Apesar da Rede Globo, de todos os métodos empregados pelas esquerdas no país e agora de países que querem se apossar da Amazônia, pesquisa realizada por FSB/Veja aponta que o atual presidente da República, Jair Bolsonaro se reelegeria se a eleição fosse hoje. O nome de Flávio Dino não entrou entre os concorrentes por Veja não achar que ele seja candidato em 2022, assim como o blog também não acredita que ele queira enterrar a carreira política.

A pesquisa evidencia que o povo brasileiro ainda confia no presidente que elegeu o ano passado e que, com apenas oito meses de mandato, ainda tem cacife para garantir uma eventual reeleição.

Bolsonaro, conforme o levantamento feito em 26 estado e mais o Distrito Federal, ouvindo 2.000 eleitores, ganha de todos os outros mais fortes candidato em todos os cenários, inclusive no segundo turno.

O presidente tem 35% no primeiro turno contra apenas 17% do petista Fernando Haddad. O nome do pedetista Ciro Gomes aparece com 11%, com igual percentual ao badalado apresentador de TV, Luciano Hulk. João Amoêdo, do Novo ,alcançou somente 5% e o governador paulista João Dória vem no rabo da fila com 3%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 16 a 18 deste com intervalo de confiança de 95% e a margem de erro de 2% para mais ou para menos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.