Um grupo de nove vereadores de Bacabal esteve em São Luís para seguir orientações do senador João Alberto, do ex-presidente da República, José Sarney, e os deputados João Marcelo (federal) e Roberto Costa (estadual) e garantir a eleição antecipada do atual presidente da Câmara de Vereadores daquele município, Edvan Brandão, para os próximos dias. Como o prefeito Zé Vieira e o seu vice Neto Florêncio foram cassados, Brandão será o prefeito até que uma nova eleição direta seja convocada. 

Além de ser prefeito, João Alberto tem o comando da Prefeitura de Bacabal por longos anos, sempre elegendo prefeitos. Zé Vieira, em tempos passados, foi um deles, assim como Zé Alberto que foi o último. O senador chegou a escalar o seu pupilo deputado Roberto Costa para disputar a prefeitura, mas pegou taca de Zé Vieira.

Costa, seguindo orientações de João Alberto, passou quase dois anos infernizando a administração de Vieira, ora com articulações na Justiça local ou tramando nos corredores dos tribunais em Brasília, até finalmente conseguir a cassação da chapa vitoriosa. O próprio senador, aliás, apostava em todos os cantos que Zé Vieira não chegaria ao final do mandato. E foi exatamente o que aconteceu.

Para ficar de posse da prefeitura e garantir as reeleições de João Marcelo e Roberto Costa, além do apoio à chapa majoritária de Roseana Sarney, articulam a reeleição do presidente da Câmara, Edvan Brandão que será o prefeito interino de Bacabal. Essa interinidade deve durar até a metade do próximo ano, mas esse grupo vai trabalhar para que o mandato tampão seja prolongado, exceto se Brandão trair os interesses deles.

Em Bacabal, a equipe do futuro prefeito já vem sendo trabalhada, sendo que os principais cargos serão ocupados por pessoas de São Luís ligadas ao deputado Roberto Costa. É aguardar e conferir!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.