“Essa decisão é estranha já que meu cliente vem pagando regularmente a pensão (anexo nos autos do processo) respaldado por uma ação revisional. Sequer fomos informados ou intimados sobre a decisão em questão. Entretanto o valor exigido pela justiça foi depositado judicialmente, suspendendo qualquer medida judicial, ficando mantida a análise dos pedidos revisionais”, garantiu o advogado Marcelo Cosme Silva Raposo, que defende o cliente e empresário Inácio Melo em ação de pensão alimentícia no Rio Grande do Norte.

O advogado diz que “de qualquer forma sempre cumpriremos as decisões judiciais, mesmo que muitas vezes não estejam em total consonância com os ditames legais”.

Desde ontem que a decisão de uma juíza dando o prazo de 72h para que o empresário, que é esposo da senadora Eliziane Gama, pague a pensão alimentícia vem sendo explorada, notadamente por sites que fizeram forte campanha contra Inácio Melo durante a eleição de 2018. O objetivo era impedir a eleição de Eliziane ao cargo de senadora.

Articulador, porém discreto, o empresário foi alvo de todos tipo de campanhas negativas que não encontraramn no povo respaldo para atingir o projeto da então candidata ao Senado Federal. Eliziane foi eleita como a segunda mais votada na chapa vitoriosa de Flávio Dino e Weverton Rocha.

Além disso, Inácio Melo tem ajudado a esposa a desenvolver um ótimo mandato, o que vem acontecendo com destaque no Senado Federal e tem incomodado os que lutaram contra a vitória de Eliziane Gama.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.