Em pronunciamento no plenário virtual da Assembleia Legislativa, a deputada estadual Dra. Cleide Coutinho (PDT), explicou aos parlamentares a enorme dificuldade do Hospital Macrorregional de Caxias, referência hospitalar da região, para atender a demanda, de exames de ressonância magnética, de mais de 72 de municípios que procuram aquela unidade de saúde.

Dra. Cleide explicou que apenas três polos estaduais de saúde pública – Caxias, Imperatriz e São Luís – atendem esta especialidade de exame e a quantidade de exames para cada cidade é definida pela EMSERH, que já aumentou, em Caxias, de 500 para 647 exames, por mês, na região, graças aos esforços do Presidente da EMSERH Marco Grande, do Secretário Carlos Lula e do Governador Flávio Dino.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.