A traição foi formalizada hoje, sexta-feira (21) com o anúncio do presidente do diretório municipal do PSDB em São Luís, Roberto Rocha Júnior, que comunicou o apoio do seu partido ao pré-candidato Eduardo Braide.

O filho do senador Roberto Rocha lamentou que o deputado WC não queira participar do espetáculo de enforcamento do próprio parlamentar tucano. E reafirmou que o seu pai assumiu compromisso com Braide desde 2018, mas nada disse sobre o comportamento paterno que iludiu WC por longos quase dois anos.

Em março, o senador Roberto Rocha chegou a falar que o deputado Wellington do Curso era o pré-candidato do PSDB em São Luís e o tirou do páreo por causa de seu projeto pessoal para 2022, embora WC esteja no segundo lugar na disputa agora na capital.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.