Em passagem pelo Nordeste, em menos de um mês quando classificou o governador do Maranhão como o pior da nossa região, o presidente Jair Bolsonaro deu uma declaração que incomodou ao dizer que ele tem preconceito com governador ladrão, se referindo a um mandatário nordestino, sem citar nome. A quem ele estava chamando de ladrão?

“Não estou aqui com colegas nordestinos para fazer média. Não existe essa história de preconceito. Agora, eu tenho preconceito com governador ladrão que não faz nada para o seu estado”, afirmou.

O presidente demonstrou insatisfação com os governantes que se aproveitam de obras federais como se fossem suas e esquecem de falar que fez as melhorias e, por isso, mandou um recado aos que não citam o nome do governo federal no apoio que recebem na criação e execução das obras.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.