O prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim, fez grave revelação contra o governador Flávio Dino, em quem votou duas vezes para o Governo do Estado do Maranhão.

Mantido o assunto em sigilo durante quatro anos, Lahesio contou os detalhes da desavença entre ele e o governador na live do Blog do Luís Cardoso, que foi ao ar no último dia 15, na quarta-feira.

Segundo o prefeito, que também é medico, ele foi levado ao Palácio dos Leões para ser atendido em algumas demandas para sua cidade. Tudo transcorreu bem até quando tentou ser recebido no gabinete principal da sede do governo e tirar uma foto com Flávio Dino.

Levado ao governador pelo vice, Carlos Brandão, e o secretário da Casa Civil, Marcelo Tavares, Lahesio encontrou Dino mau humorado e vingativo.

O governador lembrou que o prefeito havia o criticado em blogs por não receber os agentes políticos e não atender os pedidos para a população e, então, veio a humilhação.

Segundo o médico, Dino ficou mais possesso ainda quando foi lhe mostrado algumas realidades e passou a chamá-lo de prefeitinho e mandou que ele se retirasse dali em tom ameaçador. Lahesio se levantou, rasgou os papéis de convênios e devolveu pro governador e saiu.

Tentativa de sequestro

Quando estava se encaminhando para deixar o Palácio dos Leões, o prefeito foi barrado por policiais militares e foi um pega pra capar danado. “A sensação que eu tive foi a de que estava sendo sequestrado, pois eles queriam me levar na marra para a presença do governador”, disse.

Ele conseguiu se impor e não atendeu as ordens de Flávio Dino é de lá pra cá tem sido alvo constante de perseguições. Tudo na presença de Marcelo Tavares e Carlos Brandão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.