Em concorrida solenidade, que contou com as presenças da deputada Cleide Coutinho (PDT), que representou a Assembleia Legislativa, e outras autoridades, o governador Flávio Dino empossou, na tarde da última sexta-feira (5), no Palácio Henrique de La Rocque, os novos secretários e presidentes de órgãos do Governo do Estado.

Na Secretaria de Estado da Cultura (Secma), assumiu Anderson Lindoso, que era secretário-adjunto de Educação. Mayco Pinheiro tomou posse na presidência do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev).

O advogado Antônio Nunes, que estava na Secretaria de Governo (Segov), passou à presidência da Empresa Maranhão Parcerias. A Maranhão Parcerias (Mapa) é a transformação da antiga Empresa Maranhense de Recursos Humanos e Negócios Públicos (Emarhp).

A nova instituição mantém a estrutura física e inova com a ampliação das competências na celebração de parcerias com o setor privado. A Segov será, agora, comandada pelo ex-titular da Cultura, Diego Galdino.

A deputada Cleide Coutinho afirmou que a alteração no quadro de auxiliares do governador Flávio Dino é uma demonstração de que ele sabe fazer modificações na hora certa. “É um homem inteligente, um grande administrador e essa alteração, com certeza, dará mais dinamismo na equipe”, referendou a parlamentar.

O governador Flávio Dino destacou que tal mudança no quadro de gestores segue dinâmica da administração para otimizar os trabalhos, valorizar potenciais, fortalecer novos projetos e suprir necessidades que surgem.

Em nome dos empossados, o agora titular da Secretaria de Governo, Diego Galdino, afirmou que 2019 é um ano marcante em sua vida, pelos desafios enfrentados e pelos obstáculos superados. Agradeceu ao governador Flávio Dino pela confiança depositada e lembrou que entrou no serviço público pelas mãos do secretário de Educação, Felipe Camarão, que em 2015 o convidou para ser seu auxiliar.

Deputado estadual licenciado, o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, destacou a mudança como extremamente positiva, enfatizando que o governador Flávio Dino, mais uma vez, usou de sua experiência e sabedoria para processar mudanças, que trarão muitos benefícios.

No entendimento do vice-governador, Carlos Brandão, essas alterações devem ser consideradas como rotina numa administração pública, acrescentando que elas servem para oxigenar a máquina administrativa, dentro de uma gestão que sempre deu certo.

O secretário de Educação, Felipe Camarão, afirmou que as alterações no quadro de auxiliares governamentais trarão benefícios para todo o Maranhão. Sob a ótica dele, o governador Flávio Dino agiu de acordo com sua sensibilidade, inteligência e coerência, afirmando que tal medida vem aprimorar uma administração, que vem se notabilizando pela excelência.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.