Ocorreu nesta quinta-feira, 19, uma reunião para tratar da preservação ambiental do Rio Grajaú e do Igarapé do Praqueú. Participaram da reunião a prefeita de Vitória do Mearim, Dídima Coêlho, o engenheiro Antônio Valente, e o coordenador geral da Administração Hidroviária da Amazônia Oriental (AHIMOR), Ribamar Cantanhede. 

No encontro, foram analisadas as condições de assoreamento do Rio Grajaú e do Igarapé do Praqueú, que cortam a cidade. O Praqueú, por exemplo, segundo as observações feitas, está “quase totalmente sem condições de escoamento”, conforme ponderou a prefeita Dídima.

“Firmamos parceria com a AHINOR, que vai nos auxiliar no desenvolvimento de um trabalho de limpeza do leito do Igarapé para evitar inundações no período das chuvas”, contou a prefeita Dídima Coêlho sobre as ações efetivas que serão tomadas.

O AHIMOR é um órgão subordinado ao Diretor-Geral do DNIT e responsável por desenvolver e implementar as ações de infraestrutura aquaviária nas hidrovias do Nordeste.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.