Frente às discussões em torno do carnaval do próximo ano, o deputado Yglésio Moyses (PROS) utilizou as suas redes sociais para alertar para o risco que o carnaval tem sobre uma nova onda de casos da covid-19 no Maranhão, especialmente agora que foi descoberta a variante africana omicron, tida como a mais perigosa de todas.

Para Yglésio, que lamentou a situação, existem fatores que não dão aval para a liberação de aglomerações no período carnavalesco.

“Por mais que seja dolorido cancelar o Carnaval, é extremamente perigoso liberar as festas de Momo em 2022. A concentração de pessoas e o intercâmbio de moradores entre as cidades, somados à cobertura vacinal no MA <50%, não permitem. Risco de nova onda em fevereiro-abril é real”, pontuou o deputado.

Nova variante

Recentemente, a variante africana omicron foi descoberta e já conta com dezenas de casos confirmados na África. Na Europa, já há casos e países estão aplicando medidas de contenção.
A nova variante é vista pelos especialistas como a mais perigosa. A omicron tem 50 mutações, sendo 30 só na proteína S, que é a ‘chave’ para o vírus ter acesso às células humanas.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, apesar de inexistir casos confirmados no Brasil, reconhece o risco e solicitou a órgãos federais a aplicação de medidas de contenção da nova variante em solo brasileiro.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Santa Helena recebeu, com grande festa, nesta sexta-feira (5), o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, ...
Leia Mais
A Câmara Municipal de São Luís (CMSL) encaminhou, na última segunda-feira (1º), requerimento de autoria do ...
Leia Mais
Em evento de realizado nesta manhã a cidade de Pinheiro, o prefeito de Palmeirândia, Edilson da ...
Leia Mais
A União dos Vice-Prefeitos do Estado do Maranhão – UNIVIMAR emitiu nota de repúdio condenando o ...
Leia Mais
NOTA PÚBLICA A maioria dos membros da Bancada Federal do Maranhão manifesta sua preocupação quanto à ...
Leia Mais
O poema de autoria da poetisa Mary Elizabeth Frye foi recitado pelo ator e comediante Jô ...
Leia Mais

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.