é de 23,5%, o que causará um impacto significativo no bolso dos maranhenses. Para impedir isso, oficiei o Governo do Estado, por meio da SEFAZ, solicitando o congelamento do preço de referência. Assim, não teremos um aumento no IPVA. Situações excepcionais merecem ações excepcionais. Mais que atacar, o importante é encontrar soluções, como temos feito”, disse o deputado estadual Wellington do Curso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.