Além de querer ser o candidato único a senador de todos os partidos que fazem parte da sua base, o governador Flávio Dino não abre mão de indicar o vice na chapa de Carlos Brandão. A gula é maior que a barriga.

Como demonstração de força, o governador foi o responsável pelo impedimento de uma aliança entre o seu vice-Carlos Brandão e o deputado federal Josimar de Maranhãozinho numa chapa para as eleições de 2022.

Dino prefere como vice na chapa de Brandão, o secretário de Educação, Felipe Camarão, ou, quem sabe, o deputado federal Márcio Jerry. Ocorre que Brandão, caso ganhe a disputa no próximo ano, deve ficar no cargo até abril de 2006, abrindo a vaga para o seu vice e se candidatando a senador. Exatamente o quer não quer o atual governador.

Mas Brandão não abre mão do apoio de Josimar  por reconhecer o potencial eleitoral do parlamentar, que hoje tem 56 prefeitos ao seu lado e duas bancadas, uma na Câmara Federal e outra na Assembleis Legislativa, além de quatro partidos.

O atual vice jogou forte com a proposta de ceder ao deputado do PL as pastas da Agricultura, Secid e Detran, a partir de abril de 2022. Josimar do Maranhãozinho ainda segue com o firme propósito na disputa para governador.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.