Olha só que história! Em 2011, a Câmara Municipal de São José de Ribamar, aprovou por unanimidade, conceder o título de cidadão ribamarense ao então deputado Jota Pinto, proposto pelos vereadores Negão e Elizabete Malheiros, através do projeto de decreto nº 06/2011. Recentemente, a mesa diretora da Câmara resolveu fazer a entrega do título outorgado a Jota Pinto, pelos relevantes serviços prestados pelo então deputado Jota Pinto, segundo nota da Câmara. O Presidente, vereador Beto das Villas, distribuiu a algumas semanas, convite oficial para a sessão solene de entrega do título que aconteceria hoje às 16 h no plenário da Câmara.

Acontece que nesta semana, o vereador Nonato Lima, pretenso pré-candidato a Prefeito de Ribamar, juntamente com alguns vereadores ligados ao Prefeito Eudes Sampaio, questionaram a entrega do título a Jota Pinto, alegando a apresentação da ata da sessão de 21 de dezembro de 2011, que outorgou o título a Jota Pinto.

E mais, o vereador Nonato Lima, desafiou o presidente da Câmara, caso a ata seja encontrada, ele também ficaria de acordo com a entrega do título. Detalhe: ele próprio foi um dos vereadores que votou a favor da concessão do título a Jota Pinto em 2011. Vai em cima, vai em baixo e nada de aparecer o livro que contém a ata da sessão. Segundo informações que circulam nos bastidores da Câmara e nos círculos de conversas da cidade de Ribamar, por mera coincidência, uma das funcionárias responsáveis pela guarda dos documentos é cunhada do vereador Nonato Lima.

O Presidente, vereador Beto das Villas, emitiu hoje cedo, uma nota de esclarecimento, onde se pronuncia ”A Câmara Municipal de São José de Ribamar, humildemente pede desculpas ao homenageado, aos convidados e à sociedade ribamarense pelo adiamento da solenidade ao tempo em que lamenta as razões do ocorrido”.

Não se imagina que manobras grosseiras e evidentes como esta, ainda existam na política contemporânea do Maranhão. Principalmente em São José de Ribamar, quarta maior cidade do Estado em população, e na região metropolitana de São Luis, sob os olhares atentos da mídia. Mas, para nosso espanto, o inimaginável, acontece!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.