Se a eleição para governador fosse hoje, aqui em São Luís provavelmente o governador do Maranhão não ficaria com a maior fatia dos votos, como correu em 2018. Duas pesquisas que circulam em mãos de deputados (Escutec e Prever) aponta a fraca avaliação do governador Flávio Dino, bem como o péssimo desempenho do prefeito da capital, Edivaldo Holanda Júnior.

De acordo com os dois institutos, Flávio Dino não chega a ter nem 40% de aprovação da população de São Luís e menos de 30% não se arriscam a votar no candidato dele para a prefeitura. Quando se tratar de um escolhido do prefeito Edivaldo Holanda a situação é bem pior.

Mas nada que não possa ser corrigido. Foi assim até o início de 2016, quando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tinha um percentual altíssimo de rejeição e ninguém jogava suas fichas na reeleição dele.

As duas máquinas se uniram e o que se observou foram obras em todos os cantos da cidade e a união do grupo político nas ruas garantiu a vitória de Holanda, assim como da maioria dos vereadores.

O ano de 2019 trouxe o pior inverno das últimas décadas em nossa cidade, causando estragos em bairros e deixando ruas intransitáveis. o que desperta a revolta dos moradores.

Por esta razão, os candidatos da oposição juntos levam a preferência de mais de 60% dos eleitorado da capital, notadamente nomes como do deputado federal Eduardo Braide que lidera as duas pesquisas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.