O deputado estadual Dr. Leonardo Sá (PL) reuniu-se, na segunda-feira (1º), em São Luís, com a presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão – AGERP, Loroana Santana, e com o novo gestor regional da Agerp de Pinheiro, Rodrigo Belloti, para estabelecer novas ações de fortalecimento da agricultura familiar na Baixada Maranhense.

Na oportunidade, firmou-se uma parceria entre a agência e o parlamentar, no interesse de consolidar futuras ações agrícolas na cidade de Pinheiro para a geração de emprego e renda, qualificação profissional e qualidade de vida em toda a zona rural da região, na Baixada Maranhense.

“Temos o interesse nos projetos e nas próximas ações da Agerp, no intuito de contribuir para o fortalecimento da agricultura familiar, no desenvolvimento e na criação de emprego e renda em Pinheiro, mas, também, em toda a região”, afirma o deputado Leonardo Sá.

Em 17 munícipios da Baixada Maranhense já estão sendo implementadas ações de qualificação técnica, em favor dos agricultores rurais através da Agerp. Mas, com a parceria do parlamentar, o fortalecimento na cadeia produtiva aumentará, beneficiando, assim, quem vive no campo.

“Nesta reunião, mostramos a real situação da região da Baixada e quais estratégias podemos implementar para otimizar o trabalho da mulher e do homem do campo, na regional de Pinheiro. Para que possamos, em conjunto com o deputado Leonardo Sá, proporcionar a qualificação adequada para estes trabalhadores no meio rural”, esclareceu Loroana.

Para o novo gestor da Agerp, Rodrigo Belloti, que assumiu a regional de Pinheiro no dia 1° de julho, a cadeia produtiva depende muito deste órgão e que, com a parceria do deputado, a valorização do agricultor através de conhecimentos técnicos transformará de forma benéfica o seu meio de vida.

“Estas ações fortalecem ainda mais o desejo e a vontade de fazer acontecer, de forma concreta, por este povo tão sofrido, que são nossos produtores familiares. O deputado Leonardo Sá colocou o seu mandato à disposição do homem do campo, que, com a valorização e o conhecimento técnico, poderá melhorar a sua qualidade de vida cada vez mais”, declarou Belloti.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.