Todas as vezes que tem aumento de combustíveis, o governador do Maranhão ataca a imprensa independente que denuncia o aumento dos valores recolhidos pelo ICMS aos cofres dos estados e pede a redução da alíquota. Em alguns estados, governadores estão reduzindo ou fixando um valor único. No Maranhão, quem contesta, para o governador, é bandido.

Veja abaixo o que Dino falou hoje, sexta-feira (08), na sua rede social, aos que atribuem os preços altos aos governadores:

Seu discurso de ódio atingiu até o presidente da Câmara Federal, Arthur Lira, que também culpa os governadores pelas alíquotas altas no ICMS dos combustíveis. Veja a posição do parlamentar:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.