Além de diversas entradas no Socorrão I com ferimentos provocados por brigas e garrafadas, o Plantão Central das Cajazeiras registrou 30 BOs sobre furtos após o show da cantora Marília Mendonça no Reviver, que ocorreu debaixo de muita pancadaria e arrastões. 

A cantora, que veio gravar um clip musical na Praça Nauro Machado no início da noite de ontem (terça-feira, 18), saiu decepcionada com as constantes agressões entre o público.

Ao final, o festival de pancadarias dominou o local e os arrastões causaram prejuízos para quem perdeu aparelhos celulares, joias, bolsas e documentos. Por isso, 30 pessoas fizeram o Boletim de Ocorrência, mas a maioria preferiu ir pra casa sem ir à delegacia.

Policiais militares tiveram que entrar em ação, chegando até a espancar com o uso do cassetete alguns jovens, conforme imagens divulgadas hoje pela TV Mirante. Na hora do encerramento, houve uma invasão ao Terminal Rodoviário contida minutos depois pelos militares.

A PM negou os arrastões, mas não soube explicar a razão do reforço militar nas cercanias do Palácio dos Leões durante o tumulto e nem tomou conhecimento do registro dos BOs, para o BPTUR, ocorreram alguns casos isolados.

Confira abaixo cenas dos vídeos da violência:

Terror! Outro arrastão gigantesco interrompe clip de Marília Mendonça no Reviver

Urgente! Arrastão e pancadaria no show de Marília Mendonça em São Luís

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.